Comilança - Panquecas sem Glúten




20 janeiro 2015


Oi, galera!

Esta é a primeira receita que posto aqui sobre comidas sem glúten. Como disse, ainda é um processo novo e complicado para mim. Tenho me recusado a pisar na padaria e não encontro mais os amigos, pois todos querem pizza. #freud
Uma das primeiras coisas que comecei a fazer, foi a panqueca. Só na terceira tentativa, ela ficou comestível. Nas outras, poderia ser usada como arma #nossa! Horrível! Isso, pelo simples fato de eu cozinhar como se tivesse com a medido do trigo. Quando fui fazer a massa, achei que estava muito fina, então coloquei cinco vezes mais maisena que que o normal da receita, ficou duro, ruim, tenebroso. Assim que me rendi as regras da receita, a coisa andou. Um outro detalhe é que fazia o recheio sem molho, para mim o ponto não fica bacana quando é sem glúten. Então, na terceira tentativa o recheio foi com bastante molho e ficou bacana. 
A escolha da receita, a princípio, foi pela facilidade. Espero que gostem. 
Receita:
1. Ovo
½ xícara de leite
1 colher de fermento de bolo
1 xícara de amido de milho
sal
Modo de Preparo
Bate tudo no liquidificador. Em seguida, aqueça uma frigideira untada com óleo. Despeje uma concha da massa na frigideira até cobri o fundo da frigideira. Quanto mais fina a massa ficar, melhor.

Em seguida, é só colocar o recheio, enrolar e partir pro abraço, quer dizer, para o prato... 


Já estou treinando a nova receita. Pirão de leite. Está sendo fácil? Não. Consegui sujar todo, TODO, o fogão e e a cozinha. 

1 comentários:

  1. Oi Lilian. Eu adoro receitas com amido de milho, achoque ela dá uma leveza na massa, que a farinha de trigo não consegue. Faço de tudo um poco na cozinha, adoro ficar cozinhando, minha casa tem fogão a lenha, dentro e fora de casa, e para mim o fogão é a alma da casa, e qdo ascendo o a lenha, parece que toda casa se enche de vida................ vou anotar e testar sua receita, adoro panquecas....
    bjs
    www.amorascompimenta.com

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 
Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, gênero, violência sexual, alcoolismo, etc. A escritora mantém um blog literário e trabalha com educação.

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma