1915: a história dos sertanejos cearenses no ano da seca




18 dezembro 2015


Muitos com certeza já ouviram falar em campo de concentração. Mas poucos sabem que aqui no Ceará também teve um lugar assim. Foi na seca do quinze, quando os retirantes que se aglomeravam em Fortaleza tiveram que ser isolados da população da capital. Saiba mais em 1915: a história dos sertanejos cearenses no ano da seca, novo livro do pesquisador cearense Cicinato Ferreira Neto.

A obra é resultado de ampla pesquisa em arquivos do Ceará e de outros estados – jornais, revistas, fontes primárias e secundárias, além de manuscritos. O objetivo do trabalho é entender como foi o cotidiano dos sertanejos e dos próprios cearenses, de maneira geral, no ano de 1915, marcado por grande estiagem, a qual ficou celebrizada na literatura através do romance da cearense Raquel de Queiroz.
Na publicação, de 304 páginas, Cicinato Ferreira Neto escreve um ensaio sobre a história da seca, analisa a postura do governo e das autoridades, descreve a postura dos cearenses na quadra de dificuldades, fala sobre trabalho e migrações, enfim, tenta dar uma contribuição à historiografia cearense, ainda com poucos escritos dessa natureza. As fotos e ilustrações ajudam a contar um pouco mais sobre período de grandes privações para o povo cearense.
Cicinato Ferreira Neto já lançou outros livros: “Estudos de História Jaguaribana” (2003), “A Tragédia dos Mil Dias: a seca de 1877-1879 no Ceará” (2006), “A Misteriosa Vida de Lampião" (2008), "A História do Fisco Cearense" (2011) e “A História do Ceará: fontes e bibliografia” (2013).

O livro “1915” pode ser adquirido diretamente com autor através dos seguintes e-mails:cicinato.neto@sefaz.ce.gov.br ou cicinatoneto@zipmail.com.br.

8 comentários:

  1. Não conhecia essa história mesmo. Sequer ouvi falar. Mas não sou muito antenada em história (vergonha, né). Vou ver se meu irmão não conhece. Ele gosta dessas coisas :)

    ResponderExcluir
  2. Gosto muito de livros que retratam fatos históricos. E não sabia que havia uma obra referente a este marco histórico que aconteceu em nosso país.
    Achei muito interessante mesmo e quero adquirir logo.

    Beijinhoss...
    http://estantedalullys.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Nossa, assim que bati os olhos na postagem pensei que era sobre o tem Holocausto no Brasil, mas aparenta ser diferente. Fiquei mega curioso e sem duvidas vou mostrar pra minha irmã, ela adora livros com esses temas. Parabéns pela postagem e obrigada pela dica! Adorei. :)

    ResponderExcluir
  4. Sinto falta de livros que retratam a história do Brasil, já que é rica e tem muito o que contar, por exemplo, ditadura militar.
    Quando estudei um pouco de história na faculdade, li brevemente sobre campo de concentração no Ceara, sempre quis saber mais, porém acabei deixando de lado.
    Acredito que agora é uma boa hora para ler um livro que fale sobre o assunto.
    Adorei.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem?
    Eu adoro livros com esse tema,o primeiro livro que li na vida foi O diário de Zlata, que viveu num período de guerra.
    Não sabia sobre o que o povo cearense sofreu,porém fiquei interessada na leitura. Parabéns pela resenha.

    Beijos
    Leitora Sempre

    ResponderExcluir
  6. Oiie
    Bem interessante parece o livro, não é bem o que curto mas acho bem válido para saber mais sobre o povo naquela época

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Achei a obra muito interessante, mas não é um livro que leria, pois não sei se me conectaria com a obra em si, mas, como disse, achei interessante!

    Abraços e até!

    lendoferozmete.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá,
    Não é o tipo de livro eu costumo ler, mas acho uma boa indicação para os fãs de história do Brasil.

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 
Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, gênero, violência sexual, alcoolismo, etc. A escritora mantém um blog literário e trabalha com educação.

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma