Desconectada, de Lilian Farias




26 dezembro 2014



Desconectada nasce de meus lampejos, quase poéticos, quando a moral e a vergonha não fluíam mais, ou com menos frequência, em minha vida. Desconectei daquilo que estava imposto, arraigado, quebrei conceitos, desconstruí e fui vadiar.




5 comentários:

  1. são poemas ou contos???
    Fiquei curiosa agora. ^^
    bjs

    ResponderExcluir
  2. É um relato pessoal? Poesia?
    Não tem mais informações?
    Assim deixa as pessoas curiosas hehe.
    beijos | Pretty Things

    ResponderExcluir
  3. Fiquei curiosa pra ver essas suas poesias Lili
    Devem ser tão doces quanto você.
    Beijo *__*

    ResponderExcluir
  4. Fique maravilhada com este livro e em breve comprarei ele

    ResponderExcluir
  5. A curiosidade aflorou , estou aqui imaginando a tematica

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 
Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, gênero, violência sexual, alcoolismo, etc. A escritora mantém um blog literário e trabalha com educação.

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma