Resenha – Enders – Lissa Price




11 março 2014



Eu e a minha louca mania de não ler trilogias e afins do início... Eu não li Starters e precisei ler muita resenha da blogosfera para compreender. Relaxem que deu para compreender muito bem o enredo de Enders, Lissa Price, Novo Conceito, 286 páginas.

Depois que a Prime Destinations foi demolida, Callie pensou que teria paz para viver ao lado do irmão, Tyler, e do amigo, Michael. O banco de corpos foi destruído para sempre, e Callie nunca mais terá de alugar-se para os abomináveis Enders. No entanto, ela e Michael têm o chip implantado no cérebro e podem ser controlados. Além disso, o Velho ainda se comunica com Callie. O pesadelo não terminou. Agora, Callie procura uma maneira de remover o chip – isso pode custar sua vida, mas vai silenciar a voz que fala em sua mente. Se continuar sob o domínio dos Enders, Callie estará constantemente sujeita a fazer o que não quer, inclusive contra as pessoas que mais ama. Callie tem pouco tempo. Obstinada por descobrir quem é de fato o Velho e desejando, mais que tudo, uma vida normal para si e para o irmão, ela vai lutar pela verdade. Custe o que custar.

Tudo o que Callie desejava era paz, mas com o chip poderoso instalado no corpo dela, fica complicado. Callie então se torna objeto de desejo de pessoas obcecadas e para não ser governada pelos Enders, ela resolve retirar o chip. Será que ela consegue?
“ ‘Não precisa ter medo, Callie. Não vou machucá-la. Eu preciso de você.’
Não tinha ideia do que ele queria dizer com aquilo, mas a frase fez os pelos de meus braços se eriçarem. O que eu poderia fazer para escapar dessa? Eu não podia pedir ajuda a um inspetor, não podia ligar para Lauren nem para o senador. Qualquer coisa que eu fizesse, ele veria. Qualquer coisa que eu dissesse, ele ouviria.”

Só que num acidente num shopping Callie tem a vida salva por um starter, Hyden, que a ajudará da forma mais improvável e conquista tanto a moça quanto o leitor. E pra piorar a vida da menina tem o Velho, um cara diabólico que aparentemente havia sido destruído, mas que vem juntando forças para a última batalha; além de atormentar a pobre com vozes na cabeça dela. Coitada!


Gostei do gênero distopia, apesar de não ter lido o primeiro da duologia, fiquei encantada e achei um livro bem sugestivo e indicaria para qualquer idade. Acho bacana para usar em sala de aula e debater temas atuais!!! 

4 comentários:

  1. Olá Lilian,

    Terminei de ler esse livro à poucos dias e confesso que esperava bem mais.....parabéns pela sua resenha....abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Estou bem entusiasmada com a leitura..parece ser demais

    ResponderExcluir
  3. um livro muito bom que me agradou muito gostei da capa e a sinopse muito interessante também

    ResponderExcluir
  4. Olá :)
    Gostei da sua resenha. Eu já li o livro Starters <3 amei
    Quero muito ler Enders. :D Espero gostar! *-*
    bjus...

    http://my-stories-wonderful-books.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 
Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, gênero, violência sexual, alcoolismo, etc. A escritora mantém um blog literário e trabalha com educação.

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma