Resenha – A lista




18 junho 2015




Cecelia Ahern já é velha conhecida do público leitor.  Em seu livro A Lista, 380 páginas, Editora Novo Conceito, a autora repete o sucesso de outros títulos, como P.S. Eu te amo, mas ouso dizer que com mais maturidade. O que para mim, soa absolutamente como natural e enriquecedor.

A Lista - Kitty Logan tem 32 anos e aos poucos está perdendo tudo o que conquistou: sua carreira está arruinada; seu namorado a deixou sem um motivo aparente; seu melhor amigo está decepcionado com ela; e o principal: sua confidente e mentora está gravemente doente. Antes de morrer, Constance deixa um mistério nas mãos de Kitty que pode ser a chave para sua mudança de vida: uma relação de nomes de pessoas desconhecidas. É com base neles que Kitty deverá escrever a melhor matéria de sua carreira. Quando começa a ouvir o que aquelas pessoas têm a dizer, Kitty aos poucos descobre as conexões entre suas histórias de vida e compreende por que foi escolhida para dar voz a elas.

Kitty é definitivamente sem sorte, mas o enredo não gira em torno disso (sorte ou azar). Ela comete um grave erro em seu trabalho como jornalista, cega por uma boa matéria, quando ofereceram a ela um furo de reportagem, caiu em cima loucamente como um sedento por água no deserto. A questão é que a denúncia era falsa e a jornalista só se deu conta disso, depois de ter feito muito sensacionalismo com a vida de um homem inocente na televisão.
Sua imagem na cidade ficou fragilizada e sua credibilidade profissional estremecida, eu achar que ela não conseguiria. E no meio desse turbilhão, sua amiga e ‘mestra’ do jornalismo morre. Não sem antes deixar para Kitty uma lista com cem nomes e uma ótima matéria jornalística que exige maturidade e experiência.

Constance era dona de uma revista conceituada, nada muito grande, porém respeitável por seu conteúdo. Gostava bastante de Kitty e foi a única a ficar do lado dela diante da situação lamentável em que se encontrava. Garantiu que a moça ainda tivesse um emprego, já que o da Televisão ela havia perdido, principalmente depois do julgamento em que a emissora foi condenada a pagar uma indenização altíssima.
Na revista, Etecetera, o novo diretor, Pete, se mostrou uma ‘pedra no sapato do recomeço’ da protagonista e como sua amiga não estava lá para defendê-la, não foi fácil reconquistar a confiança das pessoas.

Kitty tinha o ódio da população local contra ela, muitos jornalistas que não confiavam em seu trabalho, um namorado que a deixou sem muitas explicações, uma lista de cem nomes bem difíceis de encontrar, medo, angústia, pouco dinheiro, quase nenhum amigo... enfim, são tantos ingredientes que farão com que ela, por muitas vezes, reviva Constance em seus pensamentos antes de ações impensadas.  

Foi interessante ler sobre o processo de maturação da protagonista, bastante condizente com a fase dos trinta, me identifiquei em alguns momentos. A leitura é leve, divertida e fluída.
Às vezes, levamos alguns baques, fazemos algumas besteiras para entender que o mundo não gira ao redor de nosso umbigo. Foi o que aconteceu com Kitty. Como ela ainda era um pouco imatura, rememorar a amiga é clamar pelo arquétipo da mulher velha, ou mulher sábia.

Digo que é uma boa leitura para um fim de tarde frio, despretensioso e com reviravoltas. 

26 comentários:

  1. Oi, tudo bem?
    Adoro tramas com reviravoltas. Já li um livro da autora - Simplesmente acontece - e amei.
    Adoraria ler mais algum livro dela, esse com certeza está na minha lista. Bela resenha.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oi.
    Eu estou louca para ler esse livro, a novo conceito dessa vez Arrasou, eu amo livros assim... e principalmente na historia... Quando a vida da pessoa esta dando tudo errado e ainda surge essa bomba relógio Iii... Já li o livro simplesmente acontece dessa autora, e amei.. Tenho certeza que esse dai também vai emocionar muito... A personagem ira passar por coisas bem diferentes, porém deixando a historia legal... Eu amei sua resenha, esta muito perfeita mesmo, explicando cada coisa boa do livro. Parabéns querida.
    http://garotinhaadolescentea.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Lilie, isso de reporte se ferrar por causa de denuncia falsa me lembrou Um Plano Perfeito do Sidney Sheldon. Ainda não li nada da autora, mas essa será uma das minhas próximas leituras estou ansiosa.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. O único livro que li da autora foi P.S. Eu te amo e amei, mas os outros livros não conseguiram ganhar minha simpatia.
    Todas as resenhas que leio sobre é falando que a história não é lá essas coisas, então não consegui ganhar vontade de ler esse livro.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  5. esse foi um dos lançamentos da NC que me chamaram atenção esses últimos meses... Não li P.S nem outra obra da autora, mas a conheço de várias resenhas por aí... Achei a premissa de A lista bem rica, meio fora do comum, deve cair como uma luva pra fugir do cansaço do cotidiano... Se puder, darei uma lida nele...

    ResponderExcluir
  6. Oi Lilian,
    Nossa, coitada! Quanta coisa junta para deixar a vida complicada, gosto muito dos livros da Cecelia Ahern ela escreve de uma forma diferente, acho que a leitura é leve e quando a personagem fica com dificuldades aí é que me da mais vontade de ler!
    Adorei sua resenha, o livro me deixou instigada!
    Beijos
    http://scraplivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi, Lilian, tudo bem? Enquanto lia, pensava: "nossa, livros assim não é bem a minha praia". Mas quando você disse a Kitty levou um baque pra entender que o mundo não girava em torno do umbigo dela, achei sensacional. Gosto de livros que a pessoa toma uma lição.
    Um bjo. :D

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem?

    O último livro que li da autora foi Simplesmente Acontece e amei, apaixonante. Esse parece ter uma pegada mais para o drama, não sei. Não tem romance?
    E outra, que fiquei com pena desse gafe desde já, coitada, imagino a barra que passou. Acho que daria um ótimo filme, se colocassem mais humor na história, se é que já não tem. rs

    beijos!

    http://livrosfilmeseencantos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Recebi o livro da NC mas ainda não tive tempo de ler, adoro a escrita da Cecelia, ela é muita sincera e leva o leitor pelas páginas muito fácil. Espero gostar do livro também, a trama me pareceu boa. ;)

    Beijos! ;)

    ResponderExcluir
  10. Interessante você pontuar que nos 30 a gente começa ver que o mundo não gira ao nosso redor. Acho que é um livro aponta para estabilidade, no trabalho e emocional. Aquele momento que vida que as coisas começam a ficar mais calmas. As decisões têm que ser mais comedidas. Acho que Kitty aprendeu a lição.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  11. Ainda não li nenhum livro da autora e, pasme, sequer assisti ao filme P.S. Eu te amo. Mas acho que vou gostar especialmente de A Lista. Aprecio enredos nos quais a protagonista parece se desenvolver e amadurecer à medida que lemos.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Adoro a escrita da autora! <3 Já li várias resenhas desse livro, e é muito bom saber que é uma leitura leve e fluída. Quero ler logo!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  13. Olá
    Nossa essa mocinha deve passar por mal bucados
    Eu adoro a autora e estou louca pra ler esse livro
    Adoro livro que tem reviravoltas, só uma pergunta tem romance tbm? rsrs
    bjs

    ResponderExcluir
  14. Olá!

    Confesso que fiquei curiosa com a premissa do livro. O que parecia ser um livro de romance para mim mostrou-se um suspense bem intenso, adorei isso. Espero ler em breve!

    http://loucurasaovento.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Oláá
    Poxa, estou bem ansiosa pela leitura pois adoro a autora e espero amar o livro, só ouvi elogios, mas mesmo assim, ainda tenho um pézinho atrás. Ótima resenha.

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi Lilian, tudo bem?
    Nunca li nada da autora, tenho apenas um livro dela aqui na estante.
    A Lista tem uma premissa bem interessante, e fiquei curiosa com relação à lista que ela tem e onde a levará. Gosto muito quando a personagem amadurece no decorrer da história.
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oi!
    Nunca li nenhum livro da autora, acredita?
    Eu vi o lançamento, mas nem solicitei ele pra mim, não senti aquela conexão com a sinopse, mas a sua resenha me mostrou que eu posso estar completamente errada, quanto ao desfecho. Adoro como alguns personagens crescem no decorrer da história. Vou deixar a dica anotada, espero que eu tenha tempo de lê-lo em algum momento da minha vida, já que o tempo anda meio corrido rsrs

    Beijos!
    www.aculpaedosleitores.com

    ResponderExcluir
  18. Oiee ^^
    Adoro os livros da Cecelia, então quero muuito ler "A lista". Estou bastante curiosa para lê-lo, gosto de ver os personagens amadurecendo durante a trama, e mais ainda, ver quando eles passam por cima dos obstáculos.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Nunca li nenhum livro da autora, apesar de ter um aqui, ainda não tive tempo de lê-lo =[
    Tenho muita curiosidade sobre a escrita dela e acho que um livro despretensioso é o que preciso no momento.
    Adorei a resenha e vou colocá-lo em minha lista.
    Beijos!

    www.livrosdajess.com

    ResponderExcluir
  20. Oie Lilian! ^^
    Eu já li A Lista e adorei a história e as suas reviravoltas, sem contar que eu adorei a matéria dos cem nomes, em nenhum momento eu acertei qual era a matéria, não consegui encontrar o que todas as pessoas tinha em comum e fiquei encantada com o que era. *-*

    Beijos e até logo! ;)
    https://worldofmakebelieveblog.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  21. Te confesso que tive tanta aflição lendo "Simplesmente Acontece", que não tive coragem de ler mais nenhum livro dela, fiquei com agonia. Mas, depois de ler sua resenha, ficou muito boa, acho que irei dar mais uma chance a fofa da Cecelia. Esse enredo até me chamou atenção, a capa também, o que realmente me travou foi a outra leitura do livro dela que eu fiz. Com certeza darei uma chance.

    http://teoremasdamimosa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Gosto dos livros da Cecelia, apesar de ainda não ter lido este. Acho que ela sabe contar uma história de forma própria e envolvente. Quero ler também.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  23. Olas lindona gosto de protagonistas que vão crescendo e amadurecendo com decorrer da história, essa premissa me chamou muito atenção com essa lista de pessoas que irão a fazer refletir.A capa está linda, já quero só pela capa rss. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  24. Oii, tudo bem com você?
    Eu já vi outra resenha desse livro e achei bem interessante a premissa do livro, curiosa para saber o que tanto tem escrito nesta lista.

    Beijos da Jéss ♥
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir
  25. Estou com esse livro aqui para ler, e estava sem muitas expectativas sobre ele. Mas com sua resenha fiquei mais curiosa para realizar essa leitura. Adoro livros em que o personagem amadurece durante o enredo, sinto que cresço um pouco com ele também.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  26. Olá!
    Eu adorei a sua resenha.
    Sempre vejo resenhas positivas sobre esse livro e com sua resenha isso me confirmou.
    A capa do livro é simples, mas muito bonita.
    Dica anotada, assim que puder vou ler.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 

Fanpage

Seguidores

Compre aqui

Compre aqui
Livro Mulheres que não sabem chorar

Link Me

Curta também:

Parcerias

De olho

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Google+ Followers

Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, homossexualidade, violência sexual e alcoolismo. A escritora mantém um blog literário e está sempre bem informada sobre questões sociais que acontecem em nosso país. É defensora da tese de que todos são diferentes e merecem ser tratados com equidade. Ela adora escrever sobre temas que incomodam e diz não ter medo do preconceito. Trabalha no movimento social e acredita que a educação é capaz de trazer mudanças significativas ao país.

Siga-nos por e-mail

Copyright © 2015 • Poesia na alma