Resenha - A longa e sombria hora do chá da alma




16 novembro 2016


Se engana quem acha que o livro A longa e sombria hora do chá da alma, de Douglas Adams, Editora Arqueiro, é uma narrativa cotidiana e leve. Eu. (Risos). É uma narrativa com suas levezas, porém, nada corriqueira.

Kate Schechter, uma apaixonada, Dirk Gently, um detetive falido e Thor, um deus. O que esses três têm em incomum? Procuram respostas. Kate estava no lugar errado, na hora errada, ela deveria ter se esquivado desse velho clichê, mas seguiu em frente ao invés de recuar e entrou em uma estrada onde o surreal e a lógica andam lado a lado.

Kate mesmo tendo avisos frequentes do destino para não viajar, vai em frente e presencia um estranho ataque no aeroporto e resolve tentar descobrir o que realmente aconteceu. Enquanto Dirk tem seu cliente brutalmente assassinado. Eventualmente, o caminho de Kate e Dirk se cruzam e o dela com o de Thor também.

Um livro filosófico, brilhante, bem-humorado e cheio de imaginação com questionamentos que até os deuses sentem dificuldade de responder, afinal, são tempos difíceis tanto para os sonhadores quanto para os deuses, pois a humanidade anda descrente, desacreditada de dias melhores. Estamos “todos” em crise existências, à procura de um bocadinho de paz, mas essa longa e sombria hora do chá da alma que não acaba nunca.


"Uma vida que carrega o fardo da expectativa é uma vida pesada. Os frutos são a tristeza e a decepção. Aprenda a abraçar a alegria do agora"

 Resenha por Magali Polida

Sobre mim? O céu. Mesmo quando poluído. Enquanto os pulmões das aves aguentarem, também permanecerei esperançosa de um dia olhar para o céu sem ter os olhos irritados e o coração aflito.

Escritora, poetisa, pedagoga, artista plástica, poetriz, artesã e meus interesses pessoais são público desde o meu nascimento, em 1981, na cidade de São Paulo. Moro em Pernambuco e considero-me cidade pernambucana. Autora do livro A menina do panapaná e Bichomemulher.

10 comentários:

  1. Olá.
    Gosto dos livros do Douglas Adams, sou Nerd de carteirinha heheh
    Sempre tem algo a mais por trás da narrativa e sim, cheio de de imaginação e questionamentos. Que bom que vc gostou tb.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Oi Magali!
    Não conhecia o livro, mas tua resenha me deixou super curiosa para realizar a leitura. É sempre bom quando encontramos um livros que nos impõe questionamentos. Dica anotada ;) bjo

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Nossa eu me sinto a por fora por não conhecer a escrita do Douglas Adams haha ainda espero mudar isso rapidamente, mas não sei quando. Gostei bastante da sua resenha!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Essa nova "série" que a Arqueiro lançou tá bem legal. A escrita do Douglas é diferente, um pouco viajada, mas é bem gostosa de ler.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  5. OOi!
    Nunca li nada do autor, e nem tinha muito interesse, mas gostei da premissa desse livro. Dica anotada! Ótima resenhaa!

    ResponderExcluir
  6. Olha que interessante !!! Estou curiosa pra ler esse livro !!!
    Já está anotado, será uma das minhas próximas leituras !!!
    super bjooooooo

    ResponderExcluir
  7. ainda não tive a oportunidade de ler, mas gostei muito da resenha, quem sabe ano que vem eu inicie a leitura

    ResponderExcluir
  8. Olá Magali! Que resenha mais top! Achei interessante a forma que você abordou o tema deste livro. Gostei demais. Ainda não tinha me interessado, confesso, mas coloquei aqui na minha lista de desejados. Quero saber mais um pouco sobre ele!

    Valeu pela dica!

    ResponderExcluir
  9. Gostei! me deixou bastante curiosa sobre o encontro entre os dois personagens. Fora o Thor hahahahaha
    tem um pouquinho de romance? é que eu preciso disso pra viver hahahaha
    gosto muito do autor, seu sucesso com OGDMDG foi merecido, já que a série é fantástica. Espero que este seja também.
    beijos, isa

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 

Fanpage

Seguidores

Compre aqui

Compre aqui
Livro Mulheres que não sabem chorar

Link Me

Curta também:

Parcerias

De olho

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Google+ Followers

Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, homossexualidade, violência sexual e alcoolismo. A escritora mantém um blog literário e está sempre bem informada sobre questões sociais que acontecem em nosso país. É defensora da tese de que todos são diferentes e merecem ser tratados com equidade. Ela adora escrever sobre temas que incomodam e diz não ter medo do preconceito. Trabalha no movimento social e acredita que a educação é capaz de trazer mudanças significativas ao país.

Siga-nos por e-mail

Copyright © 2015 • Poesia na alma