Resenha – Outlander - A Viajante do Tempo




27 fevereiro 2015

Uma guerra pode unir ou separar. Mas o que esperar do fim da guerra? O amor seria capaz de superar anos de batalha e distância? Em Outlander - A Viajante do Tempo, Diana Gabaldon, 800 páginas, Saída de emergência, Clarie e Frank Randall são casados. Separados durante o período da II Guerra Mundial, após o término da guerra, eles tentam se reencontrar no casamento. Eles vivem na Escócia e Frank dá início a uma pesquisa de sua árvore genealógica, Clarie faz passeios pela cidade. Durante esses passeios, ela encontra o círculo de pedras e sua vida muda.

Parecia inconcebível, mas todas as evidências indicavam que eu estava em algum lugar onde os costumes e a política do final do século XVIII ainda vigoravam. Eu teria imaginado que tudo não passava de algum tipo de espetáculo à fantasia, se não fosse pelos ferimentos do jovem a quem chamavam de Jamie.”

Clarie vai parar na Escócia de 1743, um grupo de homens a encontra Esses homens fazem parte de um clã e lá ela usa seus conhecimentos de enfermeira e passa a ser a curandeira do grupo, também conhece James Fraser e se casa com ele. E você se perguntam: mas ela já é casada? Sim, ela é casada no futuro; agora, casou no passado.
O que eu faria no lugar dela? Não sei. A verdade é que torcemos por ela, porém Clarie está confusa com seus sentimentos, e não é por menos. Sem saber se volta para o futuro ou se fica no passado, ela entende que ama dois homens. A história é inegavelmente boa e entusiasmante, tanto que as 800 páginas passaram que nem senti. Confesso que a leitura só ficou mais emocionante depois da página 100.

“Eu posso suportar a dor. Mas não poderia suportar você com dor. Isso exigiria mais força do que eu tenho."

O livro é emocionante e rico em detalhes sobre a cultura local, lógico que respeitando o tempo. Eu ri, chorei, fiquei furiosa, sofri tudo mesclado a ansiedade de saber o que aconteceria com Clarie. Em alguns momentos, tive a sensação que a Guerra preparou Clarie para viver essa jornada. Outra coisa que me cativou na personagem central, foi a habilidade com plantas medicinais. Sério! Adoro isso, até porque sou de família de índios e gosto de estudar sobre a temática. Até tenho um caldeirão de barro que preparo meus chás.


Soube que a autora ganhou prêmios e pondero que foi merecido. O livro virou série de TV e eu preciso ver para ontem... ao todo, Outlander tem oito livros e eu já separei um espaço da estante de livros para a coleção completa. Quem tem medo de livros com muitas páginas, sugiro que se arrisque com A viajante do tempo, pois nem sentirão as páginas passarem e quando a leitura acabar, estarão com uma baita ressaca literária. Não é só a Clarie que viaja no tempo, às vezes, o livro tomou um formato sensorial, capaz de me fazer sentir o cheiro das plantas.


Outro detalhe importantíssimo, que quase deixo passar, seria muito leviano de minha parte, Clarie é uma mulher capaz de se defender, inteligente, livre, mesmo num mundo onde os homens são cruéis e brutais. Uma personagem que é dona aos próprios desejos e que não fica na dependência nenhum, digo isso no sentido de que a protagonista está longe daquelas mocinhas dos romances românticos melosos e chatos que precisam de um príncipe melequento para salvá-las. O século XVIII irá conhecer uma mulher que salva homens! Na verdade, sempre foi assim...  

21 comentários:

  1. Olá,
    Esse livro é IMENSO! Por isso não solicitei da editora, gostaria de conhecer a história, mas sem prazos ou exigências, iria preferir comprar o livro mesmo, rsrsrs. Mas quero ver o seriado também. Adorei a dica!
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oláá
    Ouvi falar muitas vezes no livro, mas só agora vi do que realmente se trata e parece ser lindo e emocionante, se eu tiver oportunidade, irei ler sim, adorei a capa e o tema, sua resenha está ótima.

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Oi Lilian! ;D

    Gente, sou muito doida pra ler esse livro e também assistir a série, mas fico com medo de me decepcionar e o livro é tão caro hahahaha Mas a vontade ficou tão grande, porque adoro viagens no tempo e esses amores assim... Acho que vou começar pela série, ver o que eu acho e daí encarar o livro hahahaha

    Super beijos.
    Renata,
    psychoreader.wordpress.com

    ResponderExcluir
  4. Eu vi a série e amei imagina então se tivesse lido o livro?? a forma como ela se adéqua a nova "realidade" chama muito a atenção principalmente dos homens, pois ela tem um temperamento forte, não se submete e não teme a morte. maravilhosa esta história amiga. bjs

    ResponderExcluir
  5. Esqueci de dizer .. O sapinho da foto da mudando de cor ..ora verde ora preto ..medo ^^ rsrsr
    http://florroxapoemasepoesias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
      A sapinha é meu cofre! :D

      Excluir
  6. Oie
    Já li duas resenhas desse livro e já coloquei na minha lista de leitura, só falta a grana kkkk
    Eu to querendo assistir a serie, falta baixar os EP.

    ResponderExcluir
  7. Já vi algumas resenhas sobre o livro, to morta de vontade de ler.

    Beijos, Ahri.
    http://dois-players.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Lilian estou doida para ler esse livro, só ouvi maravilhas sobre e sobre a Série tambem, pequena que sao caros demais para meu bolso :/
    Mas a esperança é a ultima que morre né?

    beijossss
    http://livrosetalgroup.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Eu sou doida pra ler esse livro, mas
    1 - eu não acho aqui pra comprar;
    2 -é MUITO grande rsrs.
    A série não tenho tanta vontade de ver, mas talvez quem sabe?
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  10. eu tô bem curiosa pra ler Outlander. ou apaixonada por histórias de viagem no tempo e coisas do tipo, 'mal' de historiadora, acho rsrsrs
    legal saber da personalidade da protagonista, gosto de mulheres fortes e decididas. ^^

    ResponderExcluir
  11. Eu tou DOIDA para ler esse livro! Depois da sua resenha, vou colocar na prioridade na lista de compras!
    Não sabia que era uma série, ainda mais com tantos livros! Já foram todos publicados?? (E no Brasil?)

    Infinitos Livros

    ResponderExcluir
  12. Oie, Lilian!
    Minha colunista no blog resenhou a série. Eu gostei muito da sinopse, mas antes tinha altas expectativas porque pensava que tinha bastante fantasia. Agora que vi que trata mais de romance mesmo, fiquei com um pé atrás. A Diana de fato recebeu muitos prêmios e elogios, mas acho que provavelmente assistirei a série e não lerei o livro. Além de ter uma quantidade de páginas considerável, não curto o gênero...
    Com carinho,
    Celly.

    http://melivrandoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Eu acho a capa desse livro linda e a premissa dele também é muito interessante, mas não é do gênero que eu costumo ler e por ele ter uma quantidade grande de páginas eu não sei se arriscaria, sabe? Mas gostei bastante da sua resenha e fiquei contente ao ver que a Clarie é uma personagem determinada e independente.

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Lilia, tudo bem?
    A capa desse livro é simplesmente divina, mas quando eu vejo a quantidade de páginas dá uma dor no coração HUAHAAHAU, brincadeira. Mas assim, eu já li livros bem maiores que essa quantia e eu tenho muita curiosidade com esse livro, também quero assistir a série por conta de várias menções positivas a respeito. Outra coisa que gostei foi a exploração do local, que bom que ele é assim e fiquei super instigado após ler a sua resenha!
    Beijos,
    http://umgrandevicioliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Lilian, Outlander veio para conquistar mesmo. E você ressaltou bem, Claire é uma mulher forte em um ambiente hostil. Gostei dela logo de cara.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  16. Oiie, tudo bom?
    Já ouvi falar muito bem deste livro, inclusive ele está na minha lista há algum tempo.
    Tenho muita vontade de assistir à série, mas quero ler o livro primeiro.
    Um abraço
    Oficina do Leitor / Facebook

    ResponderExcluir
  17. Oii, tudo bem?
    Sempre vejo tantas resenhas positivas de Outlander que quero ler! Mas agora não dá, tenho que esperar diminuir a lista!
    Não sabia que eram 8 livros, espero que a autora mantenha um bom ritmo...enquanto não posso ler a série de livros acho que vou procurar a série na TV!
    Bjs

    http://a-libri.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Oiço falar tantas coisas boas desta série que só me apetece começar já a ver a série de TV! Mas quero muito começar pelos livros... O meu maior problema é que cada livro de Outlander em Portugal custa cerca de 20€ (mais ou menos R$64), o que é mesmo muitooo para um livro! Esta resenha só me fez querer ainda mais a série ahhhh ;) beijinhos*

    ResponderExcluir
  19. Olá, tudo bem? Eu sou louca para ler esse livro!! Todo mundo fala muito bem dele pra mim e tem tudo para me conquistar! Eu sempre quis conhecer a Escócia e adoro histórias de época! Também não vi a série, mas está nas minhas prioridades!!

    Beijos,

    Mari
    cantinhodeleituradamari.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Oi Lilian! Quero muito ler esse livro, já tem o segundo lançado né :) Mas fiquei abismada de saber que são 8 livros no total, afinal os livros já são enormes imagina multiplicar esse monte de páginas por 8 ?? Vish kkk
    Gostei muito da sua resenha e vou dar uma olhadinha na série pra ver se me animo ainda mais :)
    Abraços
    Dezenove Primaveras

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 

Fanpage

Seguidores

Compre aqui

Compre aqui
Livro Mulheres que não sabem chorar

Link Me

Curta também:

Parcerias

De olho

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Google+ Followers

Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, homossexualidade, violência sexual e alcoolismo. A escritora mantém um blog literário e está sempre bem informada sobre questões sociais que acontecem em nosso país. É defensora da tese de que todos são diferentes e merecem ser tratados com equidade. Ela adora escrever sobre temas que incomodam e diz não ter medo do preconceito. Trabalha no movimento social e acredita que a educação é capaz de trazer mudanças significativas ao país.

Siga-nos por e-mail

Copyright © 2015 • Poesia na alma