Resenha - A Música do Silêncio




23 junho 2015

A Música do Silêncio, de Patrick Rothfuss, 144 páginas, Editora Arqueiro foi para mim um livro muito difícil de resenhar.
Eu li, li, li e fui lendo, até a hora em que tive certeza de que não estava entendendo nada, e foi aí que percebi a nota de Patrick Rothfuss no verso do livro. (Tão encantada e empolgada eu fiquei com a capa linda e o título que sugeria belezas sem fim, que nem me atentei aos detalhes. Mea culpa.).


“Talvez você não queira comprar este livro. Eu sei, não se espera que um autor diga esse tipo de coisa. Mas prefiro ser honesto com você logo de saída. Acho justo avisar que esta é uma história um pouquinho estranha. Não gosto muito de dar spoilers, mas basta dizer que esta aqui é... diferente. Não tem um monte de coisas que se espera de uma história clássica.
Por outro lado, se você gosta de palavras e mistérios e segredos, este livro tem muito a lhe oferecer. Se sente curiosidade sobre os Subterrâneos e a alquimia. Se deseja conhecer melhor os meandros ocultos do meu mundo… Bem, nesse caso, talvez este livro seja para você.”

– Patrick Rothfuss
Daí que acendeu uma lampadinha. “Meu mundo”. Li o resto da contracapa e entendi.
Este conto é um spin off. Uma história paralela à Série “A Crônica do Matador de Rei”, que se concentra em nos mostrar a personagem Auri.
Série que eu, infelizmente não li, nem nunca tinha ouvido falar, e da qual não sei nadinha.
Ok! Pelo menos me aliviei do pensamento constante de que eu não entendi nada porque, obviamente, era idiota demais para isso.
Alguma pesquisa na internet depois, eu retornei ao livro, do começo, sem aquela sensação de burrice a me incomodar, e vamos lá: eu faço parte do time “AMEI O LIVRO”. (Porque se eu entendi bem, os fãs da série se dividiram entre amar e odiar este conto.)
Ah, mas Amanda, se você não entendeu, como é que vai falar que amou?
A tia sempre explica:
Abstraindo dos momentos onde eu não fazia ideia de quem era “ELE” ou o que diabos era um “Foxen”, a construção de texto de Rothfuss é impressionante.
Ele aplica uma carga tão forte de poesia ao cotidiano de Auri, que eu me vi presa instintivamente a um texto sem diálogos, que eu não compreendia completamente e onde nada acontecia.

“Estendeu o emaranhado na borda do poço: um cinto velho, com uma fivela de prata tão manchada que estava preta feito carvão. Um galho folhoso, com um caramujo perplexo. E por último, mas não menos importante, presa num pedaço de corda podre, toda enroscada no galho, uma chave fina, do tamanho do seu dedo indicador. Auri beijou o caramujo e pediu desculpas antes de devolver o galho à água, que era o seu lugar. O couro do cinto estava todo enrolado, mas com um simples puxão a fivela se soltou. Os dois ficaram melhor assim.”

É apenas uma menina, que pelo que eu entendi da minha pesquisa cibernética, tem algo de Asperger ou Autismo, a caçar objetos num ritual para poder receber uma pessoa que eu não sei quem é.
Percebe a força?
Entendi então o porquê do aviso de Rothfuss. O livro foi, possivelmente, um exercício de imaginação do autor. Uma obra visceral, que deve ter tomado sua mente por dias. Mas que não explica nada.
São apenas sete dias de um ritual incessante de Auri, para receber alguém, que não sabemos quem é (eu tenho minhas apostas, mas estragaria a mágica da história.).
Se você é fã da série, e gosta de poesia, tenha isso em mente, e provavelmente será o livro mais bonito do autor, o seu preferido.
Se você espera matar a curiosidade sobre a série, pelo que andei vendo, este livro não é o que está procurando.
Para finalizar, outro aviso do autor, que diz um pouco sobre o livro:

"Então. Se você leu este livro e não gostou, me desculpe. A culpa é minha. Esta é uma história estranha. Talvez você a aprecie melhor numa segunda leitura. (Quase todos os meus livros são melhores da segunda vez.) Mas também pode ser que não. Se você é uma das pessoas que acharam esta história desconcertante, tediosa ou confusa, peço desculpas. A verdade é que provavelmente ela não era para você."


Provavelmente, este livro era para mim.


26 comentários:

  1. eu não me atreveria a lê-lo sem ler a série, Mandy. Me disseram certa vez que se trata de uma leitura meio 'parada'. Realmente o trabalho gráfico é belíssimo, se eu lesse os outros poderia me aventurar, mas dessa vez, deixo passar...

    ResponderExcluir
  2. Oi Amanda, fiquei surpresa por você não conhecer essa série. Eu sou louca para tê-la, e sempre namorei com esse livro, mas não tive a oportunidade de comprar. agora com sua resenha, percebo que preciso adquirir As crônicas do matador do rei, ou posso ler sem entender como você fez heheeh. Adoro livros poéticos, então acho que por isso vale a pena. Bjs

    Território nº 6

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É que eu ando fugida de séries. Huahauhahuahahauhaauh

      Excluir
  3. Eu quero muito ler esse livro, porque dizem que vou gostar. Mas quero ler os dois primeiros livros da trilogia primeiro, até para entender melhor o que se passa em A Música do Silêncio. Corajosa você ler assim o livro tão aleatoriamente, eu não sei se conseguiria. Mas fico feliz por ter gostado.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  4. Ooi,
    Adorei sua resenha, tenho q ler as Crônicas antes mas vou colocar na minha lista.
    Vivi
    Corujas de Biblioteca

    ResponderExcluir
  5. Oi, Amanda! Menina, ri sozinha com sua descoberta épica sobre esse ser um spin-off de uma série que você nunca leu e nem conhecia (haha). Enfim, achei ótimo, no entanto, que depois de saber exatamente sobre o que era sentiu-se conectada à história. Ainda não li a série, mas tenho o primeiro volume me mãos e quero muito ter tempo para me dedicar a ele. Acho que vou amar. Se esse for o caso, lerei A Música do Silêncio, esperando que também seja um livro para mim.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Amanda, sua resenha me fez querer muito ler o livro. A forma como você contou sua experiência foi encantadora, tão simples e ao mesmo tempo significativa. Eu ri em algumas partes, até. E fiquei com muita vontade de ter a mesma experiência que você. Particularmente, eu adoro coisas que não vem mastigadinhas pra gente, coisas como esse livro. Adoro ir desvendando a história, descobrindo coisas por conta própria e ir tomando minhas próprias conclusões. Adoro histórias que me criam uma necessidade de conversar com mais alguém pra expor minhas teorias e ouvir as teorias dos outros. Então acho que este livro talvez seja para mim também :)
    Um abraço,
    www.literasutra.com

    ResponderExcluir
  7. Olá eu tbm não conhecia essa série
    E sou mestra em ler livros que não estão na ordem tbm kkkkk
    Adorei isso do autor avisar que pode não gostar por culpa dele
    Agora fiquei curiosa com esse série

    http://malucaspor-romances.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. OI Amanda!
    Também não conhecia a série e tentei começar por esse livro, mas larguei ele de cara... Sei lá, não foi nem por não entender, foi por não gostar da escrita do autor e o aviso dele no final do livro me irritou um pouco, leio na ordem que quiser, viu!? hahahaha
    Brincadeiras a parte, não vou ler essa série tão cedo!
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  9. Oii Amanda!

    Esse livro parece ser bom, mas estou com receito que iria ficar bem confusa com ele hahahaha
    Parabéns pela resenha :)

    Beijos, Kamila
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  10. Oii Amanda...
    Gostei muito da sua resenha e da sua sinceridade também. Ouvi muito falar desse autor, mas não sabia que esse livro fazia parte da série mesmo sendo um spin off, eu achava como você que ele era um livro único.
    Ainda não tive a oportunidade de ler a série, nem nada dele. Mas pretendo corrigir isso em breve.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  11. Amanda, que legal as notas do autor.
    Ele pelo menos foi sincero.
    Eu tenho o primeiro livro dessa série, mas ainda não li.
    Tenho muita vontade porque já escutei vários elogios.
    Talvez na sequência seja um livro encantador.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  12. Só pelas notas do autor eu já ia querer ler, é estranho né, mas chamou a atenção, por ser diferente. Nunca tinha ouvido falar dessas histórias (essa e a que citou), mas parecem boas, quem sabe eu dê uma olhada mais tarde <3

    ResponderExcluir
  13. Olá; gostei da resenha. Já aconteceu comigo de eu ler algum livro e não entender bem algumas partes e, ainda assim, ficar encantada pela história, pela forma como o autor construiu a narrativa.

    ResponderExcluir
  14. Olaaa
    Sua resenha esta otima e que legal a mensagem do autor hahhaa nao leria o livro pois realmente nao faz meu gênero, mas deve ser ótimo para quem curte ja que sempre escuto elogios.

    Beijos
    Reality of Books

    ResponderExcluir
  15. Oi, Amanda ^^
    Eu já tinha lido outras resenhas do livro, mas nenhuma como a sua, realmente adorei! A nota do leitor me deixou ainda mais curiosa para ler, hahaha, bela resenha
    www.muchdreamer.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Gente, imagino tua cara quando descobriu que era um spin, depois de não ter entendido nada. hahaha
    Ainda não li a série, mas quero muito ler!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  17. Oi Amanda!! A capa é mesmo linda!!! Adorei!! Também não conheço a série e esse spin-off, Mas que bom que você descobriu a tempo e, com as pesquisas, pôde se inteirar do assunto antes de acabar a leitura! Principalmente, que bom que você amou!!! Muito legal o autor deixar recados sobre a história, já me conquistou só por isso!!
    Beijos

    Mari
    cantinhodeleituradamari.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Olá Amanda, gostei da sua resenha e de saber um pouco mais sobre esse spin off, como eu quero ler a serie A Crônica do Matador de Rei acho que não vou querer lê-lo por agora, mas quem sabe depois de ler os outros livros não fique interessada =)

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Que mancada hein?! hahaha! Era melhor ter lido a série antes mesmo =[
    Adorei sua resenha, mas não me interessei pelo spin off (e nem pela história principal do outro livro).
    Beijão!

    www.livrosdajess.com

    ResponderExcluir
  20. Olá Amanda,


    Li e resenhei esse livro no blog, gostei demais, gosto dos livros do autor e com certeza para que não conhece e nem leu a contracapa vai ficar boiando e odiar...kkk...abraço.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Oi Amanda, sua linda, tudo bem
    Não conheço a série e por esse motivo, acredito que a princípio o livro nãos seria para mim, pois eu não conseguiria entendê-lo. Então, acho que ele deve ser perfeito para ler depois da série, ou pelo menos depois do primeiro volume. Agora, adorei a sinceridade do autor, acho que com isso ele atraiu vários leitores ao invés de afastá-los, eu por exemplo, ele conquistou. Não vejo a hora de ler a série.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Oii, tudo bem?
    Eu quase comprei esse livro, pois achei o nome e a capa bem interessantes, e eu não sabia que tinha ligação com uma série, então eu ficaria confusa, apesar de o livro parecer interessante, gostei muito dessas mensagens do autor, dá mais vontade de ler o livro, fico feliz que você tenha chegado.

    Beijos da Jéss ♥
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir
  23. Olá Amanda, como vai?
    O modo como você falou deste livro me despertou uma grande curiosidade, apesar de eu não ter lido a série, fiquei encantada pela honestidade do leitor, gosto assim.
    Espero poder conhecer um pouco mais sobre essa história e também sobre este livro rs
    http://ocasulodasletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Olá Amanda!
    Apesar de você não ter entendido a história e mesmo assim ter amado tanto, me fez ficar curiosa. Deve ser um livro bem intenso.
    Adoro a colocação do autor no final do post. Tem livros que realmente não são pra todos.
    Vou anotar a dica e assim que puder vou ler.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Eu ouvi falar um pouco dessa série,e me interessei,mas ao ler sua resenha me deu uma curiosidade monstro por esse "mundo estranho" que o autor criou com tanta poesia... esse deve ser um livro meio dificil de ler,mas tenho certeza de que no final vale super a pena.

    Apaixonadas por Livros

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 

Fanpage

Seguidores

Compre aqui

Compre aqui
Livro Mulheres que não sabem chorar

Link Me

Curta também:

Parcerias

De olho

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Google+ Followers

Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, homossexualidade, violência sexual e alcoolismo. A escritora mantém um blog literário e está sempre bem informada sobre questões sociais que acontecem em nosso país. É defensora da tese de que todos são diferentes e merecem ser tratados com equidade. Ela adora escrever sobre temas que incomodam e diz não ter medo do preconceito. Trabalha no movimento social e acredita que a educação é capaz de trazer mudanças significativas ao país.

Siga-nos por e-mail

Copyright © 2015 • Poesia na alma