Resenha – Uma prova de amor




08 março 2014




A Emily Giffin é conhecida pela sutileza da escrita. Ela encanta o mundo com sua arte e nos deixa vidrados à história até a última página! Em Uma prova de amor, Novo conceito, 432 páginas; Emily foi tão espetacular quanto nos outros livros.

Primeiro vem o amor, depois vem o casamento e depois… os filhos. Não é assim? Não para Claudia Parr. A bem-sucedida editora de Nova York não pretende ser mãe, e até desistiu de encontrar alguém que aceite esta sua escolha, mas, então, ela conhece Ben. O amor dos dois parece ideal. Ben é o marido perfeito: amoroso, companheiro e — assim como Claudia — também não quer crianças. No entanto, o inesperado acontece: um dos dois muda de ideia a respeito dos filhos. E, agora, o que será do casamento dos sonhos? Uma Prova de Amor é um livro divertido e honesto sobre o que acontece ao casal perfeito quando, de repente, os compromissos assumidos já não servem mais. Contudo, é também uma história sobre como as coisas mudam, sobre o que é mais importante, sobre decisões e, especialmente, sobre até onde se pode ir por amor.

Confesso que achei o enredo interessante; diferente e inesperado. A autora fugiu dos rótulos sociais do que amar para falar do amor. E quando somos educados a aceitar e conviver com os rótulos, não é tão fácil se livrar deles!

Quantas mulheres foram e são obrigadas por ‘seus amores’ a casar e proliferar? E em muitos casos de forma tão agressiva e cruel. Muitas mulheres já estão tão acostumadas a serem violentadas que nem sente; nem sabem que foram estupradas. E então a Emily, nos traz outra vertente da história: uma mulher que pode escolher; livre; e um homem que pode escolher.

Como lidar com as mudanças do nosso corpo? O que fazer quando deixamos uma ideologia de lado para vestir outra? Como conviver com a existência de várias realidades? E o grande amor da minha vida, será que vai deixar de ser o grande amor da minha vida? Ou tudo era uma farsa?

Pois é, às vezes, precisamos sair da nossa zona de conforto para nos sentir livres e felizes, mas quando isso acontece, mudamos a vida de muitos, como num efeito borboleta. Além de não ter o controle sobre nada, somente a certeza que daquela forma não está legal!


E o desejo de Claudia trará ao casamento situações que foram sendo levadas para baixo do tapete por eles acharem que eles viviam uma vida perfeita e moderna. A verdade é que tanto um como o outro vivem do superficial e precisam olhar para dentro e nada como a crise dos trinta para forçar essa reflexão. Será que o amor resiste? 

2 comentários:

  1. Eu estou mega ansiosa em ler esse livro...parece ser tão lindo e emocionante..capa linda

    ResponderExcluir
  2. é perfeito esse livro, me emocionou muito é lindo ... uma leitura gostosissima

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 
Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, gênero, violência sexual, alcoolismo, etc. A escritora mantém um blog literário e trabalha com educação.

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma