Resenha - Inferno, Dan Brown




10 junho 2013
Busca e encontrarás!



Dan Brown está de volta com toda a genialidade de seu personagem Robert Langdon. Inferno (Arqueiro, 2013, p.448, R$ 39,90) é a nova obra do autor que vendeu milhões de cópias com O Código Da Vinci e conseguiu levantar questões não só aos leitores como em todo mundo que se aproximasse de um resumo de seus temas.


Brown agora se desliga totalmente da religião para abordar o papel da ciência no futuro da humanidade. Um estudo da obra A Divina Comédia de Dante Alighieri e todas as suas influências no mundo das artes leva Langdon, nosso novo Sherlock Holmes, no caminho de uma nova ameaça global.

Robert Langdon acorda de um pesadelo e encontra-se com perda de memória em um hospital em Florença. Ele conta somente com a ajuda da misteriosa médica Sienna Brooks e logo no início temos diversas cenas eletrizantes. Eles vão enfrentar as forças da OMS e de uma organização secreta chamada Consórcio. Reviravoltas mudam constantemente os rumos da trama ao toque de Brown. O enredo, como poderia se esperar, traz traços dos anteriores e se é capaz de surpreender fica sob cargo de seu leitor.

Ambientado inicialmente em Florença, o autor não deixa de nos apresentar seu conhecimento e amor pela arte em diversas passagens e descrições fantásticas. Passamos por Galleria degli Ufflizi, o Duomo de Florença e a Basílica de São Marcos entre outros pontos e obras.


Inferno remete seu leitor à ameaça da superpopulação mundial e de como as autoridades responsáveis devem repensar a possibilidade de uma catástrofe. É um livro inteligente e de uma leitura fluída. Prepare-se para passar a madrugada lendo.

R.S.Merces

4 comentários:

  1. Oie :)

    Amo livros que nos fazem passar a madrugada lendo, estou louco para ler logo algo do Dan quero começar pelo Código da Vinci, beijos :D

    http://euvivolendo.blogspot.com.br/ ( comenta lá :D )

    ResponderExcluir
  2. eu particularmente adorei o post, achei bem marcante, é um livro incrivel, vale a pena conferir

    ResponderExcluir
  3. achei o post bem criativo , e um livro otimo... gostei demais da capa e do estilo

    ResponderExcluir
  4. Para mim todos os livros do Brown são inteligentes.
    Esse ainda não li, mas pretendo ler.

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 
Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, gênero, violência sexual, alcoolismo, etc. A escritora mantém um blog literário e trabalha com educação.

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma