Mais do que escritores competentes, precisamos de leitores críticos - 25 de julho: Dia do Escritor.




25 julho 2014
by imagem morales899




Por Sérgio Viula - Fora do Armário

Não há garantias de que um determinado livro produza o bom, o justo e o belo. 

Isso, porque nada há de intrinsecamente bom ou mal na coisa 'livro'. 

Livros podem promover emancipação, mas também podem perpetuar subjugação. Tudo depende de que ideias eles transportam em suas páginas, e de como os leitores se comportam diante delas. 

Qualquer leitura, não importa quão lúdica ela seja, produz mais do que diversão. Por isso, não é suficiente que tenhamos escritores competentes, precisamos de leitores críticos. 

Competência é outro conceito desprovido de valores intrínsecos. Uma pessoa pode ser competente para o que é bom ou para o que é mau.

Quando me refiro ao senso crítico dos leitores, estou pensando no cabedal cultural, na percepção apurada, na capacidade de conectar, inferir e depreender. Esses leitores são aqueles que, em grande medida, conseguiram se livrar de seus próprios preconceitos, emancipando-se do círculo vicioso de reprodução, irrefletida ou deliberada, de ideias que promovam castração, segregação e manutenção de injustiças.


CONHEÇA ESTAS DUAS DICAS:


Em Busca de Mim Mesmo: 
https://www.facebook.com/literaturagls?sk=app_206803572685797


Crônicas de um Casamento Duplamente Gay: 
https://www.facebook.com/literaturagls?sk=app_206803572685797




6 comentários:

  1. Que honra! Obrigado pela reprodução do texto nesse espaço tão lindo!

    Beijos, Lilian.

    Sergio Viula

    ResponderExcluir
  2. Gostei do texto e tiro meu chapéu para autores que acham isso,
    porque anda tão comum nos dias de hoje autores que não sabem lidar com críticas.
    Presenciei algo desse tipo há poucos dias, quando uma autora fez um barraco porque uma blogueira não gostou do livro dela.

    Conversas de Alcova

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, na blogosfera, encontramos de tudo... :(

      Excluir
  3. super a favor dessa postagem, precisamos de escritores que saibam expor sua opinião de maneira mais critica criteriosa, não merecemos ler tantas coisas desnecessarias ....

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 
Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, gênero, violência sexual, alcoolismo, etc. A escritora mantém um blog literário e trabalha com educação.

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma