Resenha – Tipo destino




30 novembro 2013
O livro de Susane Colasanti, Tipo destino, 288 páginas. Novo Conceito, me pareceu uma história super natural. Não conseguir ver nada demais nisto:

Lani e Erin são melhores amigas, embora não tenham muito a ver uma com a outra. Lani é uma taurina tranquila e Erin é a impetuosa leonina. Uma adora Astrologia (e outras artes adivinhatórias também) e ficar em casa; a outra gosta de pessoas e baladas. Suas preferências — incluindo pizzas e meninos — são bastante diferentes, ou eram, até que Erin começou a namorar Jason… Assim que Lani conheceu o namorado de Erin, sentiu uma enorme conexão com ele. Uma sensação de que já se conheciam a vida toda. E, apesar de acreditar que ele sentia o mesmo, ela sempre soube que Jason estava fora de cogitação, afinal, ele era quem ele era! Ela decidiu ignorar seus sentimentos. Não importava o quanto quisesse ficar perto de Jason, nada a demoveria da ideia de se manter distante dele. Então, Erin viajou durante todo o verão
O grande diferencial da história é o acidente que une mais ainda Lani e Erin. Depois do acidente Lani acredita que tem uma dívida com Erin, maaaaaaaaaaaaassssssssss Erin começa a namorar com Jason e um triangulo amoroso se forma. Eita God!
As personagens da trama são bem bobinhas e perdem muito tempo com pouca ação, contudo,acho que na idade delas também era assim... claro que Lani vai tentar esconder o que sente por Jason, mas é complicado quando o 'gostosão' tem bem demonstra sentir algo por ela. Ai é Freud!
A história é bacaninha, dá para ler em poucas horas. Não é das melhores, mas faz lembrar ou reconhecer a adolescência. Se bem, eu acho que hoje a galera está bem mais esperta, ou mais agressiva, enfim!
Faltou um pouco de vida a história, ao triangulo amoroso, em muitos momentos não consegui enxergar a paixão e nem a dor de um triângulo amoroso impossível que envolve amigas...  também não senti o que eles aprenderam com tudo isso. 


5 comentários:

  1. desde que vi pela primeira vez esse livro fiqu ei ansio sa em ler, é incrivel
    um livro muito bom mesmo...

    ResponderExcluir
  2. Acredito que eu também vou gostar do livro.
    A capa é muito fofa e amo histórias do tipo!

    ResponderExcluir
  3. Eu não estou muito com vontade de ler este livro :S
    Acho que foi porque eu não curti muito a capa que já dá um spoiler super grande sobre a história.

    ResponderExcluir
  4. um livro otimo, recomendadissimo... tem uma capa perfeita e a historia é muito convidativa... vale a pena ler

    ResponderExcluir
  5. Estou louca para ler esse livro, já vi muitas resenhas positivas dele, e a sua me deixar com mais vontade ainda. Quero ver essa história como seria no par ou ímpar kkkkk

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 
Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, gênero, violência sexual, alcoolismo, etc. A escritora mantém um blog literário e trabalha com educação.

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma