Resenha – Mago aprendiz – livro 01




09 março 2014



Este é o primeiro livro que faço resenha do selo Saída de emergência e estava muito ansiosa pelos livros desde que vi nos primeiros blogs. Então, não perdi tempo e pedi logo o meu. O livro MagoAprendiz, de Raymond E. Feist, Saída de Emergência, 431 páginas; valeu minha ansiedade!

Na fronteira do Reino das Ilhas existe uma vila tranquila chamada Crydee. É lá que vive Pug, um órfão franzino que sonha ser um guerreiro destemido ao serviço do rei. Mas a vida dá voltas e Pug acaba se tornando aprendiz do misterioso mago Kulgan. Nesse dia, o destino de dois mundos altera-se para sempre. Com sua coragem, Pug conquista um lugar na corte e no coração de uma princesa, mas subitamente a paz do reino é desfeita por misteriosos inimigos que devastam cidade após cidade. Ele, então, é arrastado para o conflito e, sem saber, inicia uma odisseia pelo desconhecido: terá de dominar os poderes inimagináveis de uma nova e estranha forma de magia… ou morrer. Mago é uma aventura sem igual, uma viagem por reinos distantes e ilhas misteriosas, onde conhecemos culturas exóticas, aprendemos a amar e descobrimos o verdadeiro valor da amizade. E, no fim, tudo será decidido na derradeira batalha entre as forças da Ordem e do Caos.

Nas primeiras páginas já nos deparamos com Pug numa situação complicada. Ele sonha em ser aprendiz de um guerreiro, mas o destino lhe reserva outras coisas. Ninguém o escolhe como aprendiz e ele fica numa situação complica e vergonhosa; mas nem tudo está perdido. E quando Pug acredita que sua vida será de lamento e vergonha, Kulgan o escolhe como aprendiz de feiticeiro.

Pug além de demonstrar habilidades para a magia, ele está destinado a encontrar um pergaminho que mudará o destino de todos. As coisas acontecem muito rápido, parece que 400 páginas é pouco para quantidade de enredos. De fato, é! Por isso tem continuação! Encontramos de tudo um pouco: dragões, elfos, magos etc.

“Dobraram a esquina, deixando o jardim da Princesa para trás, e pararam. Diante dos dois desenrolava-se uma cena de completa bagunça. Tomas atravessava o pátio, vindo da caserna dos soldados, e dirigia-se ao portão lateral, vestido com armadura completa (...)”


Eu entrei de cabeça nessa história e estou feito louca pelo próximo livro. Foi um carnaval divertido ao lado do Mago; que capa perfeita; que diagramação magnífica e nem vou entrar na revisão! Tudo perfeito!

3 comentários:

  1. Olá Lilian,

    Esse livro é demais....gostei muito e o Mago Mestre é ainda melhor...uma série fantástica em todos os sentidos....abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Um livro que me cativou, uma narrativa deliciosa e marcante ..capa fabulosa

    ResponderExcluir
  3. uma leitura que futuramente pretendo apreciar, mas por enquanto estou na fase dos livros mulhersinha rs

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 
Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, gênero, violência sexual, alcoolismo, etc. A escritora mantém um blog literário e trabalha com educação.

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma