Resenha: O Conde Enfeitiçado – Julia Quinn




19 novembro 2015


Oi, gente!
Olha eu aqui trazendo mais uma resenha da série Os Bridgertons, da Julia Quinn.


O Livro da vez é O Conde Enfeitiçado, o sexto livro da série, faltam só dois pra Editora Arqueiro terminar essa série e já sinto o cheiro da saudade. Então, como vocês podem imaginar, a parte complicada de resenhar séries muito extensas é que as resenhas se tornam redundantes, acredito que não há mais nada que eu possa falar em relação a escrita da Júlia Quinn, que eu já não tenha elogiado à essa altura do campeonato. Porém, não posso deixar de salientar o quanto é notável a evolução das histórias da série desde o primeiro livro. Não na forma que a autora escreve, pois todos os livros foram escritos com o mesmo primor, mas em relação a construção dos enredos, aos clímaces escolhidos pela autora. Essa é uma das coisas que eu mais curto dos livros da Júlia, ela escreve histórias bem inusitadas, com personagens e tramas que fogem dos estereótipos dos romances históricos convencionais.


Em O Conde Enfeitiçado, a Bridgerton da vez é a Francesca, esse livro é mais um dos que correm em paralelo aos “Segredos de Colin Bridgerton”. E Eu realmente havia achado bem interessante o fato de no livro anterior “Para Sir Phillip, Com Amor” Eloise ter mencionado que Francesca já havia sido casada e não haver nenhum livro contando o romance dela ainda. O fato é que interessantemente, a Júlia resolveu inovar na história de Francesca e nos contar sobre o seu segundo amor. Nesse livro, não nos deparamos com uma jovem inocente, pelo contrário, encontramos um romance mais maduro e com uma protagonista que já traz em si certa vivência.

Francesca não é uma das personagens mais presentes nos outros livros, devido exatamente ao seu temperamento, que diferente do das suas irmãs, é mais introspectivo. Por isso, ela é uma personagem bem nova, e vamos a conhecendo aos poucos. Já Michael Stirling é um personagem masculino bem interessante, ele havia se apaixonado por Francesca durante o noivado dela com seu primo John, porém sempre abafou esse sentimento em respeito, pois, além de primo, ele e John haviam sido criados juntos, como irmãos e se gostavam muito. Com a morte repentina do primo, ele acaba recebendo o Condado como herança, pois era o segundo na linha de sucessão. Alimentando assim uma grande culpa por cobiçar a mulher do primo e acabar recebendo tudo o que outrora foi dele, ele resolve partir para as Índias e deixar as coisas em Londres aos cuidados de Francesca. Anos depois, ele resolve voltar e percebe que seu interesse por Francesca ainda continua o mesmo, e se surpreende quando ela revela que pretende se casar novamente, pois ainda sonha em ser mãe. E é aí que realmente começa a história do livro.

Lógico, que como sempre, eu só posso dizer que amei a história. Que a escrita da Julia Quinn mais uma vez me prendeu feito visgo e eu só consegui largar o livro depois de ter virado a última página. Recomendo a leitura, não só desse, mas de toda a série que é muito legal. Estou com o coração apertadinho, pois só faltam mais dois livros e eu já posso dizer que vou morrer de saudade. O próximo livro será “Um Beijo Inesquecível” onde a protagonista será a Hyacinth (a mais chatinha das irmãs, mas mesmo assim espero gostar) e a previsão de lançamento é para janeiro.

Espero que vocês tenham curtido a resenha, Beijos no ♥


9 comentários:

  1. Todo mundo fala bem da escrita da Julia Quinn, mas até hoje não li nada dela.
    Sei que seus livros estão dentro de uma época que eu amo e que muito me interessa, mas o que me desanima é que é uma série. Esse é o 6º livro, morri só de pensar.
    Apesar de estar um pouco relutante por causa do tamanho, vou ler poque sua resenha está muito bem feita e super positiva, antes de terminar o livro ja está com saudade.
    Vou procurar pra baixar ou então comprar, aproveitar a Black Friday.
    Beijo
    www.livricios.com

    ResponderExcluir
  2. Oiii, como vai?
    Achei tão incrível este livro, tenho um amor por romances de época, por mais que eu ainda não tenha lido :(
    Espero que quando terminar a série, seja realmente muito boa, adoro sentir saudades hahaha
    Beijos
    http://segredosliterarios-oficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Vejo tanta gente falando desses livros e dessa autora, mas não é um gênero que me atrai... Apesar disso, estou sempre querendo inovar minhas leituras, quem sabe esse livro (o primeiro, no caso :P) entra na minha lista, né? Enfim, independentemente de o livro me atrair ou não, gostei muito da sua resenha.
    Beijos *-*
    Coisinhas Aleatórias

    ResponderExcluir
  4. Ai, ai, também já tô morrendo de saudades :)
    A Julia Quinn me conquistou tanto quanto você. Acabei de ler Para Sir Philip,com amor e já estou bem doida por O Conde Enfeitiçado kkk
    Quanto a irmã mais nova da familia, eu também acho ela bem chatinha, mas ela era uma criança nos outros livros né, acho que agora, mais crescida talvez ela tenha melhorado ;)
    Agora é esperar pra ver :)

    Bjus
    http://booksimaginary.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olaa. Olha não sabia que a serie era tão extensa mas estou louca para ler ela. Uma amiga me falou tanto dela que fiquei curiosa pra ler. Adorei a resenha e saber um pouco da historia dessa série.

    Beijão da Lari
    brilliantdiamond-bg.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Kris, eu sou doida para ler essa série e cada vez que vejo uma resenha de um dos livros eu fico mais animada ainda. Sua resenha está ótima e eu espero ter a oportunidade de ler a série um dia desses, estou louca para conhecer a escrita da autora!

    Beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  7. Oiiie
    Não curto muito romance de época apesar de ver somente elogios de livros do gênero, sua resenha está ótima e que bom que a escrita da autora te atrai

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Amo romances de época, mas não sei por que motivo as obras da Julia não me despertam o mínimo de interesse. Quem sabe um dia eu dê uma chance, mas por enquanto eu vou passar essa dica.

    Beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Apesar de falarem muito bem dela, nunca cheguei a ler nada da Julia, mesmo assim pelos comentários parece ser um estilo de romance bem legal :D

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 
Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, gênero, violência sexual, alcoolismo, etc. A escritora mantém um blog literário e trabalha com educação.

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma