Só namoro se fizer chapinha...




12 junho 2014



Constantemente, ouço que não existe racismo no Brasil e que todas as políticas públicas só fazem com que o racismo aumente... no entanto, a quantidade de propagandas para que a mulher negra não seja negra e se branquifique é assustadora, há quem defenda que isso é opinião, e cada um faz o que quer. Será?
Em país que escravidão ainda existe; negro é excluído do mercado de trabalho e por vezes, muitas vezes, marginalizados, não consigo entender essa ‘opinião’. A mulher, principalmente a negra, diariamente precisa seguir um padrão de beleza para ser vista, e talvez respeitada.

A mulher precisa ser magra, usar a roupa da moda, se depilar em fazer chapinha; caso contrário, será motivo de exposição pejorativa, humilhações e, consequentemente, não conseguirá um namorado. Mas, isso de acordo com as palavras de Marli Amorin, mulher branca que prega o cristianismo.
Esse amor que ela difunde e outros como ela difundem só pertence aos brancos, aos racistas, aos homofóbicos e adjacentes... e creio, que haverá pessoas que defenderão o ato da Marli e dirão: é só opinião; liberdade de expressão.

Essas pessoas, no mínimo, não sabem discernir entre liberdade de expressão e liberdade de opressão. Beatriz Joplin é e foi vítima por não aceitar um sistema sujo e que sempre tenta marginalizar a mulher, principalmente a mulher negra. Beatriz Joplin não virou notícia, por que não fez chapinha. E o sistema que Marli e seus seguidores hipócritas defendem lutarão para que Beatriz seja culpada.
E para que todas as ‘Beatrizes’ sejam culpada e não tenham direito ao amor. Salvo aquelas que fizerem chapinha...
Deixo aqui meu desprezo e repúdio as ‘Marlis’ e os ‘Marlis’  que fazem do mundo um lugar nazista, racista, sujo e vergonhoso!

Deixo meu repúdio em nome de todas mulheres da minha família que sofreram com a escravidão e por serem negras ou índias.
Deixo meu repúdio em nome de uma ancestral em especial que por ser índia foi laçada como boi por um cristão branco e português que a definiu como esposa a base da força, medo e ódio! 
#façaamornãofaçachapinha


1 comentários:

  1. Olá Lilian,

    Parabéns pelo post, comentário idiota da Marli, as pessoas não evoluem nunca e esse tipo de situação é ridícula.....abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 
Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, gênero, violência sexual, alcoolismo, etc. A escritora mantém um blog literário e trabalha com educação.

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma