Header Ads

eu sinto que você é a pessoa

The Lovers - Konstantin Somov (1933)




Pode parecer promessa,
Mas, eu sinto que você é a pessoa
Mais parecida comigo que eu conheço,
Só que do lado do avesso.

Pode ser que seja engano, bobagem ou ilusão,
De ter você na minha.
Mas, acho que com você,
Eu me esqueço, e, em seguida, eu aconteço.

Por isso, deixo aqui meu endereço.
Se você me procurar eu apareço.
Se você me encontrar, te reconheço.

(Alice Ruiz e Ceumar)

9 comentários:

  1. oi!
    voce escreve muito bom, a poesia ficou ótima.

    Silviane, blog Memento Mori • @kzmirobooks

    ResponderExcluir


  2. Olá!
    Bom, eu não sou uma leitora de poesias então não tenho como fazer uma analise do texto, apesar de ter achado muito bonito e romantico e que é ótimo para mandar para alguém que se ama.

    ResponderExcluir
  3. Olá, costumo apreciar poesias e textos do gênero, mais confesso que não leio muito esse tipo de conteúdo, gostei das palavras citadas, e do sentimentos demonstrados através delas, achei o post simples mais rico em sentido.

    ResponderExcluir
  4. nossa que profundo.
    Me lembrou de um amor que eu tive e que acabou não acontecendo, enquanto eu lia, me veio muito na cabeça as coisas que passei com essa pessoa, que lindo!
    Incrível o poder que a poesia tem! Adorei!

    ResponderExcluir
  5. Achei tão interessante "eu sinto que você é a pessoa mais parecida comigo só que do avesso", a gente costuma achar pessoas assim né? Que são nosso exato oposto e as chances de não dar certo são grandes, mas quando dá, é pra valer. Gostei muito do texto!

    ResponderExcluir
  6. Adorei o poema.
    Achei-o extremamente profundo, intenso, puro e bem escrito.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  7. Olá,
    Que legal as rimas, eu não entendo muito de poesia mas gosto de ver a combinação das rimas. Gostei principalmente da última estrofe.

    Debyh
    Eu Insisto

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem? Ahhh, eu adoro a Ruiz! Na faculdade, peguei uns livros dela pra ler, porque tinha lido "Toda poesia", do Leminski. O que mais gosto na literatura dela é a simplicidade. Gostei demais deste, não lembro se já o li (faz muito tempo hehe). Obrigada por sempre compartilhar poesia por aqui, amo!

    Love, Nina.
    www.ninaeuma.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Que lindo! Eu ainda não conhecia a Alice Ruiz e simplesmente adorei esse poema, quero ler mais coisas dela.

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma