Impróprio - Suzete Carvalho




06 fevereiro 2014

6 comentários:

  1. Obrigada, amiga/poeta/escritora Lilian Farias.

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. Que bom que gostou, Bia! E que ninguém lhe diga o que é próprio ou impróprio, certo? Abrção!

      Excluir
  3. Uma bonita poesia, lindissima... sucesso cada dia mais

    ResponderExcluir
  4. Olá Lilian,

    Ótimo poema....bom saber...abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal que gostou, Marco Antonio! Vou visitar seu blog. O endereço do meu é www.novaeleusis.blogspot.com

      Excluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 
Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, gênero, violência sexual, alcoolismo, etc. A escritora mantém um blog literário e trabalha com educação.

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma