[POESIA] Para nunca esquecer




03 novembro 2012

por ~ peterzz

O mais trágico
Disso tudo
É que as coisas de criança
Que antes tinham graça
Hoje
Não fazem mais sentindo!
Por Lilian Farias

4 comentários:

  1. É tragico, de facto. A nosso evolução não deixa lugar para as coisas da infância.

    ResponderExcluir
  2. Trágico mesmo. Quantas saudades de época de infância.


    Atenciosamente,
    R.S.Merces

    ResponderExcluir
  3. Trágico e triste..
    mas o bom nisso tudo é saber que em algum lugar, existe alguém que nunca permitiu que essas lembranças morressem.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Ah, pra mim as coisas de criança sempre vão ter graça e fazer sentido!!! =)

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 
Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, gênero, violência sexual, alcoolismo, etc. A escritora mantém um blog literário e trabalha com educação.

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma