Literatura melhor pra quem?




10 janeiro 2016


Há dias, me pego pensado sobre essas frases que circulam pelas mídias sociais, me incomodei com uma frase que li essa semana numa dessas páginas do face de blogs literários: “Quem lê se transforma numa pessoa melhor!”. Diria que esse é um pensamento perigoso, creio que a primeira coisa que devemos ter em mente é o conceito de ‘pessoa melhor’. O que é melhor para mim, pode não ser melhor para o mundo, um exemplo prático e real dessa afirmativa é o Hitler. Ele realmente acreditava que estava fazendo o melhor. Mas, para quem?

E então, Hitler não sabia ler? Hitler não lia? Seria inocência imaginarmos que Hitler não teve acesso à leitura e por isso propagou o mal pelo mundo. Ele, de forma assustadora, se apropriou de vários símbolos orientais que significavam amor, não violência, paz etc. e os transformou em símbolos de ódio. Hitler era um homem muito bem informado, que transformou a leitura (ferramenta) em arma. A leitura não o tornou um homem melhor, e, sim, detentor de determinado conhecimento para fins escusos. 

Alguns se utilizam desse conhecimento para o crescimento espiritual, tentando melhorar enquanto indivíduo, se conscientizando de suas ações políticas no mundo, frente às pessoas etc.; enquanto outros se apropriam desse conhecimento para manipular, se aproveitar das pessoas, enganar e se armar linguisticamente. Será realmente que a leitura enobrece o ser humano?

Devemos dar a leitura o seu devido lugar, mas não devemos extrapolar quanto a esse lugar. Exagerar é cultivar preconceito e ignorância. O mesmo acontece com outra frase bem comum em circulação no facebook: “Tem cultura quem lê”. E então eu assassino toda a obra de de contadores de história e trancoso, onde alguns não sabem ler, mas têm muita cultura, sim. Não dá para distorcer os fatos em prol de uma visão elitista. a leitura tem valor significativo na sociedade, mas perpetuar ideias ingênuas que a poucos beneficiam é perigoso. 

9 comentários:

  1. adorei a ultima frase, realmente muito dificil rotular arte, podemos encontrar arte em coisas pequenas e que para alguns é insignificante

    ResponderExcluir
  2. Também não concordo com a frase.
    Não depende da leitura fazer um pessoa boa ou mal (minha opnião).

    ResponderExcluir
  3. Frase que nunca tinha parado para pensar.
    Mas tipo, tem quem lê e quem lê! É uma coisa diferente.
    Lula não teve muito acesso a livros nem fez faculdade e tá ai, fazendo o bem!

    ResponderExcluir
  4. concordei com vcs meninas, depende muito;;;; gostei da uma frase ... seu post otimo

    ResponderExcluir
  5. realmente, nem sempre o conhecimento faz das pessoas indivíduos melhores... o homem é corruptível por natureza...

    ResponderExcluir
  6. Nem obrigatoriamente quem lê tem cultura e nem quem tem cultura lê. Sobre a parte de nos tornar pessoas melhores, eu acho que é uma ferramenta que nos permite ser pessoas melhores, mas como qualquer ferramenta pode ter seu uso para coisas boas ou não. :-/

    Infinitos Livros

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Eu acho que a literatura quando é usada de maneira correta pode sim transformar vidas. O meu avô mesmo não sabe ler, porém é um grande contador de histórias, que sem dúvidas pode parece exagerado, mas eu não troco as suas histórias por livro nenhum, por mas que eu amo ler, é minha paixão.. As histórias do meu avô é um MITO. Devem ser valorizadas.
    Gostei muito do seu post.

    http://garotinhaadolescentea.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Gostei do seu post, você escreve muito bem. Temos opiniões um pouco divergentes, mas não quero entrar nesse assunto e fazer 'textão' ahushuauuahs. A leitura fez minha vida melhor, me transformou e me deu o que pensar. Claro, eu precisei querer mudar, mas os livros me incentivaram a buscar isso.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oii,

    Primeiramente, parabéns pelo texto e pela reflexão.
    Concordo com você em vários pontos, principalmente quando diz que mesmo os que não sabem ler tem cultura. E isso é verdade. Tenho um exemplo dentro de casa. Minha mãe não sabe ler, mas é tão culta e bem informada, que nos deixa de boca aberta.

    Beijos

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 
Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, gênero, violência sexual, alcoolismo, etc. A escritora mantém um blog literário e trabalha com educação.

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma