Resenha - Cuidado: Notívago a solta




19 junho 2012


Título Original:  5th Horseman
Autor: James Patterson e Maxine Paetro
Tradução: Marcelo Mendes
Editora: Arqueiro
Ano: 2011
Páginas: 213
Passei o último domingo com quatro mulheres incrivelmente fortes e de personalidades extraordinárias. Para quem achava que elas não seriam capazes de colocar paz em uma cidade, apresento-lhes o Clube das Mulheres contra o Crime.
Sinopse:
No meio da madrugada, Jessica Falk acorda em desespero, sentindo uma forte dor no peito. Lembra que está internada e tenta pedir ajuda, mas a campainha de emergência escorrega de seus dedos. Ao olhar para o lado, percebe um vulto se movendo nas sombras. Estica o braço num pedido de socorro, porém sua visão fica turva e o ar se recusa a chegar a seus pulmões.
Com uma das melhores equipes de profissionais do país, o Hospital Municipal de São Francisco não sabe responder à incomoda pergunta levantada na manhã seguinte à morte de Jessica: como aquela jovem paciente pôde ter falecido se seu quadro era estável e em breve ela receberia alta?
A situação á ainda mais grave porque, nos últimos tempos, 20 pessoas internadas ali perderam a vida de maneira suspeita.
O caso vai parar na justiça, tendo a famosa advogada Maureen O’Mara como representante das famílias das vítimas. O processo contra o hospital acaba imobilizando São Francisco e despertando o interesse do Clube das Mulheres contra o Crime, grupo de quatro amigas que se dedicam a desvendar os mais instigantes casos da cidade.
Yuki Castellano – a mais nova integrante do Clube, que reúne a tenente Lindsay Boxer, Claire Washburn e Cindy Thomas – vive um drama pessoal: sua mãe está internada na UTI do centro médico e, ao que tudo indica, corre um sério risco, pois há suspeitas de que um maníaco à solta pelos corredores se acha no direito de decidir quem deve viver ou morrer.
Resenha:
Essa foi minha primeira leitura de Patterson e mesmo que conhecesse a série e os títulos anteriores ao 5º Cavaleiro não hesitei em começar por esse volume. A leitura é relativamente rápida e prazerosa, o leitor não tende a ficar preso dentro de um emaranhado de controvérsias muitas vezes presentes em livros policiais. O autor narra a vida de quatro mulheres que se unem contra o crime. Lindsay Boxer é tenente e convive constantemente com a violência na cidade, Claire Washburn é legista, Cindy Thomas jornalista e Yuki Castellano advogada. A vida pessoal de cada uma é retratada de forma leve, entretanto induz ao leitor a acreditar na personalidade forte e no poder que elas possuem.
Nesse volume da série, o Clube precisa desvendar as constantes mortes no Hospital Municipal. A mãe de Yuki é internada às pressas na UTI e o que seria um simples drama do dia-a-dia vira um tormento diante das acusações sobre o hospital. A instituição está sendo processada e as amigas Yuki e Cindy acompanham de perto o desenrolar do processo. Enquanto isso Lindsay investiga o assassinato de jovens que vem sendo encontradas em carros, vestidas com roupas de marcas e sob um aspecto a denotar uma obra de arte. Os assassinos são cuidadosos e as pistas restritas a meras suposições.
O que me chamou a atenção na narrativa é o fato de o autor explorar o máximo de suas personagens com situações inovadoras e vezes surpreendentes ao leitor. Não existe apenas um caso para ser solucionado, e sim, dois. Posso concordar que “As páginas viram sozinhas”.
Recomendo para todos os amantes de um bom romance policial e garanto que ao final da leitura já será um fã de carteirinha do Clube das Mulheres contra o Crime.
 Boa leitura.

Sobre o autor:
Com mais de 200 milhões de livros vendidos em mais de 100 países, James Patterson é um dos maiores escritores do mundo. Recordista de presença na lista de mais vendidos do New York Times, é o autor das consagradas série Alex Cross e Clube das Mulheres contra o Crime.



Mais títulos da série publicados pela Editora Arqueiro:

4 de Julho
6º Alvo




4 comentários:

  1. Nossa incrível preciso ler mais sobre este autor e suas obras,a valeu!

    ResponderExcluir
  2. Olá! Parabéns pela resenha, tenho vontade ler ler James Patterson, mas ainda tenho que ler outros antes desse =D.

    ResponderExcluir
  3. Eu mesma não acredoto que nunca li nenhum livro do James Patterson, essa é uma falha que pretendo sanar em breve.

    ResponderExcluir
  4. Adorei a resenha. Parabéns!!!
    To querendo muito ler esse livro!

    Beijo,
    www.estanteseletiva.com

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 

SKOOB

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma