Header Ads

6 comentários:

  1. Olá!! :)

    Enfim... De facto, é triste o resultado advindo da generalização da criminalidade e, acim a de tudo, da facilitação do porte de arma...

    Acreditanto na arma, o massacre acontece...

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  2. Impressionante como em poucas palavras se fala muito. Acho interessante como a poesia concreta consegue unir o visual ao significado do texto. Eu não conhecia esse poema nem a Germana Zanettini e achei o tema atual e o que ela escreveu é a mais pura realidade, uma pena que existam pessoas tão cegas ao ponto de não enxergar essa verdade.

    ResponderExcluir
  3. Adoro esse tipo de poema: poucas palavras, muitos significados.
    E quando se vê que o povo começa a se alienar com discursos longos e vazios que não dizem nada...
    Bjos
    Lucy - Por essas páginas

    ResponderExcluir
  4. Olá, uma triste realidade, um grande engano: crer na arma para proteção quando ela só traz morte.

    ResponderExcluir
  5. Olá

    Uma arma - de fogo - na mão de qualquer pessoa é um risco à toda a sociedade e quando damos como sendo "proteção", reforçamos mais ainda a ideia de "justiça" com as próprias mãos.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Gente esse blog está ganhando um lugarzinho especial em meu coração, poucas palavras tantas reflexões, as coisas nos dias de hoje estão tão difíceis, triste essa discussão sobre armas que nem deveria existir, porque ao me ver violência é algo que deve ser banido de nossa sociedade seja ela qual for sempre será uma derrota optar por violência!

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma