Resenha - Outro Conto Sombrio Dos Grimm




05 junho 2016


Outro Conto Sombrio dos Grimm, de Adam Gidwitz, 347 páginas, Galera Júnior, é parte de uma coleção (JESUS, PROTEGE MEU BOLSO) de releituras de clássicos infantis pelo autor Adam Gidwitz.

Antes de qualquer coisa, eu preciso dizer que sou uma aficionada por contos de fada. Não importa quem tá editando, retraduzindo ou remodelando, eu quero. Quer dizer, não dou muita trela pras leituras da Disney, mas enfim. Se está falando de Perrault, Grimm, Christian Andersen, ou, melhor ainda “CONTO TRADICIONAL DE AUTOR DESCONHECIDO”, eu vou querer. E vou chorar (MUITO) se não conseguir um exemplar pra mim.
De modo que esta é a resenha mais parcial da face da Terra, obrigada, de nada.
Isso posto, vamos aos fatos: é um livro lindo.
Claro, que eu poderia ser infinitamente mais feliz se as ilustrações ocupassem umas duas páginas cada, mas eu aceito que elas estejam apenas emoldurando cada início de capítulo.
 E, é lógico, as referidas imagens  são lindamente sombrias.




Agora, sobre a história, não pense você que vai ler João e o Pé de Feijão, exatamente como conhece.
Baseado em vários contos populares, Adam escreve sua própria história sombria, sob a ótica de um narrador ácido, onipresente e que interrompe a narrativa a todo momento para deixar sua própria opinião registrada, como Lemony Snicket em “Desventuras em Série”.
Adam é realista e ácido como “comentarista”, mas ainda sem conseguir destruir a magia e encanto da história.
Todo tipo de coisas ruins e sombrias acontecem aos protagonistas João e Jill, mas ainda assim eles alcançam seu final feliz.
Achei bem bacana como a história foge do estereótipo de conto de fada açucarado, mas ainda mantendo a mágica de duendes e corvos falantes e finais felizes.

Sombrio e mágico na medida, não tem como não se apaixonar.


7 comentários:

  1. Velho, eu não sou muito de ler livros de contos de fadas, sou mais de assistir aos filmes animados com a galera aqui de casa, mas esse livro eu li semana passada e foi tipo FODA. adorei a forma com que cada conto se entrelaçava com o outro e dava a continuidade bacana das histórias. O narrador foi tipo, muito engraçado, deu altas risadas com os comentários dele. Quero e preciso ler o primeiro livro dessa coleção.

    bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi, como vai?

    Gostei bastante da sua resenha e a capa ficou do livro lindíssima no laranja e preto. Li muitos livros infantis, mas confesso que um tempo faz, sei lá, foi acontecendo automaticamente. Esse livro até me interessa pelo fato de eu ter ficado curiosa e me perguntando. “um livro para um público infantil sombrio?” já que muitos adultos evitam esses gêneros de livros e filmes por serem sangrentos, assustadores, e por ficarem com medo depois, agora imagina as crianças?! Como disse: quero ler, para tirar minhas próprias conclusões. Fico feliz que você tenha gostado da leitura. Obrigada pela dica!

    http://www.cristinadeutsch.org/
    Saudações literárias.
    Beijos no ♥

    ResponderExcluir
  3. ah, Amanda
    tu sabe que curto contos de fadas, então isso já basta pra querer ter o livro e curtir as histórias dele :D
    a capa está bonita, apesar de não curtir essas capas nesse estilo... assim que der, lerei...
    ^^

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Serio, que capa maravilhosa, a diagramação é tão boa, que só por ela compraria o livro. Eu estou me perguntando como esse livro de tantas coisas diferentes conseguiram se encaixar e ficar uma leitora boa para ler. Confesso que estou curiosa, o teu entusiasmo foi tão grande, que literalmente me contagiou.


    Bjiinhooos.
    Oxente, Leitora!

    ResponderExcluir
  5. Eu ainda não conhecia esse livro e confesso que fiquei extremamente curiosa. Quero muito ler, espero ter a oportunidade em breve
    Beijos

    http://blog-myselfhere.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Capa linda e história interessante, além de uma boa resenha.
    Adoro conto de fadas!
    Beijos,
    Layane Machado.

    ResponderExcluir
  7. Oiee Amanda, tudo bem ctg? Eu adorei tua resenha! Me arrependi de não ter solicitado ele :/ Mas espero ter a oportunidade de vir a fazer a leitura e gostar, pois apesar de não ser muito fã de contos de fadas e releituras eu me sinto bem atraída por esses livros.
    Beijos

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 

Fanpage

Seguidores

Compre aqui

Compre aqui
Livro Mulheres que não sabem chorar

Link Me

Curta também:

Parcerias

De olho

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Google+ Followers

Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, homossexualidade, violência sexual e alcoolismo. A escritora mantém um blog literário e está sempre bem informada sobre questões sociais que acontecem em nosso país. É defensora da tese de que todos são diferentes e merecem ser tratados com equidade. Ela adora escrever sobre temas que incomodam e diz não ter medo do preconceito. Trabalha no movimento social e acredita que a educação é capaz de trazer mudanças significativas ao país.

Siga-nos por e-mail

Copyright © 2015 • Poesia na alma