Resenha – O Príncipe de Westeros




25 janeiro 2016

Já sabia o que esperar de O Príncipe de Westeros, organizado por George R. R. Martin e Gardner Dozois, 469 páginas, Saída de Emergência, uma obra fantástica e bem produzida. Sabia que solicitar esse livro junto a Editora Arqueiro não seria motivo de arrependimentos.


Obras inéditas de autores do gênero irão surpreendê-lo com enredos ardilosos e reviravoltas intrigantes. O próprio George R. R. Martin apresenta uma nova história do apaixonante e violento mundo de 'A Guerra dos Tronos', introduzindo um dos personagens mais canalhas da história de Westeros. Acompanhe grandes autores, como Gillian Flynn, Neil Gaiman, Patrick Rothfuss, Scott Lynch e muitos outros, nesta coleção de histórias emocionantes sobre vigaristas, mercenários e ladrões.

Uma reunião de contos com variedades de canalhas sem distinção de classe ou gênero. A introdução, produzida por Martin já um chama do que vem nas páginas a seguir. Eu definiria tais páginas como instigantes e sedutoras.

Os livros deveriam ampliar nossa visão, nos levar a lugares onde nunca estivemos e mostrar coisas que nunca vimos, expandir nossos horizontes e nossa maneira de olhar o mundo. Limitar a leitura a um único gênero acaba com essa missão. Também nos limita, nos torna menores. Para mim, tanto no passado como agora, parece haver boas e más histórias, e essa era e ainda é a única distinção que realmente importa.

Eu tenho verdadeira paixão por contos, mas contos de fantasia não é uma constância para mim. A visão de cada autor sobre um caricato personagem, o canalha, foi o que mais chamou minha atenção. Apreciei todos os contos, e seria um pouco cansativo para resenha trazer um resumo de todos aqui, então, discorrerei sobre o que mais gostei.


Em Proveniência, Max Wolff tem em mãos uma obra de arte da dada como perdida na Segunda Guerra Mundial. Tomado pela ganância, Max decide vender a obra de forma escusa e ilegal. Galeria de Arte, Nazismo, mescla de passado e presente dão a vida deste conto na cidade de Nova York.

Esse é um livro singular e instigante, motiva o leitor pela criatividade e inteligencia dos contos. Classifico como uma obra juvenil, mas que os adultos que apreciam o estilo vão se deliciar do começo ao fim. 

25 comentários:

  1. Oi, Lilian!

    Não adianta, eu não consigo gostar de contos.
    Até leio um ou outro, mas definitivamente nunca são minha primeira opção na leitura. Eu vi esse livro e tive curiosidade, mas acabei desistindo, porque sei que eu ia terminar lendo por obrigação.
    No entanto, depois da sua resenha, a curiosidade voltou. Especialmente por esse conto que você mencionou, porque adoro tudo o que se refere a guerras.
    Talvez eu dê uma chance a esse livro, afinal.

    Beijos!


    www.oblogdasan.com

    ResponderExcluir
  2. Oii Lilian!
    Eu acho incrível essa edição, já vi nas livrarias aqui da cidade, mas parece que não encaixa nas minhas leituras, achei meio repetitivo o livro, em relação ao tema escolhido, quem sabe seja impressão minha apesar de nunca ter lido.
    Beijinhos
    segredosliterarios-oficial.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Legal ver que mais alguém leu esse livro, fantasia não é meu forte, mas até que achei o livro interessante, teve apenas 3 contos que curti de verdade, mas no geral é um livro ótimo.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  4. Olá; tenho vontade de ler esse livro por ele trazer uma boa seleção de autores, com nomes bem aclamados.

    Participe do sorteio da Trilogia A Caverna Cristalina: petalasdeliberdade.blogspot.com .

    ResponderExcluir
  5. Oi, Lili, tudo bem?
    Gostei muito da resenha! Eu já li esse livro e amei demais, apesar de também não ser acostumada a ler contos fantásticos.
    Esse conto que você mais gostou foi um dos quais menos gostei kkkk O que mais gostei foi o Principe de Westeros e aquele que tem arvore no título. Não me lembro exatamente o nome.
    Beijos,
    http://www.quinzeinvernos.com/

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Só de ter o nome de George R. R. Martin já é motivo para querer ler, além disso todas as resenhas que li falaram muito bem sobre os contos, assim como a sua.
    Essa inteligência com que os contos foram escritos também me chamou atenção. Acredito que realmente deve ser uma leitura instigante.
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  7. Oi, eu gosto de livros de contos principalmente quando acabo de sair de uma leitura cansativa! Adorei a dica e vou deixar anotada.
    Bj
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  8. Se eu visse esse livro não imaginaria que seriam contos. Fiquei animada em ler! Adorei <3
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  9. Oie,

    Eu gosto de livros de contos, e nunca havia prestado bastante atenção nesse, só sabia o título e nem prestei atenção para quem era o autor e bum eu descubro que que é o Martin, então eu preciso ler esse livro, são pontos dois pontos postivos para mim, já que é contos e tem o Martin como escritor.

    Bjs
    Mayla

    ResponderExcluir
  10. Oi, como vai?
    Eu amo contos, acho que eles são fáceis de ler e rápidos e sempre nos passam boas histórias além de muita criatividade.
    Adorei a resenha.
    Beijo
    www.livricios.com

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem?
    Então, nunca li livros que reunisse vários contos! Ganhei "Deixe a Neve Cair" e vou me aventurar nele primeiro por ter uma escrita leve e se gostar, vou começar a ler livros assim também! Adoro a capa desse livro, é linda demais!

    ResponderExcluir
  12. Oi, tudo bem?
    Eu adoro contos, mas confesso que em livros não me sinto à vontade para ler, pois gosto de lê-los aleatoriamente e sempre que pego um livro me sinto na obrigação de terminá-lo imediatamente, mas este livro apesar disso é bem interessante, por tratar de personagens canalhas.
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Ao amo contos, principalmente pela facilidade. Tenho muita vontade de ler esse, que além de uma capa linda conta com grandes nomes.

    ResponderExcluir
  14. Oie Lilian,
    Eu amo contos, e com certeza leria esse livro, além de ter contos tem o Tio George e essa capa divosa haha
    Beijos
    Bru, Cantinho da Bruna

    ResponderExcluir
  15. Oiie
    não é o estilo de livro que curto mas já ouvi elogios e que bom que curtiu também, sua resenha está ótima

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Sou apaixonada por contos e tive uma grata surpresa quando li esse livro, exatamente por ele tratar de canalhas e com várias perspectivas diferentes, foi fascinante.
    Adorei.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  17. Oi Lilian!
    Quem leu esse livro foi meu noivo e ele gostou muito! Li apenas o conto da Gillian Flynn e achei incrível!!! Geeente, terminei de ler desesperada querendo mais. Pretendo ler os outros, mas vai demorar um pouquinho.
    Que bom que gostou da leitura. Também não sou muito fã das histórias de fantasia, por isso não me joguei na leitura do livro ainda. Mas se todos os contos forem tão bons como meu noivo afirmou, acho que vou gostar.
    Beijos
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir
  18. Olá, eu tenho bastante vontade de ler esse livro, eu amo contos, apesar de fantasia não ser o meu gênero favorito. Eu leria e daria uma chance a obra, parece cativante.

    beijos

    http://www.oteoremadaleitura.com/

    ResponderExcluir
  19. oi ^^ eu li esse livro e tbm ou uma apaixonada por contos.
    gostei muito de alguns, já outros não tanto, mas o que importa é que no final como um todo foi realmente uma boa leitura. Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  20. Nunca li nada do Martin mas me sinto na obrigação porque vejo muitos elogios. Estou numa fase de querer ler muitos contos e crônicas então eu já quero esse livro. Fora que eu sou fã das edições da Arqueiro. As folhas são sempre amarelas (gosto disso)

    ResponderExcluir
  21. Não gosto muito de contos mas tenho um amigo que ama. Já até mandei o link da resenha para ele, tenho certeza que ele vai amar.
    E apesar de não gostar muito de contos e fantasia as inúmeras resenhas positivas sobre esse autor estão me fazendo repensar e dar uma chance para algum livro dele.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  22. Oiii!!

    Eu não li esse livro ainda, mas é porque esse enredo não me agrada muito. Mesmo sendo livros de contos, a tematica dele não é o estilo que gosto.
    Acho que o bom nessas obra é que sempre vamos curtir mais um do que outro mas estaremos sempre conhecendo novos autores <3

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  23. Eu adorei ler esse livro. Claro que alguns contos me conquistaram mais do outros. E o escrito pelo Martin foi uma delicia de ler, principalmente porque o foto é na família que mais gosto.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  24. Oii,

    Não sabia que esse livro era de contos.
    Fiquei curiosa para conhece-los. Sem contar que seria o primeiro contato com o autor.

    beijos

    ResponderExcluir
  25. Olá!
    Eu não sou a '' LOUCA '' por contos, todavia, eu sempre gosto de variar um pouco os gêneros sabe? E com esse pensamento, comecei a ler vários contos. Quero ler esse dai, porque creio que fará bem para esse meu novo projeto.

    - Garotinha Adolescente.

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 
Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, gênero, violência sexual, alcoolismo, etc. A escritora mantém um blog literário e trabalha com educação.

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma