Resenha - Contos de Fadas Norte-Americanos




13 abril 2016

O que acontece quando queremos mais que podemos ter? E quando prometemos aquilo que não temos? Quando a ganância capital é nosso eixo sustentador da vida? Ou quando a tolice faz com que queiramos dominar o tempo?


‘Sinopse: L. Frank Baum é autor do famoso Mágico de Oz. Este é outro livro seu que também encanta pelas histórias surpreendentes, pelo humor e fantasia que nelas se acham perfeitamente conjugados. É o caso do conto “A captura do Pai-tempo”, uma história maravilhosa na qual um menino caubói prende com seu laço o Tempo. O mundo todo para de movimentar-se, e os acontecimentos que sucedem são repletos das ações e aventura que o menino leva avante para brincar com o seu prisioneiro e com as pessoas da cidade onde ele vive. Os demais contos, doze ao todo, possuem o mesmo ritmo aventuroso e mágico e surpreenderão tanto   as crianças quanto os adultos.’

O livro do famoso escritor do Mágico de Oz vem para surpreender o mundo infantil. Com doze contos intitulados por: O baú dos ladrões; O cachorro de vidro; A rainha; A garota que ganhou um urso; As letras encantadas; O hipopótamo risonho; Os bombons mágicos; A captura do pai-tempo; A bomba maravilhosa; O manequim que ganhou vida; O Rei dos Ursos Polares e, por fim, O Mandarim e a Borboleta.

Cada conto tem sua peculiaridade e todos surpreendem, pois o ato de ludibriar o leitor é a grande mágica. É um daqueles livros que vale a pena rir, discutir e ler junto! Os contos que mais gostei foram: O cachorro de vidro; A rainha; O hipopótamo risonho.
Como são vários contos, vou falar sobre um, O cachorro de vidro: que conta a história de um vidraceiro, que não gostava de ser incomodado, e um velho soprador de vidro, que vivia com dores reumáticas. Cansado de ter que ajudar as pessoas, o Feiticeiro procurou o Soprador de vidros em busca de ajuda.
O soprador de vidros prometeu um cachorro “de vidro” caso o Feiticeiro o ajudasse com as dores reumáticas. E assim foi feito! O feiticeiro criou a porção que curava tudo e o Soprador, o cachorro! Mas não muito satisfeito com o fato de ficar curado das dores reumáticas o Soprador queria mais... e é ai que a história começa a cria vida... Sabendo que a moça mais rica da cidade estava prestes a morrer de alguma doença sem cura, o Soprador levou-lhe a porção mágica em troca de casamento, mas, dessa vez, foi enganado e a donzela assim que se viu curada, deu-lhe um chute na bunda, pois o considerava feio. Não satisfeito, o Soprador consegue uma nova porção para torna-se bonito, mas cuidando apenas da beleza externa, tornou-se o homem mais bonito, e também o mais infeliz. Quanto ao Feiticeiro ainda encontra-se incomunicável e resguardado pelo cachorro de vidro...
Contos de Fadas Norte-Americanos possui 120 páginas e é um convite para uma leitura calma e agradável. Segundo o autor “Meus livros são destinados a todos aqueles cujo coração é jovem, não importa qual seja a idade que tenham.”

Por Lilian Farias

8 comentários:

  1. Este livro parece muito legal, quero ler! *-* Adoro contos de fadas, desde pequena sempre amei livros assim!
    Bjus
    Paty Algayer - http://www.magicaliteraria.com/

    ResponderExcluir
  2. Oie...
    OMG... Que livro é esse?
    Primeiramente queria dizer que não o conhecia e ao saber que é do mesmo escritor de O Mágico de OZ fiquei super empolgada pra ler.
    Já está nos desejados rsrs...

    ResponderExcluir
  3. Oi Lilian, sua linda, tudo bem?
    Amei!!! Amei!!! Nunca vi esse livro e ele é a minha cara, não curto muito ler livros de contos, mas não me importo, esse é de contos de fada, e logo de quem, OMG!!! Adorei as mensagens e a forma como inciou sua resenha, ficou perfeita!!! Adorei sua resenha e não vejo a hora de ler o livro.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oiii Lilian, tudo bem?
    Que encanto este livrinho, sou completamente apaixonada por contos de fadas, então acredito que já tenha dominado meu coração inteiro hahahahaha ainda mais com essa sua resenha<3
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Oi Lilian, parece ser um livro bastante interessante, não costumo ler contos, mas histórias no estilo desses livros me encantam, vou até procurar para comprar e ler

    ResponderExcluir
  6. Confesso que assim que coloquei o olho na capa não fiquei com vontade de ler, mas depois de saber que se trata de um livro de contos e é do autor de mágico de oz, já vi com outros olhos a obra em si. rsrs Quero conferir!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Lilian, tudo bem?
    Tá aí um livro que não conhecia, mas que me deixou curiosa por vários motivos. Primeiro, eu adoro contos. Segundo, adoro quando um livro me proporciona diversas emoções. É um livro bem curtinho, mas ótimo né? Bem, vou anotar a dica e ler mais para frente, porque com TCC não tô conseguindo ler tudo que quero.

    Beijos,
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Lilian!
    Adorei saber sobre esse livro que ainda não conhecia, principalmente por saber dos toques de humor. Achei mágica a descrição do livro também, só o fato de o cara ser um soprador de vidros já nos faz imaginar uma mágica mesmo!
    E fiquei curiosa pela porção que cura tudo! Será que vai curar o reumatismo dele???
    Fiquei feliz em saber que a leitura é calma e agradável, vou procurar para ler.
    Beijos!

    Karla Samira
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 

Fanpage

Seguidores

Compre aqui

Compre aqui
Livro Mulheres que não sabem chorar

Link Me

Curta também:

Parcerias

De olho

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Google+ Followers

Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, homossexualidade, violência sexual e alcoolismo. A escritora mantém um blog literário e está sempre bem informada sobre questões sociais que acontecem em nosso país. É defensora da tese de que todos são diferentes e merecem ser tratados com equidade. Ela adora escrever sobre temas que incomodam e diz não ter medo do preconceito. Trabalha no movimento social e acredita que a educação é capaz de trazer mudanças significativas ao país.

Siga-nos por e-mail

Copyright © 2015 • Poesia na alma