Resenha – Nate está na área




21 julho 2014


Este livro é uma resenha, ri do começo ao fim. Nate representa um número grande de jovens estudantes no Brasil e no mundo. Nate está na área, de Lincoln Peirce, Sextante, 216 páginas, foi uma agradável surpresa que animou minha semana, confesso. Apesar da semelhança com Diário de um banana, o autor não peca em originalidade.

Nate está na maior maré de azar... até um estranho amuleto mudar tudo! De uma hora para outra, nada mais pode dar errado! Mas quanto tempo a sorte de Nate vai durar?

Fiz a leitura em menos de uma hora e depois li mais cinco vezes, me desliguei do mundo e lembrei-me da época de escola. Será que todo adolescente é azarado? E quando estamos numa onda de sorte, ela dura muito? Lembro-me que na adolescência quando tinha sorte em algo, ficava assustada: tipo, isso está acontecendo mesmo comigo? Eu morri e fui para o céu? Será que eu sou eu? (risos)
A dimensão dos acontecimentos é absurda para o jovem e o autor retrata isso com tanta perfeição e comicidade; que eu estourava na gargalhada. Sério, acho que meus vizinhos estão pensando que sou louca. E mais uma lembrança da minha adolescência me tomava a mente o corpo e a alma.
A sensação foi tão gostosa que resolvi assistir alguns filmes da minha ‘era do gelo’. Não li o primeiro livro de Nate, mas, pelo que pesquisei cada um a história é uma. Agora, eu quero todos.

Foi tão prazeroso lembrar-se de mim na imagem do Nate; lembrar-me dos sonhos que tinha e do que considerava sofrimento. Será que aos 60, darei risada do que hoje considero sofrimento? Acho que havia esquecido a fase gostosa que foi o meu colegial; os meus dramas; minhas angustias. Tive uma semana difícil e Nate me trouxe para o eixo. 

7 comentários:

  1. Não conhecia o livro, e adorei conhe-lo. Só pelo fato de ser parecido com O Diário de Um Banana, já acho que iria gostar. ótima resenha!
    Beijos

    http://desfocandoideias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro esse tipo de livro, apesar de ter marcadores de página (das histórias do Nate), eu ainda não tive a oportunidade de ler. Parece ser uma história bem engraçada, boa para descontrair >.<

    Beijos
    Babih Hilla
    http://revolucionandogeral.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Olá Lilian!
    Eu não conhecia esse livro, mas parece ser bem divertido! Tenho muitas lembranças da época do colégio e nem sempre todas são divertidas (risos), mas enfim, fiquei com vontade de ler...obrigada pela dica!!
    Beijos

    versosenotas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Já anotei esta dica no meu caderninho!! ;) Adoro livros assim descontraídos que nos fazem lembrar de nossa época de adolescente (aborrecente) hahaha Ótima dica!! Vou procurar por ele!! ^^ Estou querendo ler um livro descontraído!! =)

    http://www.estantedanana.com.br/

    ResponderExcluir
  5. um livrinho adoravel, gosto bastante desse tipo de leitura para distrair a mente após ler algo mais forte ... a capa é uma graça

    ResponderExcluir
  6. um livrinho adoravel, gosto bastante desse tipo de leitura para distrair a mente após ler algo mais forte ... a capa é uma graça

    ResponderExcluir
  7. livro bacana, gostei muito da capa e da sinopse. uma graça

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 
Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, gênero, violência sexual, alcoolismo, etc. A escritora mantém um blog literário e trabalha com educação.

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma