Resenha - Um Novo Amanhã (A Pousada #1)




03 maio 2016



Os livros da Nora Roberts têm um elemento especial para mim, a capacidade da autora de mostrar a magia dos rituais. Em Um Novo Amanhã (A Pousada #1), 320 páginas, Editora Arqueiro, a autora não extrapolou minhas expectativas, mas foi envolvente na narrativa na medida certa.

“Havia algo especial naquele prédio no meio da noite, quando o barulho das pistolas de pregos, das serras, dos rádios e das vozes se extinguia e as sombras dominavam tudo. Não chegava a ser absolutamente silencioso, imóvel. Era algo irresistível, que lhe dava arrepios na nuca.”

A família Montgomerys decide reformar a antiga e enigmática pousada da cidade de Boonsboro. Beckett Montgomerys, o mais novo dos irmãos Montgomerys e arquiteto da família, é o personagem central desse enredo. Desde novo, teve um único amor, mas não conseguiu lutar por essa mulher que fisgou se coração de jeito, Clare.

“Se corresse tudo bem naquela noite, se a química persistisse, ela e Beckett provavelmente fariam o que os adultos solteiros faziam quando havia química entre eles.”

Anos depois, Beckett descobre que Clare está viúva e com três filhos. Seria essa uma nova oportunidade para o amor? Além de reformar a velha pousada, Beckett reformaria seu coração e esperança?

“Continuou dirigindo. Em toda a sua história com as mulheres, Clare Murphy Brewster era a única que o deixava atordoado e confuso.”

O livro é basicamente isso, uma série com 'trocentos' irmãos que vai se apaixonar, como tantos outros livros que já existem por aí. A autora, geralmente, traz um diferencial em suas obras, mesmo sendo clichê, algo que encanta; mas, honestamente, parece que dessa vez, Nora esqueceu da fórmula secreta, não consegui apreciar tanto a leitura. Lógico que cada um tem que ler e tirar suas próprias conclusões.


 Por Lilian Farias

15 comentários:

  1. Olha, curti a sua resenha, mas o livro não é pra mim. E deve ser legal, pois todo mundo curte o livro e é uma pena que você não conseguiu apreciar tanto a leitura.

    ResponderExcluir
  2. Olha, eu tava até falando isso para uma amiga hoje, eu simplesmente não consigo gostar da Nora, eu tenho livros dela, e estou até dando para você ter uma ideia, não consegui me conectar a ela. Uma pena, mas sua resenha está incrível, parabéns.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Não conheço nenhuma literatura da autora e não me lembro de ler outras resenhas, de faço não me senti instigada a ler esse livro (apesar da clareza na sua escrita).
    Abraço,

    ResponderExcluir
  4. Oi, Lilian!

    Eu achei a história bem clichê também, mas mesmo assim achei tão fofa!
    Adorei e estou doida para ler o livro seguinte. :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    Não nego eu curto ler de vez em quado os livros da Nora. Eles possuem sim uma história com clichê, mas não creio que isso seja ruim. Quero ler bastante essa série, mesmo que de certa forma eu já saiba como vai acabar.

    http://euinsisto.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oiê! Me corrija se eu estiver errada, mas os únicos livros que li dessa autora foram os quatro primeiros da "série Mortal". Não me preocupei em pesquisar mais nada dessa autora porque achei suas histórias muito repetitivas... Mas, de vez em quanto, ler um romance como esse, faz bem! Bjss

    Leitora Compulsiva
    http://olhoscastanhostambemtemoseufascinio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. hi baby, tudo bem? sempre quis ler algo da autora! pela sua resenha é melhor não começar por esse hehe um dia quem sabe

    Lilian Valentim
    http://speakcinema.blogspot.com.br/
    beijinhos

    ResponderExcluir
  8. Ainda não tive a oportunidade de ler algo da autora, mas já vi muitos elogios aos seus livros e a sua escrita. Gostei da premissa dessa história e talvez eu dê uma chance a ele mais para frente, mesmo não sendo o livro dela que mais lhe agradou.


    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura - Participe do top comentarista de maio, serão dois ganhadores!

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem?
    Sou mto fã da Nora Roberts e qdo vi o lançamento do livro, fiquei bem interessada a ler.
    Eu ate que gosto de series com milhos de irmaos, hahaa...me sinto da familia.
    A capa está meio seria demais, queria algo mais romantico. Mas ainda sim gostei.
    Eu devo ler tudo, nao resisto aos livros da Nora, hahaha.
    Beijos!

    Livros e Sushi • Facebook InstagramTwitter

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Eu tenho vontade de ler os livros da Nora, mas todas vez que pego um tenho a sensação que ela é na verdade o Nicolas Sparks de saias....
    Mas pretendo confirmar isso de perto.
    Beijos
    Jana

    ResponderExcluir
  11. ai, Lili. tu sabe que vivo fugindo de leituras clichês... pelo jeito esse vai ser só 'mais do mesmo' como ando vendo lançarem muitos por ai... passando longe da dica dessa vez... xD
    bjs...

    ResponderExcluir
  12. Oiiie
    que legal sua resenha, nunca li nada da autora e não pretendo ler tão cedo pois realmente não faz meu gênero, mas mesmo assim, boa dica para quem curte o gênero

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Sabe Liliam, eu li a sinopse e curti bem a premissa, mas não foi o suficiente para ler no momento. Apesar de gostar bastante das últimos livros lançados pela editora. Mas não vou destacar a leitura. bjs

    ResponderExcluir
  14. Lilian, faz séculos que não leio nada da Nora.
    Espero que se ela não conseguiu essa fórmula milagrosa nesse livro que consiga nos seguintes para não ficar algo tão batido.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  15. Oi..
    Adorei seu blog, minha primeira visita <3
    ainda não li nada da autora;
    quero ler esse livro, e adorei sua resenha.
    bjs

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 

Fanpage

Seguidores

Compre aqui

Compre aqui
Livro Mulheres que não sabem chorar

Curta também:

De olho

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Google+ Followers

Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, homossexualidade, violência sexual, alcoolismo, etc. A escritora mantém um blog literário e trabalha com educação.

Siga-nos por e-mail

Copyright © 2015 • Poesia na alma