Resenha - Desejo Proibido




22 dezembro 2015


Desejo Proibido, Sophie Jackson, Editora Arqueiro, 416 páginas, é um romance contemporâneo com uma pegada erótica bem legal.

O Livro conta a história de Katherine Lane, uma jovem que sofreu um grande trauma na infância ao assistir o pai ser assassinado por uma gangue e só ter escapado de receber o mesmo destino ao ser salva por um misterioso garoto, um pouco mais velho do que ela. E de quem ela nunca descobriu a identidade ou teve notícias.
Sendo assim, na intenção de cumprir uma promessa feita ao pai pouco antes dele morrer, já adulta, ela decide abraçar a causa social e levar a sua profissão a um patamar onde ela consiga ajudar de fato a quem precisa e resolve lecionar em uma prisão. E lá, ela acaba por conhecer Wes Carter, um misterioso e delicioso detento que domina os seus pensamentos. Inicialmente, o relacionamento entre os dois não é muito agradável, eles têm um temperamento muito forte e sempre que se cruzam sai faísca, porém não demora muito para que eles mostrem que esse comportamento hostil, nada mais é que, uma maneira de omitir o que eles estão realmente sentindo.

Os primeiros capítulos do livro são irresistíveis, a escrita da Sophie é gostosa e os personagens se mostram muito interessantes, devido as suas personalidades fortes e principalmente ao fato de sempre pegar fogo quando eles se encontram. A Complexidade que a autora usou para desenvolver os personagens também é algo muito estimulante na leitura, é legal entender o porquê deles serem, como são. Sendo assim a leitura flui muito bem ao longo desse início e até um pouco mais da metade da narrativa.
Porém, infelizmente, para mim a leitura declinou no exato momento em que os personagens tiveram a primeira noite de amor. Pois a autora acabou mudando o relacionamento entre eles da água para o vinho, ou melhor, do vinho para água, já que o relacionamento que desde o princípio se mostrava altamente apimentado recebeu doses cavalares de doçura, tornando o casal extremamente meloso. E isso me broxou (JULGUE-ME).
Isso, em minha opinião, acabou agregando uma divisão na leitura. A parte do sexo: Quando os personagens voltavam a ser quentes, durante o ato sexual, que no livro é descrito intensamente e os personagens se mostram muito maduros e senhores de suas vontades. E A Parte do dia-a-dia: Quando os personagens encarnavam o papel de adolescentes imaturos e não conseguiam discutir coisas simples em um relacionamento, sem muito drama e complicações. E essa parte é algo que realmente me cansa.
Ainda assim eu curti muito a leitura do livro, tirando essa parte que eu rolava os olhos com a melação, eu gostei muito do desenvolvimento da história e todo o contexto por trás do romance. A Sophie escreve divinamente e consegue atrair os leitores. O Livro faz parte de uma Trilogia, mas confesso que não sei se são obras avulsas e veremos outros personagens, ou se continuaremos a acompanhar a história de Kath e Wes, não achei que o final de Desejo proibido deixou gancho pra uma sequência da história dos dois, mesmo assim fico no aguardo.

Recomendo a leitura do livro, mas desde já deixo avisado que as cenas eróticas são bem intensas. Espero que tenham curtido a resenha. Beijos


13 comentários:

  1. Ah mais que sem graça, o nome do livro já diz "Desejo Proibido" e a autora muda o relacionamento deles? Dai desanima um pouco. Acho que a graça seria uma coisa bem picante entre eles.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então a coisa é bem bem beeeeem picante entre eles, eu falei isso na resenha, mas em alguns momentos as coisas ficam bem melosas e é esse contraste que me incomodou.

      Excluir
  2. Acho que eu acharia o livro ótimo se não fosse o toque erótico. Eu não gosto desse gênero. Mas mesmo assim, também não gosto quando o livro da uma reviravolta ruim (como os personagens se tornarem melosos). Poxa, estava tão bom antes, por que mudar?
    Enfim, é isso :)
    Beijo.

    ResponderExcluir
  3. Sinceramente, não acho livros assim nem um pouco interessantes. Pra quem gosta, pode até ser legal, apesar dos pontos negativos que você ressaltou.
    Bjs
    Coisinhas Aleatórias

    ResponderExcluir
  4. já não tenho saco pra romance, ainda mais com essa rasgação de seda toda xD
    tu já sabe que essa leitura não é pra mim, né, Kris??? rsrsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. hauhauhauha Né bem teu perfil mesmo não Val, se tivesse continuado do jeito que começou podia até ser

      Excluir
  5. Oi Kris, tudo bem?
    Curti bastante a leitura do livro e ao contrário de você não me importei com a melação hahaha!
    Quanto as sequencias, acho que o último é sobre o Max, pelo que vi no skoob.
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá, acho os protagonistas do livro interessantes, mas apesar de gostar muito de romances, ainda não estou muito convencida a ler esse livro. Gostei da resenha.

    ResponderExcluir
  7. Oi Cris, tudo bem?
    Eu não sei se li muitos livros neste estilo, ou se não estou naquela fase de livros de romances, não gostei deste livro. Sei lá, achei um pouco clichê e olha que é de um estilo que curto.
    Gostei muito da sua resenha, muito bem detalhada e demonstrou bem a sua reação ao livro.
    Beijos, Larissa (laoliphant.com.br)

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Minha colunista leu esse livro e gostou muito. Eu tenho ele aqui e deve ser uma leitura do ano que vem. Eu espero gostar e tomara que eu não fique incomodada com essa parte do relacionamento. Eu acho a capa bem bonita e sei do próximo lançamento, mas também não sei se é continuação ou não. Enfim, ótima resenha.

    Beijos
    Leitora Sempre

    ResponderExcluir
  9. Oie
    Eu estou mega curiosa pela leitura por ver várias resenhas elogiando e pelo enredo ser bem interessante e chamar minha atenção, ótima resenha

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oie Cris, tudo bem?
    Sabe que eu detesto melação kkkkkkk
    Não consigo ler esses livros na "boa vontade" por assim dizer rs
    Com certeza eu iria broxar também e provavelmente, antes de você rs
    Parabéns pela resenha. Você é muito sincera e eu adoro isso.
    Beijos

    Academia Literária DF

    ResponderExcluir
  11. Olá,
    Não consigo "acreditar" muito nesse livro.
    Tem muitos fatos que me fazem torcer o nariz para este livro, acho que o enredo como um tudo não me consquistou.

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 

SKOOB

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma