Resenha - Eu sei o que você está pensando




01 maio 2012

Título original: Think of a Number

Autor: John Verdon
Tradução: Ivanir Calado
Editora: Arqueiro
Ano: 2011
Número de páginas: 340

Se alguém lhe dissesse para pensar em um número, sei em que número você pensaria. Não acredita? Pense em qualquer número de um a mil. Agora veja como conheço seus segredos.

Eu sei o que você está pensando é uma narrativa eletrizante com mistérios quase impossíveis de se solucionar.

David Gurney é um detetive aposentado do Departamento de Polícia de Nova York e aos 47 anos muda-se com a esposa, Madeleine, para uma fazenda no interior do estado. Depois de 25 anos investigando homicídios é surpreendido por um amigo de faculdade que suplica sua ajuda.

Mark Mellery é um guru da auto-ajuda e encontra-se desesperado após receber mensagens misteriosas. O remetente o desafia a pensar em um número e quando pensa aleatoriamente em 658, descobre que o autor o havia previsto.

Gurney mergulha no caso e mesmo afastado do trabalho faz de tudo para desvendar os passos das mensagens que acabam em uma série de assassinatos sinistros.

O que mais me deixou impressionado foi o fato do autor conseguir segregar a identidade do assassino de modo que só temos a visão dos investigadores. Essa ocultação da personalidade traz ao leitor uma compulsão por conhecer os segredos por traz dessa mente doentia e o porquê de suas vítimas. Sendo assim não podemos esperar nada mais do que um final eletrizante e o que posso dizer é que ele realmente existe.

Outros elementos muito recorrentes em romances policias também se mostram presentes; como um trauma da personagem principal, nesse caso o detetive Gurney; os capítulos curtos e rápidos entre outros. Todavia o que o diferencia dos demais é o estilo do autor.

Em uma avaliação final eu diria que é indispensável para a cabeceira daqueles que gostam de romances policiais. Um livro excelente e um enredo brilhante.

Eu sei o que você está pensando é o romance de estreia do escritor John Verdon e foi considerado uma revelação sendo aclamado pelo público e pela crítica. O livro foi vendido para 24 países.


Sobre o autor:

John Verdon ocupou vários cargos executivos em agências publicitárias de Manhattan, mas, como seu protagonista, transferiu-se com a esposa para a região rural no norte do estado de Nova York.


R.S.Merces

2 comentários:

  1. ótima resenha, meu caro! confesso que esse não é o meu estilo literário. e por isso fiquei surpresa, pois vc consegue captar o que de bom tem no livro!

    ResponderExcluir
  2. Eu já liiiiii!! *------*
    Adorei e, parabéns pela resenha!!!

    Beijo,
    Wanessa Guimarães
    www.estanteseletiva.com

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 
Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, gênero, violência sexual, alcoolismo, etc. A escritora mantém um blog literário e trabalha com educação.

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma