Resenha – Anjos à mesa




28 janeiro 2014



Solidão é um sentimento complicado, né? O homem sozinho pra tratar da solidão fica confuso e desorientado. É ai que entra Anjosà mesa, Debbie Macomber, Novo Conceito, 222 páginas.

Shirley, Goodness e Mercy sabem que o trabalho de um anjo é interminável — especialmente na véspera do Ano-novo. Ao lado de seu novo aprendiz, o anjo Will, elas se preparam para entrar em ação na festa de fim de ano da Times Square. Quando Will identifica dois solitários no meio da multidão, ele decide que a meia-noite será o momento perfeito para dar aquele empurrãozinho divino de que eles precisam para acabar com a solidão. Então, por “acidente”, Lucie Ferrara e Aren Fairchild esbarram-se no meio da alegria da festa, mas, assim como se aproximam, acabam se perdendo: um encontro marcado que não acontece os afasta pelo resto da vida. Ou será que não? Um ano depois, Lucie é a chef de um novo e aclamado restaurante, e Aren é um colunista de sucesso em um grande jornal de Nova York. Durante todo o ano que passou, os dois não se esqueceram daquela noite. Shirley, Goodness, Mercy e Will também não se esqueceram do casal… Para uni-los novamente, os anjos vão usar uma receita antiga e certeira: amor verdadeiro mais uma segunda chance (e uma boa dose de confusão), para criar um inesquecível milagre de Natal.

São quatro anjos desajeitados que insistem em fazer boas ações junto aos humanos. E eles resolvem trabalhar no ano novo da Times Square. Lucie Ferrara e Aren Fairchild deveriam se conhecer só no futuro, não naquela noite. Mas Will, anjo em fase de ‘estágio’ dá um jeito de fazê-los se encontrar antes do tempo.

Os outros anjos são Shirley, Goodness e Mercy que se veem envolvidos em um monte de confusões. O que esses anjos fazem? Nos ajudam em nossos pedido que fazemos à Deus!
O que esses anjos têm em comum é o fato de amarem os humanos e a Terra e de se envolverem em confusões...

Lucie e Aren acabam se relacionando antes do tempo e lógico que não deu muito certo isso, pois eles se desentendiam, já que ainda não estavam prontos um para o outro. Então, depois de orações, os anjos voltam à Terra para tentar ajeitar tudo!

Muitas confusões acontecem e muita diversão também. A ideia do livro é para o Natal, mas mesmo não tendo lido nessa época, tive a mesma sensação que me acomete nos finais de ano: algo bom vai acontecer!

Indico essa leitura descontraída e agradável!



3 comentários:

  1. Olá Lilian,

    Li e resenhei esse livro no blog, gostei bastante, realmente uma leitura divertida e leve....abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Ja li algumas resenhas desse livro e acredito que é uma otima leitura, fiquei
    Bem animada em ler ele

    ResponderExcluir
  3. Uma boa resenha, a narrativa dele é agradavel e tranquila.. um livro maravilhoso

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 
Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, gênero, violência sexual, alcoolismo, etc. A escritora mantém um blog literário e trabalha com educação.

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma