Poema: Viviane Mosé - Poemas presos




01 julho 2015


Como todo primeiro dia do mês é dia de poesia, Viviane Mosé fará uma contribuição mais que necessária, pertinente. Sinta o vídeo até o final, respira e deixa uma contribuição. Afinal, este é o mês da Sravana, mês de muito poder na magia.



14 comentários:

  1. Engraçado como esses poemas sempre acabam remetendo a algo da nossa vida, com esse não foi diferente principalmente em ' Lágrima é dor derretida, dor endurecida é tumor', me lembrou de uma aula de psicologia que tivemos em que a professora disse que deixar a dor presa só faz mal ao invés de ajudar a fortalecer.

    ResponderExcluir
  2. tem um amigo meu que é louco por ela. Até me apresentou alguns poemas, e fiquei encantada. Gostei desse poema, apesar de ter estranhado o início dele rsrs

    ResponderExcluir
  3. Gente que palavras lindas :D
    Ela buscou na simplicidade, coisas rotineiras poemas profundos.
    Ameiiiiiii.
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Olá :) Adorei o vídeo, *-* pequeno/rápido, mas com um grande significado, ;) gostei muito da forma que ela falou, é muito diferente e bonito, de maneira simples mostrou a importância dos poemas. :') Que lindo! *-* beijão!!!
    Blog: http://my-stories-wonderful-books.blogspot.com.br/
    Página: https://www.facebook.com/BlogWonderfulBooks

    ResponderExcluir
  5. Olaaa
    Adorei o post, muito bom.
    O vídeo esta ótimo e interessante, adorei assistir.

    Beijos
    Reality of Books

    ResponderExcluir
  6. Não sou muito fã de poesia, mas não sei se foi a maneira que ela declamou, mas gostei.
    Foi forte a maneira que ela falou e o próprio tema.
    Tumor, pé no chão.
    Adorei!
    Não sabia desse mês de muita magia, mas curti.
    Adoro tudo que envolva magia.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  7. Poesia é sempre algo que sai um pouco de minha zona de conforto, falta de hábito mesmo, e cada vez leio penso: porque demorou para ler desse jeito, Gostei demais do tema da poesia, e muitas vezes são situações que se encaixam no momento atual de nossas vidas. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Não sou muito de ler poesias, mas admiro o trabalho desses autores.
    Ainda não conhecia a Viviane e a achei muito talentosa!
    Ótimo vídeo!
    Beijo!

    www.livrosdajess.com

    ResponderExcluir
  9. Oii!

    Não gosto muito de ler poesias, mas admiro muito quem faz uma ótima poesia e gostei foi isso que achei dessa poesia!

    Oii!

    Que livro boom em? Hahahah
    Adorei a sua resenha e a história do livro parece ser ótima :)

    Beijos, Amanda *--*
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Admito que não conheço muito de poesia, mas gostei do que apresentou. Tocante!

    Beijos
    http://www.breakingfree.blog.br/

    ResponderExcluir
  11. Oii, tudo bem?
    Bom, não costumo muito ler poemas, mas as acho lindos. E gostei da Vi, ela foi bem simples e fez um poema muito bonito.

    Beijos da Jéss ♥
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir
  12. Oi Lilian, tudo bem?
    Que coisa mais linda, gosto desses vídeos que vc trás pois posso fechar os olhos e ouvir, sentir cada palavra.
    Bjs

    A. Libri

    ResponderExcluir
  13. Oi Lilian
    Não sou uma fã absoluta de poesias, mas adorei essa poesia da Viviane. Fiquei ouvindo aqui quietinha e com uma simplicidade ela conseguiu nos passar uma mensagem linda.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 
Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, gênero, violência sexual, alcoolismo, etc. A escritora mantém um blog literário e trabalha com educação.

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma