Um pouco de vida, morte, decepções, felicidades... em um segundo - R.S.Merces




13 fevereiro 2012
by Super Stock, 2011


      No repouso das montanhas o sol deita e prepara-se para nos deixar e contemplar terras distantes. Não nos é possível parar para imaginar na réstia de um segundo o que terá de acontecer aos 7 bilhões de habitantes do planeta.
      No mais inquieto dos quartos uma criança nasce e não percebe a destreza ao ambiente à sua volta, neste momento uma mulher sorri ou em circunstâncias adversas planeja a formulação do ódio dessa nova vida. Uma pequena abelha pousa sobre uma flor e outras que já passaram por ali, espalham vida por terras férteis, assim imperceptivelmente brotam flores em campos. É dado os primeiros passos pela inocência e os que ditam o futuro de um jovem. Uma bala atravessa um corpo tirando a beleza da vida...
      Uma fortuna é perdida e seres precisam cair em si, mas descobrem na união a felicidade. Outro coração para de bater e dessa vez por causas naturais. Um médico acaba de salvar uma vida e agradece sua equipe. As férias esperadas terminam com um telefonema e uma criança leva a peça de um brinquedo à boca. O sonho de mudar o mundo passa pela mente de alguém, todavia só dura exatos um segundo. As palavras para um texto permeiam um escritor enquanto muitos tentam contar os pesadelos da noite passada. Um homem e uma mulher usam aerosol sem pensar que estão espalhando gases CFC’s no meio ambiente e sim na noite de sexo que terão a algumas horas. Um casal planeja se casar e ter filhos. Um animal é morto, uma árvore é cortada, uma empresa é aberta, um acidente de carro, um aluno entra na faculdade, uma mãe enterra um filho, outra recebe flores e muitas veem seus filhos passarem fome. Uns dormem, acordam mal-humorados, uns trabalham, outros pagam as contas e outros são mortos.
MORTOS
MORTOS...
A VIDA
VIDA
VIDA brota e aos poucos se esvai.

E nesse segundo você lê o texto e tenta imaginar os fatos que o espreitam.

R.S.Merces

3 comentários:

  1. Olá!
    Que texto profundo, faz com que paramos para pensar sobre o que é a vida! Enquanto uns estão bem, outros estão passando por momentos muito complicados.
    A vida é bem assim, injusta do jeito que é, mas maravilhosamente linda para viver!
    Para ela valer a pena, só basta viver o agora.Sempre!
    Amei o texto, como sempre Renan você conseguiu capitar cada detalhe da vida!!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Maganífico!

    Eu chorei com tanta sensibilidade transposta para as letras... era o que eu precisava ler hj!

    ResponderExcluir
  3. Muito bom...

    Uma reflexão e tanto.

    A vida é uma imensidão. De tudo, fatos, pessoas, histórias, lugares que se relacionam ou não. Isso pouco importa quando não sabemos o sentido desse tudo. Só temos certeza de que ela passa. A vida passa pelo tempo. Ou será o tempo que passa por ela?
    Da nossa lente reduzida nos reduzimos.

    Beijocas,

    Lu
    www.equinocioaprimavera.blogspot.com

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 
Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, gênero, violência sexual, alcoolismo, etc. A escritora mantém um blog literário e trabalha com educação.

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma