As políticas públicas e a desigualdade racial no Brasil 120 anos após a abolição




25 janeiro 2015
No momento em que se comemoram os 120 anos da abolição da escravidão, o Ipea vem oferecer mais uma contribuição ao debate sobre o tema das desigualdades raciais no Brasil. Nos últimos anos, nossa instituição tem realizado um esforço efetivo para contribuir com a reflexão sobre a questão racial, visando proporcionar aos gestores e formuladores de políticas públicas, assim como aos interessados pelo assunto, um conjunto de trabalhos que aprimorem o conhecimento da problemática da desigualdade racial e ajudem no desafio de seu enfrentamento.A publicação do livro “As políticas públicas e a desigualdade racial no Brasil – 120 anos após a abolição” dá sequência a esse esforço. É papel do Ipea refletir sobre os principais problemas nacionais, visando o aperfeiçoamento das políticas públicas em seus diversos campos. Para realizar essa tarefa, torna-se necessário não apenas aprimorar diagnósticos sobre a situação presente, mas, também, recuperar o passado e resgatar as influências e fatores que explicam a configuração desse presente. É o que esse trabalho se propõe a realizar, debruçando-se sobre o tema das inaceitáveis distâncias que ainda hoje separam brancos e negros nos mais diferentes campos da vida social.Nos capítulos que compõem este livro, o leitor terá a oportunidade de se confrontar com a temática racial sob diferentes ângulos. Em um primeiro momento, serão apresentadas análises sobre os condicionantes históricos que informam a atual conformação do mercado de trabalho no país, assim como de nossa difícil trajetória no sentido do reconhecimento da discriminação racial como mecanismo que efetivamente opera na distribuição de posições e oportunidades na sociedade brasileira. Nesse sentido, também será apresentada a evolução das abordagens da questão racial em voga na academia brasileira a partir da segunda metade do século passado. O trabalho evolui para a apresentação de alguns dados recentes da PNAD, que permitem identificar alterações na situação da desigualdade racial no Brasil e passa, finalmente, para uma avaliação das políticas públicas desenvolvidas a partir dos anos 90.O lançamento deste livro, naquele que ficou consagrado como o Dia da Consciência Negra e que comemora, em 2008, os 313 anos da morte de Zumbi dos Palmares, permite ainda realizar uma homenagem e um alerta. Homenagem aos homens e mulheres, negros e brancos, que têm se empenhado na efetiva construção da igualdade racial no país, assim como no fim do racismo, do preconceito e da discriminação. E um alerta aos gestores de políticas públicas e à sociedade em geral acerca da necessidade de se enfrentar a questão racial mediante o esforço de engendrar o debate franco e aberto sobre o tema, bem como a adoção de políticas públicas eficazes e abrangentes que afrontem o racismo e seus desdobramentos.Cabe aqui destacar o apoio recebido das Nações Unidas, por meio do Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher (Unifem), que abraçou o projeto de publicação desse livro.MÁRCIO POCHMANNBaixe aqui 


2 comentários:

  1. Muito bacana o livro, é interessante sabermos tais informações principalmente para aquelas pessoas que teimam em dizer que o Brasil não tem mais racismo e coisas do gênero. Beijos

    Mutações Faíscantes da Porto

    ResponderExcluir
  2. Muito lícito o debate, esse é um assunto do qual todos devem conversar sobre.
    Pois faz parte da nossa história e é preciso que se fale dele, para tentar acabar de uma vez por todas com esse Câncer, chamado preconceito e descriminação. Somos todos iguais independente de qualquer coisa.
    beijos, Gatona <3
    ♫ Conversas de Alcova ♫

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 

SKOOB

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma