Releituras - Círculo de Xamãs




24 junho 2015

Dialogar com o xamanismo surgiu com o intuito do resgate ancestral. Mas, com o tempo, isso não foi suficiente, queria mais. E quando os estudos reproduziram o que almejava e abriu portas para outras possibilidades, entendi que aquele era o caminho.
O que fez com que mudasse meu estilo literário que abordasse a temática, fiquei mais exigente, precisava de algo com pesquisas fundamentadas que fugissem de um perfil de ‘achismos’. Nesse contexto, me indicaram Círculo de xamãs, de Olga Kharitidi, 223 páginas, Editora Rocco.

A princípio, causou-me estranheza dada as fontes de inspiração da obra, mas em poucas horas já havia compreendido o recado. Apesar de o livro ser curto, eu o li em dez dias, algo que faria em um. Senti muito sono e consequentemente frustração, a verdade é que saía de minha zona de conforto pelos sonhos.

Jung diz que que cada sonho é único, como nosso DNA, e trazem elementos de nossa psique ou de nossa memória do arquétipo coletivo. Um contato dos arquétipos com a consciência. Os arquétipos são conjuntos de imagens primordiais, que são acumuladas de forma repetitiva e progressiva, nas experiências por gerações.
Resumindo, fiz uma ‘leitura sonhada’. O que não foi diferente na releitura, que por sua vez, torna o livro tão especial para mim. Não nego que senti incomodo, lógico, afinal tinha objetivos que não eram de entretenimento. São materialização informativas que me empoderem enquanto mulher, isso significa reconhecer minhas raízes.  
A história de Olga Kharitidi funciona também como um relato de como se apoderou de si mesma pelo xamanismo. Sua abordagem biomédica ficou mais humana e sensível; o espírito humano não seria mais desvinculado de suas relações.



Círculo de xamãs é um livro para pessoas curiosas, que gostam de ler sobre espiritualidade e de coração aberto. Não tem como dizer muito, pois acredito que já perceberam ser uma experiência bastante íntima, que certamente uma postagem não a refletiria, pois, desde a primeira leitura, os sonhos ainda ecoam em minhas mente, corpo e alma. 

19 comentários:

  1. Oiiiii.
    Sinceramente não é um livro que eu leria, não faz meu gênero, mas gostei da sua resenha :D
    Tem livros que no inicio fazem nos sentir sonolentas mesmo e isso é muito chato né? Mas fico feliz que tenha valido a pena para você :D
    Beijos

    http://colecoes-literarias.blogspot.com.br/2015/06/para-refletir-o-pequeno-e-importante.html

    ResponderExcluir
  2. Oi Lilian, adoro livros que trabalham a espiritualidade e achei este que você apresentou muito interessante. Realmente, livros assim trazem uma experiencia bem intima, e mesmo que você conseguisse colocar em palavras tudo o que o livro te proporcionou, não seria igual para a minha leitura ou de outra pessoa. Fiquei curiosa para saber mais da história de Olga e quem sabe leia este livro em breve.
    Beijos
    Carol
    www.sobrevicioselivros.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?
    Confesso que não sei se leria. Ainda mais você dizendo que demorou tanto para ler.
    Mas de qualquer forma vale a dica para quem se interessar.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Olá! Acho que esse livro não faz muito o meu tipo, mas é sempre bom estar aberta para novas leituras!
    Bjs
    Ameninqueliaa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olha que interessante, não sou muito adepta a esse tipo de leitura, mas já me aventurei em um livro do Dalai Lama é bem relaxante e faz nós pensarmos muito.
    Boa sorte com as suas leituras flor.
    http://k-secretmagic.blogspot.com.br/
    Xoxo

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Achei o livro bem interessante, mas confesso que não o leria. Não gosto de ler sobre o tema, prefiro ficar mais na ficção mesmo, mas gostei da sua resenha e achei bem legal essa coisa de achar que cada sonho é único, bem interessante!
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  7. Fiquei bem curiosa com o livro. As experiências que você disse ter com os sonhos me impressionaram bastante. O vídeo é maravilhoso, Lili. Adorei.

    ResponderExcluir
  8. Gostei bastante da sua resenha, mas não leria o livro.
    Não é um tema que eu goste de ler.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  9. Olaaa
    Bem interessante o livro e a premissa mas acho que nao é algo que leria, pelo menos nao por agora pois realmente nao faz meu gênero, otima dica.

    Beijos
    Reality of Books

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Esse tipo de livro não faz muito meu estilo. Espiritualidade é algo muito pessoal e ler sobre isso me incomoda porque muitas vezes não podemos discutir certos pontos com o autor e isso é frustrante.

    Beijos
    http://www.breakingfree.blog.br/

    ResponderExcluir
  11. Apesar de não ser meu tipo de livro eu super leria, até pra me aprofundar mais no assunto e mudar um pouco de ares. Adorei a resenha, ficou ótima! E isso sobre cada sonho ser único, como nosso DNA... Concordo firmemente <3
    Beijoos
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Achei sua resenha um tanto quanto curiosa. Você conseguiu transmitir o que foi a leitura para você. E o fato que você disse de a leitura ter sido "sonhada", desperta mais ainda o interesse, apesar de não ser o tipo de leitura que me agrada.
    Adorei!
    Beijos.

    Li
    literalizandosonhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Bom dia,

    Não conhecia o livro e apesar de interessante não faz meu gênero, mas fico feliz que tenha gostado da leitura...abraço.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oi flor, não conhecia o livro e nunca li nada nesse tema e até que fiquei bem curiosa. Estou agora tomando coragem de ler livros de romances espíritas e tal, e esse com essa espiritualidade e profundidade eu leria sim.

    bjs

    ResponderExcluir
  15. Oi Lilian, tudo bem? Bom, o livro não faz muito meu estilo, mas parece ser interessante. E que bom que mesmo sendo uma leitura um pouco complicada, você não desistiu dela.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  16. Olá Lílian, como você disse o livro realmente parece ser uma experiência interessante! gostei demais da sua resenha, confesso que é uma leitura que sairia da minha zona de conforto, mas acho que valeria a pensa sim!

    Parabéns pela resenha! <3

    ResponderExcluir
  17. Lilian, esse eu vou anotar, pois não conhecia. E fiquei curiosa devido tudo que você falou, das suas experiências, quase que transcendentais, eu diria.
    É gratificante, quando um livro nos pega assim.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Ola lindona livro mais que anotado adoro o tema espiritualidade e toda leitura estou sempre de coração aberto a grandes aprendizados. Tenho certeza que vou amara o livro. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  19. Oii
    Confesso que não é o tipo de livro que eu leria, pois não está na minha zona de conforto nem nada do estilo, porém as suas experiencias me deixaram interessadas e curiosa quanto ao conteúdo do livro. Anotei a sua dica.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 
Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, gênero, violência sexual, alcoolismo, etc. A escritora mantém um blog literário e trabalha com educação.

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma