Header Ads

A sensação é uma mentira / Cauê Bueno Marques

 



SENSACIONALMENTEROSO

 

A sensação é uma mentira.

É uma menina.

Não lhe dê ouvidos

que ela não tem.

 

Sensacional é fantasia,

uma linda alegoria

ao que não é

nem vai ser.

 

Senso não é

sensação.

Nunca foi, pois

não se pode ver.

 

Sensível falar assim?

Sente-se porque

todos temos

Sentimento.

 

TÉDIO

 

Eu só quero ser feliz.

Sentir aquele incômodo

gostoso.

Uma insatisfação

reconfortante.

 

A chama da potência

que me estoura,

um mar de eu-farias

represados;

a vida, que chama

e eu pego fogo;

a carne, que droga

e eu fico louco.

 

Eu só quero sentar

pra sentir um nada.

Explodir em silêncio

na minha cadeira.

 

IDEIA

 

A ideia é boa.

Eu sei que é.

Mas por que nas portas

da mente

veio bater?

Cada golpe

violento

na alma

me descontrói.

Com o toque

sutil

da verdade

que me corrói.

 

Sair desse mundo tão vivo

matar um menino...

Sacrifico meus olhos pra ver

o presente trino.

 

Se a ideia é boa,

porque então?

faz sentir-me esquecido

em confusão?

 

Sobre o autor:

 

Cauê Bueno Marques é um autor paranaense de 21 anos, graduando em direito pela UFPR. Tendo começado sua trajetória poética em 2018, aos 17 anos, já possui mais de 170 poemas registrados. Recentemente teve seus trabalhos publicados na edição de julho de 2021 da Revista Trajanos, na coletânea Novos Poetas da editora Vivara e na revista internacional Aster Lit. Tem como redes no Instagram o @indivisiveldualidade e @cauebuenomarques..


Um comentário:

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma