Psicopata Anonimo - Poesia




10 junho 2012
by_presabranca-

Procura tanto o status
que no anonimato
brotas linhas escuras
a tua volta
...
Preocupa-se com o brio
age como trepadeira
A fim de matar as estrelas
É varrido para o lixo
em caos
....
Tens teu brilho
mas
queres o status
...
Vazio e frágil
continua no anonimato
O anonimato é um letreiro luminoso
na tua testa
o reflexo dos teus olhos
mostra luzes terceiras
e esconde tua alma
O anonimato faz sexo com tuas costas sem guarda
Sem nexo vislumbra a tua fronte 
os público que tem a mesma cara de letreiro luminoso como a tua
...
Teu anonimato é uma rua sem saída! 

Lilian Farias
Poeta Sergipana

3 comentários:

  1. Recebemos e agradecemos por enviar mensagem sobre Psicopata Anonimo - Poesia da @liligarota - Todos aqui já leram e gostaram muito, tanto é que já estamos divulgando em redes sociais e nossos blogs! Esperamos que você continue mandando mensagens sempre que escrever algo novo!
    Obrigado - Sebo Vitória Régia

    ResponderExcluir
  2. UAAAAAU! Adorei!!!

    Beijos
    www.estanteseletiva.com

    ResponderExcluir
  3. Boa noite,


    Belas palavras e que dizem verdades sobre o ser humano.

    Atenciosamente,
    R.S.Merces

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 
Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, gênero, violência sexual, alcoolismo, etc. A escritora mantém um blog literário e trabalha com educação.

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma