A leitura como processo cognitivo




12 novembro 2010
Um homem considerado analfabeto ou semi-analfabeto foi podado antes mesmo de aflorar sua capacidade criadora e investigadora. O estimulo à produção abre portas a uma visão mais ampla dos saberes do aluno e a mesma deve ser levada em consideração pelo singelo fato de ascender à qualidade do que se ensina, do que se é aprendido em sentidos diversos, uma vez que o texto é a unidade básica do ensino.
Todo texto é feito para ser compreendido, ele tem um motivo por ter sido escrito, a lógica é que se tenha conseguido estabelecer um laço de interação entre autor e interlocutor. E posteriormente a criação de outros textos. Para (BAKHTIN 1992, p. 98) “uma inscrição, como toda enunciação monológica, é produzida para ser compreendida, é orientada para uma leitura num contexto de vida cientifica ou da realidade literária do momento num contexto a qual é parte integrante”. (LUCKESI 2004, p. 30)
Na escola é que, pela hipertrofia do uso do modo indireto de apropriação do conhecimento, muitas vezes, o intermediário do conhecimento é transformado, mistificado, reificado como se fosse a própria realidade ser entendida. Existem professores que selecionam textos extremamente difíceis de compreender. O texto passa a ser a dificuldade para o aluno, e não o mundo que o texto pretende expressar.
A palavra como o signo da expressão, está ligada incondicionalmente a situação social e desempenha um papel essencial na relação entre locutor e interlocutor, permitindo aos mesmos uma interação da idéias e simultaneamente o conhecimento um do outro. “Toda palavra deve ser de expressão a um em relação ao outro” (BAKHTIN 1992, p. 113).

LILIAN FARIAS
FORMAÇÃO EM LETRAS PROTUGUÊS  - UPE
PÓS GRADUAÇÃO EM METODOLOGIA DO ENSINO DA LÍNGUA PORTUGUESA - INTA

0 comentários:

Postar um comentário

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 
Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, gênero, violência sexual, alcoolismo, etc. A escritora mantém um blog literário e trabalha com educação.

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma