Poesia - Ponto final




25 junho 2012

by imagem ~hbapt

Tomados pelo silêncio
Vinte anos passaram
Até que um dia
Ele saiu para comprar cigarros
e nunca  mais voltou.
Ele no silêncio de uma crise
não foi capaz de ouvir
a própria liberdade.
Ela envolta em problemas existenciais
Não percebeu
Que há vinte anos
Aquilo que outrora
Fora um romance
Não passava de um ponto final.
Distraídos pelo tempo
Receosos da verdade
Sem linguagem conjugal
Já não se viam
Nem bom dia!
O sexo era raridade
Não tinha rosas
Nem café da manhã
Os carinhos se calaram
Um desastre amoroso
Tomados pelo silencio
Vinte anos passaram
Até que um dia
ele saiu para comprar cigarros
e nunca  mais voltou.
Lilian farias

5 comentários:

  1. A realidade mais crua externada da forma mais doce. Contraste perfeito entre a dor da alma e o dizer dizendo, deixando mais leve (ou menos pesado).

    És um caso raro... todos os parabéns!

    Você falou em silêncio e me emocionou. Obrigada por essa leitura.

    Abraço da alma...

    ResponderExcluir
  2. Oi
    Que bela poesia, mostra bem o ponto final em uma relação. Quando não existe mais palavras só resto o silêncio...

    Não sei comentar muito bem sobre poesias, mas gostei demais da sua!!

    Parabéns, beijos!
    Livros e Mais!
    http://livrosemaisseries.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eis que vivo comprando cigarros, embora não fume!! Vou sempre ali, na esquina, buscar liberdade....!!
    Lindamente real!!
    Adoro esse seu jeito de poetizar as tragédias humanas!

    ResponderExcluir
  4. Adorei o poema, Lilian! Uma excelente maneira de transformar o trivial em arte...
    Bjus!
    Paty Algayer - http://www.magicaliteraria.com/

    ResponderExcluir
  5. Olha só a Lilian novamente transformando o mundo em palavras capazes de nos emocionar.

    Parabéns.

    Atenciosamente,
    R.S.Merces

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 
Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, gênero, violência sexual, alcoolismo, etc. A escritora mantém um blog literário e trabalha com educação.

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma