Header Ads

Resenha – Cozinha Vegana

 



Tive o prazer de ler Cozinha Vegana -  para quem quer ser saudável, de Gabriela Oliveira, Editora Cultrix. Mas, além de ler, materializar algumas receitas. Este foi o último livro que li em 2021 e posso dizer, dentro do conceito de alimentação vegana, o melhor, não à toa ganhou p prêmio Gourmand World Cookbook Awards.  

 

Esse é um livro só para veganos? Não! É para todo mundo, principalmente veganos e adeptos. As receitas são fáceis, simples, baratas, sem exageros, porém lindas e saborosas. Dividido em Café da manhã e lanche; Almoço e jantar; Sobremesas, a autora ainda traz um plano semanal de setes dias sobre como organizar as refeições.

 


Outro ponto fundamental, e quem é vegano entende, antes das receitas, a obra faz um apanhado básico sobre algumas necessidades nutricionais, por exemplo, como consumir melhor a proteína e as principais fontes. O ferro é importante porque para uma melhor absorção é necessário combinar com vitamina C, então além de salientar como ingerir e a melhor forma de absorção também tem as principais fontes de origem vegetal.

 


E para os obcecados por cálcio, não se preocupem, ningém fica de fora, também tem uma parte especial para esse assunto focando em absorção e principais fontes de origem vegetal, afinal, é para isso que serve o Manjericão. Salve o manjericão!

 

A minha experiência, acho que pela empolgação do texto, não fica dúvidas. Primeiro, e muito importante, gostei bastante da parte que discorre sobre alguns alimentos que são utilizados na alimentação vegana, se eu tivesse lido isso no início de minha transição, teria sido mais fácil. Por exemplo, soube do Seitan (nome peculiar) ano passado, é um estilo de ‘carne’ produzido a partir do glúten.

 


As receitas são práticas como relatei no início, a barrinha energética de chocolate amargo foi o que mais curtir, o tabule de quinua que fiz na versão crudivegana (heheheheh). E o creme de ervilha com couve-flor? Nem normal é de tão bom, coisa de Deus! Mas, quem ganha o top prêmio de primeiro lugar das receitas é a Cestinha de legumes com frutas secas. Socorro, já fiquei com água na boca em digitar! Acho que a única coisa válida de verdade sobre Cozinha Vegana é, vivam essa experiência independente de ser ou não vegano.


3 comentários:

  1. Olá,
    Que interessante, gostei do livro trazer informações além do básico da receita. Mesmo que eu não cozinhe nada acho interessante conhecer os diferentes tipo de livros de receitas!

    ResponderExcluir
  2. Olá!

    Que dica TOP, serve muito para mim que mesmo não sendo vegana estou em busca de uma alimentação saudável e ter ideias de receitas legais é muito difícil, acredito que vou desfrutar da sua dica.

    Beijos
    Leitura terapia

    ResponderExcluir
  3. Seria uma boa pra mim, pra variar mais meu cardapio de vez em quando, mesmo eu não abrindo mão de carnes.
    Não botando cebolla, tá tudo certo kkkkk

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma