Juras de antes de você nascer




08 julho 2011

Juras de antes de você nascer
By imagen ciclomono

Amo-te o suficiente
Para compreender que
Não precisas me amar
Não quero encaixotar
As verdades
E dar-te de presente!
A validade delas
É frágil e simplória
A ponto de não suportar o tempo
Deixo, emocionada, minha caixa aberta a ti...
Podendo vasculhar sempre que sentir necessidade
E sempre que a saudade dialogar contigo.
Que as histórias sigam os Caminhos unidos pelo amor...
Lilian farias
08/07/2011

4 comentários:

  1. Seu texto me fez sorrir e trouxe o gosto de saudades.

    ResponderExcluir
  2. Que tipo de saudade? Podemos partilhar?

    ResponderExcluir
  3. Olá Lilian
    Antes de mais ...parabéns pelo blogue ! :)

    gostei do que li ...

    Gostaríamos muito que desse uma vista de olhos no projecto DVB- Digital Video Book ,de saber a sua opinião e qual o interesse em desenvolver o seu trabalho neste novo formato.

    "Transformamos" os seus trabalhos (já editados em livro, ou não), num DVB- uma ideia original da Pastelaria Studios Productions

    O projecto é recente, é uma inovação, tal como explicamos no nosso blogue:

    http://pastelariaestudios.blogspot.com/


    É exactamente isso! os seus poemas seriam " trabalhados " em DVB . Um livro que se vê como um filme!


    Não se trata do mesmo funcionamento de uma editora "normal", pois não somos uma editora e prestamos essencialmente um serviço criativo.

    A minha sugestão seria, enviar-nos a sua obra, e nós faremos uma análise e um orçamento de custos.

    Posso adiantar que, por ser um projecto novo e, embora o trabalho criativo (audio, voz, imagem, construção do DVB, etc) seja bastante, queremos chegar ao maior número de autores de obras escritas, mesmo que essas estejam ainda na 'gaveta' ...



    Fico a aguardar uma resposta e, qualquer dúvida ...estamos por aqui.

    Um abraço,

    pastelariaestudios@gmail.com

    ResponderExcluir
  4. Hum... Saudades de pessoas que amei e outras que continuo amando. De pessoas de quem fui obrigado a me afastar e outras que o escolheram. De pessoas que eu não consigo enquadrar a sentimentos ruins por mais que me tenham feito sofrer...

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 

SKOOB

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma