[POESIA] Pedido de casamento no dia dos namorados




11 junho 2013

Vou alegre e satisfeita ao encontro com a Rose Nascimento e de cara já me deparo com uma enorme aliança, lógico que nada comentei. Né? Ela muito feliz e sorridente ao telefone, enquanto eu aguardava tranquilamente sentada no sofá. E aquela aliança lá... com seu brilho ofuscante a me tentar a perguntar: Querida, conte-me tudo e não guarde segredos! ^^

Para minha sorte, nem precisou tanto, pois já pensou se ela diz: Beim, sabe a vida? Cuida da tua!
A Rose é super educada e já foi logo dizendo que ia casar... Uau! Festa! 

Eu, em minha inocência plena, só não esperava um pedido de casamento tão perfeito... 
Dá para dizer não? 
Impossível! 

O poeta merece a dama em questão! 

6 comentários:

  1. oho meu Deus que post lindo, merece muuuitos comentarios hehe

    ResponderExcluir
  2. Lindoooo

    Beijos

    Andressa
    http://livrosechocolatequente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Cara Lilian, qdo vi o brilho alegre daquela nova aliança, fui logo comentando e parabenizando a querida Rose.Embora a tenha conhecido há coisa de 3 meses, nossa amizade e confidências crescem a cada dia. Rose é uma pessoa carismática e que se joga, sem nenhum medo de ser feliz. Alegrou meu coração o desfecho dessa inusitada e linda história de amor, curtida e lapidada pelo paciente tempo...Como Caetano bem cantou, "És um senhor tão bonito, quanto a cara do meu filho, tempo tempo tempo tempo, vou te fazer um pedido, tempo tempo tempo tempo..." Bem, eu falei desfecho??? Essa não é exatamente a palavra, pois tratando-se de Rose, tudo está em aberto. Felicidades amiga, parabéns pela reluzente aliança e por ser capaz de inspirar tal pedido de casamento. Que DEUS lhe abençoe!!:)

    ResponderExcluir
  4. oho que lindo amei ... ele é demais sua poesia enche a alma

    ResponderExcluir
  5. Com certeza merece a Dama em questão!
    Ficou show!
    Queria eu receber um desses *---*

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 
Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, gênero, violência sexual, alcoolismo, etc. A escritora mantém um blog literário e trabalha com educação.

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma