Resenha - Estrela da Manhã




31 março 2016

Recebi a cortesia da Giz Editorial, inaugurando o Selo Calíope, o mais novo livro escrito por André Vianco, intitulado Estrela da Manhã. Conta a história de um menino chamado Rafael, que sofre com o bullying na escola, a ausência da mãe que só pensa em trabalhar, com a morte do pai quando ainda era pequeno e o descaso de seu irmão Beto...


Não suportando mais o tormento e morrendo de saudades do pai, que se estivesse vivo, não iria deixar que nada daquilo acontecesse, ele busca ajuda no mundo sobrenatural para dar um jeito nas pessoas que não se importam com ele ou pegam no seu pé, como a diretora da escola, uma professora que vive a defender o escroto Maguila, que vivia batendo nele, ou até mesmo sua mãe, que por ser empregada da mãe de Maguila e dependia do emprego, não fazia queixas contra o filho de sua patroa...

Eis que Rafa encontra um aplicativo e baixa em seu celular o Pé na Tumba, e com algum dinheiro, poderia comprar um fantasma guarda-costas. Então ele usa o cartão de crédito do seu irmão para comprar um fantasma, Estrela da Manhã, e após alguns rituais, com direito a sangue e pentagramas, ele invoca seu 'guardião', que lhe pede sete nomes. Então o menino começa a lista, e o guardião promete lhe proteger dessas pessoas da lista num período de sete dias, como estipula o 'contrato do além'. Mas logo Rafael viverá sete dias de terror absoluto, quando o primeiro de sua lista morre de maneira misteriosa e violenta...

Já conhecia a escrita de Vianco desde que li Os Sete e A casa, e fui meio que com sede demais ao pote a fim de ler Estrela da Manhã. Ele estrutura bem os personagens, ambienta a estória com a tecnologia atual e até aí a trama tem tudo para surpreender... Mas a meu ver, deixou devendo no desfecho, que não foi ruim, mas passou longe de me deixar estarrecida... Na verdade, o final do livro não passou disso: satisfatório. ok.

Ele vai conduzindo a saga de Rafael em tentar impedir que pessoas que ele ama morram pelas mãos de Estrela da Manhã, que na verdade é um demônio, e para um menino de onze anos, fiquei meio espantada em como ele consegue enfrentar muitos problemas sendo tão frágil e novo. Afinal, ele sofria bullying logo no início do livro e não tinha força de vontade nenhuma de enfrentar seu algoz [Maguila], sempre tendo alguém para intervir nas brigas [Renata, menina que ele é apaixonado e Darla, namorada de seu irmão].

As mortes são bem narradas, senti muita tensão em todas elas, mas não consegui me conectar com o próprio Rafael, apesar de sentir pena de sua solidão em vários momentos, solidão essa que o levou a tomar decisão tão extrema para aliviar seus problemas. Mas quando do nada surge coragem para enfrentar Estrela da Manhã a fim de salvar Renata, minha estima por ele caiu um pouco... Senti que foi meio forçada essa força repentina de lutar e pôr fim aquela situação desesperadora...

Em suma, não é uma leitura de se jogar fora, mas como já conhecia o talento do autor com obras anteriores, senti que essa leitura não foi igualmente incrível... Uma pena, mas acredito que a estória agrade leitores não tão exigentes...

18 comentários:

  1. Não conhecia esse livro e nem sabia do novo selo da Giz Editorial. Que legal saber desse lançamento do André Vianco e claro que fiquei muito interessada para conferir. A premissa, com certeza, demonstra ter muita importância e já conhecendo a escrita do autor, é de se esperar uma leitura bem proveitosa. Acredito que possk gostar sim, obrigada pela indicação.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. André Vianco sempre nos surpreende com seus livros. Adorei a saga do Rafael, acaba sendo uma corrida contra o tempo depois para que nada de ruim aconteça.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  3. Interessante a premissa desse livro, não conheço a escrita do autor, mas não é tipo de livro que me agrada.

    ResponderExcluir
  4. Me interessei muito em ler. Pena você não ter se apegado ao personagem.
    Não conhecia ainda o autor e me pareceu ser uma ótima leitura já que o gênero me agrada em cheio.
    Lerei em breve.

    Beijinhos...
    http://estantedalullys.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bem?
    Bom, nunca tinha ouvido falar desse livro, mas deve ser porque não tenho hábito de ler coisas desse gênero, rs. O engraçado é que, apesar de ter medo (mesmo das coisas mais bobas kkk) eu morro de curiosidade para saber o que acontece nessas histórias :P Flores no Outono

    ResponderExcluir
  6. Oi!!
    Nossa esse livro do André Vianco é diferente de tudo que eu já li dele, já gostei do tema, gosto de ler sobre bullying é um tema pesado e que muitas pessoas acham que não acontece, ah os problemas familiares vem para deixar a história mais dramática e esses são ingredientes que para mim fazem um livro ser fantástico.
    A vida de Rafael é dura hein, pena que você foi tão afoita ler o livro e esse não ofereceu tudo que você imaginava, mas acredito que vale a pena conferir a história.
    Beijão!
    Lilica - O maravilhoso mundo da leitura

    ResponderExcluir
  7. Olá,

    Nunca li um livro do André, mas fiquei bastante instigada com a estória do Rafael, primeiro porque gosto de ler sobre bulling e segundo por causa do suspense, sei lá, talvez não seja mesmo tudo o que parece, mas gostei da resenha...rs. E acho que a estória dele não difere muito da realidade que vemos (exceto pelo fantasma...rs).
    Abraço,

    ResponderExcluir
  8. Oi, Maria!
    Eu já li 2 livros de André Vianco e não me identifiquei com o autor.
    Gosto de histórias de terror, mas já não procuro mais ler as dele.
    E ainda somando as ressalvas que vc fez sobre a história, realmente esse livro não é pra mim.

    Beijos!

    www.oblogdasan.com

    ResponderExcluir
  9. Ainda não li nenhum livro do André Vianco, mas sempre li boas críticas. Esta é a primeira com críticas negativas. Isso aumentou ainda mais minha curiosidade sobre o autor, gosto de tirar minhas próprias conclusões. Pena que não gostou tanto da obra, quando já conhecemos o autor, realmente somos bem mais exigentes mesmo.

    Bjss
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Uma menina da academia de dança que eu frequentava um dia disse "Você precisa ler André Vianco!" e eu anotei a dica, mas ainda não tive a oportunidade de conhecer a história do autor. Eu sei que todas as resenha que vejo dos livros dele me deixam BEM curiosa. Uma pena o final não ter te agradado tanto, finais que ficam no "ok" ou que ficam meio decepcionantes acabam a leitura pra mim. Prefiro ler um livro medíocre com um final espetacular do que um livro muito bom com um final chocho.

    Um Metro e Meio de Livros

    ResponderExcluir
  11. Poxa que pena esse desfecho, estava toda empolgada ao ler a sinopse e o início de sua resenha, parece que tinha tudo para ser bom. Do André Vianco li apenas Os Sete e O Turno da Noite.

    umreinomuitodistante.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Ooi
    Que pena que não gostou tanto. :(
    Até que me interessei por se tratar de um tema tão polêmico, mas ainda tem muuuitos na lista de espera haha

    Beijoos!
    www.estantemineira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Poxa, estava com esse livro na minha lista e minhas expectativas eram bem altas! Agora que li sua resenha, ainda vou ler, pois acho a premissa ótima, mas com menos expectativa. rs.

    ResponderExcluir
  14. Ei, tudo bem?
    Já li outro livro do autor e não curti tanto assim. Adorei a premissa desse livro, mas pela ressalvas que você fez, lerei sem expectativas, para que eu não possa me decepcionar muito.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Li algumas resenhas desse livro e a maioria foram negativas. Parece que ficou a desejar em diversas áreas. E pelo que vi em sua resenha, apesar de bem escrita, também não foi tão surpreendente a ponto de adorar a leitura. O interessante que a premissa é boa, tem um bom enredo, mas pena que na prática não seja tudo aquilo que esperamos.
    Quem sabe um dia leio...
    Abs
    Ni
    [Cia do Leitor

    ResponderExcluir
  16. Oii, tudo bem?
    Dizem que esse André Vianco escreve maravilhas, quero muito conhecer o trabalho dele e conferir se gosto realmente.
    Otimo post, Parabéns
    Bjs
    http://leiturasdamary.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Olá!!
    Eu tinha visto o livro mas não tinha lido a sinopse. Não sabia nada dele. Confesso que gostei muito conforme fui lendo, mas as suas observações me fizeram imenso sentido e fiquei meia sem saber se posso gostar ou não. Gosto muito dessa trama de pactos e demônios, mas talvez o personagem pudesse ter mais idade para condizer mais com o contexto, conforme você falou.

    Bjus
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
  18. Olá :)
    Não conhecia o livro mas achei ele bem interessante conforme fui lendo a resenha. Os livros do André Vianco me parecem bem interessantes.
    Abraço
    http://interessantedeler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 

SKOOB

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma