Conheça a Mariposa Cartonera - uma editora sustentável




18 julho 2017



O Mariposa Cartonera é um coletivo artístico-editorial, iniciado em agosto de 2013, cuja proposta é publicar literatura de qualidade a baixo custo para fazer os livros circular, envolvendo setores fragilizados da sociedade no processo de produção, baseado em princípios da economia solidária, da sustentabilidade e comércio justo.
Vemos a literatura também como uma forma de intervenção política e o coletivo tem um forte compromisso com causas ligadas aos direitos civis. Publicamos antologias como Coque (R)Existe e Inquebrával: Estelita para cima, que envolveram dezenas de autores em torno dos movimentos sociais.
Realizamos várias co-edições com outras editoras cartoneras no mundo, como La Sofía Cartonera (Córdoba, Argentina), Malha Fina Cartonera (São Paulo, Brasil), Cosette Cartonera e Kartocéros Éditions (Clermont-Ferrand, França), e ministramos oficinas para incentivar a criação de selos pelo Brasil e pelo mundo.


MARIPOSA RECEBE INÉDITOS ESCRITOS POR MULHERES

Parte do barato de editar literatura contemporânea é a possibilidade de descobrir textos que estavam guardados a sete chaves por seus autores e que mereciam ser compartilhados com o mundo. Normalmente vamos atrás do que queremos publicar diretamente e não abrimos chamadas para originais. Não é por nada: simplesmente temos pouca capacidade de ler tudo o que chegaria pela internet, essa cachoeira.

Consideramos que publicar é apropriar-se do discurso e o movimento cartonero nos ensinou que é importante cada vez mais quebrar os discursos hegemônicos do mercado editorial e sua lógica que impõe parâmetros de produto ao artefato cultural que chamamos livro; lógica que parece homogeneizar as prateleiras, esterilizar a criatividade e a invenção, mutilar a ousadia. Não temos nenhum interesse nessa lógica.

Por isso, este ano decidimos abrir mais uma vez a janela para os originais entrarem. Queremos publicar livros de poesia ou ficção escritos exclusivamente por mulheres, incluindo mulheres trans. Não chamamos de “literatura feminina” porque é só mais um rótulo das gôndolas. Diz muito pouco sobre a realidade de cada mulher que escreve. Escrita por mulheres, sim, porque elas têm muito, muito a dizer. E nós queremos ler. Agora.
inscrição até - 30 de julho de 2017

Saiba mais aqui


Compre um livro  na lojinha e apoie o projeto


Sinopse: Segredos de uma cidade que se ergue monstruosa a partir dos interesses privados, uma crítica mordaz a uma violenta sociedade sem memória, personagens auto-encarcerados pelo individualismo. Todos são temas que surgem das páginas de Wroclai, novo livro de contos do escritor Everardo Norões, uma verdadeira sinfonia em três atos sobre as contradições do homem contemporâneo.
O livro sai pela Mariposa Cartonera em edição artesanal, com capas feitas em parceria com Paulinho do Amparo e design gráfico de Patrícia Cruz Lima, será lançado no próximo dia 16 (quinta), a partir das 19h, na Arte Plural Galeria, juntamente com o volume “Melhores Mangas”, livro de poesia publicado pela Confraria do Vento, editora com quem venceu o Portugal Telecom com “Entre moscas”. Na ocasião, haverá uma apresentação dos livros por Fábio Andrade e Wellington de Melo.


sinopseNesta historieta real em 10 capítulos, Marcelino Freire nos apresenta uma narrativa ágil e com todos os ingredientes dos melhores contos. Fabiano está só no apartamento. Só não: divide o apartamento com Mentira, a gata com quem sua mãe o deixou antes de partir para a Itália, lugar para onde ele sempre quis ir, com um namorado que conheceu no Facebook. Fabiano não está muito feliz. Mentira vai descobrir isso em breve.





sinopse: 1970. O Brasil vive o período mais sombrio da Ditadura Militar. Dois irmãos gêmeos tomam caminhos diferentes: enquanto um entra para as forças armadas, o segundo passa a ser militante contra o regime. Após a prisão do segundo, a Voz do Brasil passa a ser o único contato com o mundo exterior e a sanidade do prisioneiro, submetido a todo tipo de tortura, está por um fio. Na novela de Wilson Freire, um exercício estético de linguagem, numa narrativa com reviravoltas e jogos que prendem o leitor até a última página. Com ilustrações de Germano Rabello e caricatura do autor feita por Miguel Falcão.

14 comentários:

  1. Oie, tudo bom?
    Que projeto bacana, não conhecia! É uma excelente ideia, principalmente pra podermos valorizar mais nossa literatura e os milhares de autores que existem, sem condições de publicarem seus livros... Adorei! Otimo post!
    Beijos,
    Yasmim.

    Blog: http://literarte.blog.br/

    ResponderExcluir
  2. Boa noite, muito interessante a iniciativa, parabéns e muito sucesso para o projeto.

    ResponderExcluir
  3. Ah que editora incrível menina, ainda mais sobre o objetivo dela, de ser sustentável e levar essas belezinha para outras pessoas, fiquei bem interessada por a unica voz, ótima divulgação e desejo muito sucesso.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Ola !
    Você sempre trazendo novidades que ainda não conhecia como essa Editora.
    E as sinopses dos livros me pareceram bem interessante!
    Ibrigada por isso e vou fivar de olho!

    ResponderExcluir
  5. Olá tudo bem?
    Que bacana a ideia da editora ainda não a conhecia mas adorei as sinopses e irei dar uma procurada.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Desconhecia o projeto, mas achei a proposta bem interessante e uma forma muito válida de apoiar a literatura de maneira a dar mais oportunidades aos autores.
    Infelizmente não estou podendo gastar absolutamente nada senão com certeza iria colaborar com o projeto.

    LEITURA DESCONTROLADA

    ResponderExcluir
  7. Oiê!!
    Não conhecia essa editora, mas achei a proposta dela incrível!! Infelizmente, são bem poucas as editoras que realmente se preocupam em valorizar autor, obra e leitor, a grande maioria só valoriza o lucro, o que é muito prejudicial para as outras três supracitadas partes.
    Vou pesquisar mais a respeito dela!!

    ResponderExcluir
  8. geeente,fiquei super empolgada com essa editora e sua proposta...na linha under/marg mesmo <3 hahahahah
    legal que ela vai de encontro ao lugar comum das publicações recentes que vemos por ai...
    <3

    ResponderExcluir
  9. Uau!, que proposta mais interessante a deles. Não sei como funcionam as questões contratuais, mas por esse discurso eu achei algo muito bom para a literatura e para as mulheres.

    ResponderExcluir
  10. Oi Lilian, que ideia maravilhosa, não t como não tirar o chapéu para esta editora, que aliás eu não conhecia. Um grande sucesso para ela.
    Bjs Rose

    ResponderExcluir
  11. Uma ideia muito boa e útil, ótimo post, não sabia disso. Lindo blog, já estou seguindo.

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
  12. Oieee fiquei super feliz em conhecer esse projeto/editora e já vou falar para alguns amigos escritores que com certeza irão gostar também! achei a ideia maravilhosa e espero que tenha bons frutos.

    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem? Gente que editora mais linda. E mais bacana ainda a forma que publicam. Não a conhecia e por isso estou bem impressionada por esse trabalho. Adorei e irei acompanhar mais sobre eles.
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Oie
    que legal a novidade, ainda não conhecia mas ja estou apaixonada, espero que seja um sucesso, muito linda

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 
Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, gênero, violência sexual, alcoolismo, etc. A escritora mantém um blog literário e trabalha com educação.

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma