Header Ads

Resenha – @invernoemsaturno: A gravidade que é a poesia





Davi Melo, em @invernoemsaturno: A gravidade que é a poesia, Editora CeNE, brinda o leitor com textos livres, juvenis que tratam do amor e saudade com sensibilidade e emoção.

o amor é como um
filme de romance na TV.
há cores.

Entre micropoemas e crônicas curtas, Davi desnuda sentimentos aparentemente simples, mas imensos para quem vivencia, longo como o inverno.

faz tempo que não
recebo tua chamada.
a chama do teu corpo
não me chama mais.

A paixão na chama de corpos que não se reconhecem mais ou o desejo de encontrar um amor que fique, conheça nossas imperfeições e nos ame justamente por isso como um vaso com rachaduras que é belo justamente por suas rachaduras. Então é preciso ter calma para que essa pessoa ‘faça morada em seu coração’.



Outro ponto de destaque no livro é a arte que dá movimento às poesias e faz saturno tão próximo que até as estrelas nos abraçam. “e para os dias/ que faltam abraços/ um livro de poemas/ embaixo do braço.

7 comentários:

  1. Olá, tudo bem? Eu tive a oportunidade de ler esse livro há pouco tempo e simplesmente amei, pois é simplesmente incrível a forma como o autor fala dos sentimentos. Adorei tua resenha!

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  2. Costumo dizer que esse tipo de livro é para se ter na cabeceira. Gosto de poesias, ainda que curtas e livres, se ela conecta com a minha alma eu guarda no coração e pelo pouquinho que mostrou destes textos eles tem tudo para fazer morada em mim. Então é dica anotada.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?

    Poxa, adorei a capa do livro, é tão simples e ao mesmo tempo tão profunda. Gostei muito do que falou, me deixou com muita vontade de ler o livro.

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem? Eu ainda não tive a oportunidade de realizar a leitura desse livro mas, acho que a história é muito bonita e, merece ser lido um pouquinho todos os dias! Não tenho costume de ler poesias mas, quero muito adquirir o hábito esse ano. Dica super anotada.

    Beijos e Abraços Vivi
    Resenhas da Viviane

    ResponderExcluir
  5. Oii, que livro fofo, adorei a obra, e ilustrações, quero muito ler mais livros do gênero, poesia é uma das categorias que preciso ter mais contato, bjos

    ResponderExcluir
  6. tode vez que vejo essa capa acho bem meiga, e quando vi a primeira vez a capa ja me deu vontade de ler, acompanhando sua resenha fiquei bem curiosa porque me parece tão fofo, tão encantador que já quero.

    ResponderExcluir
  7. Olá!

    Minha Nossa, que livro mais amorzinho! Deste a capa, até a edição. Fiquei realmente encantada, porém, não consigo me apegar em leituras de poemas sabe. O que é uma pena, pois quem perde sou eu.

    Beijos

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma