Resenha – Os Veranistas




02 novembro 2016



Os Veranistas, de Emma Straub, 288 páginas, foi a minha primeira leitura em parceria com a editora Rocco.  O livro, que entrou para lista de best-sellers do New York Times, é o primeiro da autora no Brasil.

O enredo traz como pano de fundo a história de uma família classe média alta em conflito. A visão de cada componente diante da instituição familiar.  Eles decidem viajar para uma ilha espanhola, dessa forma, Franny e Jim pode brindar os 35 anos de casados.

Em teoria, a ideia de Maiorca era atraente: era uma ilha, o que prometia poucas ondas e brisas agradáveis.

Sylvia comemora o fim da escola e a entrada na Universidade. E Bobby, filho que carrega o ônus de ser o primogênito e tem uma namorada não muito querida.  Além deles, Bobby leva um casal de amigos para aquele que deveria ser dias de festividade.

No entanto, ao que parece, as cortinas da ilusão não suportam a pressão de todos juntos e os conflitos começam a se mostrar, saindo de debaixo do tapete, são 14 dias de puro onde a animação não é o prato principal, nem a cereja do bolo. O casamento de 35 anos já não é tão feliz assim, permeado de mágoas, traições e balançado pela sombra do divórcio.

Estou pra lá de furiosa. Na verdade, eu nem sabia que esse espaço existia, onde ele podia fazer algo tão terrível que a palavra furiosa sequer começa a abranger. Nós vamos realmente fazer isso? Vender a casa? Sylvia vai ficar completamente insegura e maluca porque no minuto em que for pra faculdade, seus pais vão se divorciar?

Sylvia sofria com a transição para vida adulta, não suportava mais ser virgem. Sua mãe contrata um professor de espanhol super jovem. Bom, é juntar pólvora com vontade de fazer fogo.

E Bobby, como dito anteriormente, além do ônus de ser o mais velho, ainda tem que lidar com o fato de não gostarem de sua companheira por ser mais velha que ele e não querer filhos.


As paredes dessa família tão ‘comercial de margarina’ estão cheias de rachaduras e prestes a desmoronar. Essa é uma leitura rápida e como disse, um livro de capa bonita. 

43 comentários:

  1. Olá
    Eu não conhecia esse título, mas adorei conferir suas impressões a respeito. A capa é mesmo muito bonita, e não tenho dúvidas de que é uma leitura rápida. Pelo que pude perceber, há muitos conflitos familiares envolvendo núcleos diferentes, certo? Histórias desse tipo geralmente não chamam a minha atenção, preciso confessar, mas depois de conhecer um pouco sobre esse enredo, talvez pudesse dar uma chance sim.
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Olá.
    confesso que ao ver a capa esperava mais um infanto juvenil. Não gostei tanto assim do enredo da obra, mas gostei de ver um livro que retrata uma família real que poderia ser a minha própria. Nada mascarado com um romancezinho água com açúcar e que só encontramos em livros.
    Não sei se leria o livro, mas gostei do enredo.

    Uma Mãe Leitora

    ResponderExcluir
  3. Ainda não conhecia este livro, mas gostei da sua resenha. Quando li a primeira parte ali, juro que pensei que fosse algo de terror rsrs, até voltei pra dar uma olhada melhor na capa! Não é normalmente o tipo de livro que chama minha atenção, mas se eu tiver a oportunidade um dia darei a chance. :D

    ResponderExcluir
  4. Esse livro veio na News e fiquei bastante curiosa por conta da capa, adorei a composição dela, imagino o problema que tenha dado do professor com a aluna...Hahah a leitura me parece bastante densa, mas ainda assim é um título que muito me interessa.

    ResponderExcluir
  5. Oii, tudo bem?
    Primeiro que eu adorei a capa, achei linda com um que de pintura. A historia é do tipo que eu nunca leio por falta de interesse, mas eu até gostei de "Os Veranistas", espero poder ler em breve o conflito dessa família.

    Abraços!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    O enrendo do livro não me chamou muita atenção, mas sua resenha ficou muito bem escrita!! ^^
    Parabéns!!
    Bjss

    ResponderExcluir
  7. Olá, achei a obra bem interessante porque ela nada mais é que um retrato de praticamente de todas as famílias hoje em dia, tentamos passar aquela imagem de família bonita, principalmente nas redes sociais, mas toda família tem seus conflitos e isso é absolutamente normal, o que não é normal é bajulação no facebook pra parente que a gente detesta hahaha
    Fiquei bem interessada na leitura, parece ser uma coisa bem pé no chão que nos aproxima da própria vivência.

    ResponderExcluir
  8. Oiii, sinceramente, não gostei muito da história, achei o enredo fraco e seria uma leitura que escolheria para ler, pelo menos nesse momento. Bjs

    ResponderExcluir
  9. Ainda não conhecia o livro e dei risada do seu comentário sobre a personagem não aguentar mais ser virgem. Ótima resenha, interessante essa coisa de família exemplar de margarina, cheia de problemas.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Fiquei curiosa para saber mais sobre as tais rachaduras nas paredes que essa família possuí e confesso que fiquei intrigada com a entrada do professor na jogada!
    Não é uma premissa super inovadora, mas como disse uma boa leitura e acho bem interessante trazer à tona questões familiares tão vívidas de nosso cotidiano.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Eu já ouvi falar no livro, mas não sabia exatamente do que se tratava, mas agora que sei fiquei mais curiosa pra ler, além do fato da capa ser maravilhosa!
    A Rocco sempre arrasa em seus livros, né?
    Obrigada pela dica, espero poder ler em breve!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  12. OOi Lilian!
    Que capa mais lindinhaaa!
    Confesso que, o livro em si não chamou muito minha atenção, mas ainda assim achei instigante. Dica anotada!
    E que resenha...!

    ResponderExcluir
  13. Quando eu vi esse livro não tinha ficado muito interessada, mas lendo a resenha eu digo que fiquei bem curiosa. Achei o enredo um pouco previsível mas talvez eu possa estar errada e ser surpreendida no final, parece ser uma boa leitura e bem rápida também.

    ResponderExcluir
  14. Sinceramente? Achei essa estória a minha cara! Quero ler esse lançamento da Rocco também. Lembro de ter amado o estande deles com tantas capas maravilhosas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Olá!! :)

    Parabéns pela primeira leitura em parceria coma Rocco, bem conhecida, ne? :) Bem, senti necessidade de ler um pouquinho mais acerca da leitura! :)

    Mas ainda bem que gostaste... AS preocupações todas do fim da escola e inicio da universidade são sempre "as piores" ahah :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  16. Oi Lilian...
    Parabéns pela parceria com a Rocco e que você aproveite muito.
    Diferente de você, não achei a capa muito bonita e para ser bem sincera esse livro não me atraiu muito. Entretanto, tenho que dizer que me parece ser uma história bem real que mostra que as aparências enganam e nenhuma família é tão perfeita quanto aparenta.

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Ainda não conhecia esse livro e confesso que não fiquei muito curiosa, infelizmente.
    Entendo que essa transição da adolescência para a vida adulta é muito árdua e foi difícil para a Sylvia, mas não gostei dessa questão de juntar pólvora com vontade de fazer fogo, sei lá, não colou para mim. Não sei como todos juntos vão funcionar, mas parece que não foi bem trabalhado.
    Vou deixar essa dica passar, pois acho que não é pra mim.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Oi Lilian, não conhecia o livro. O enredo em si até me chamou atenção, pois este lance de família feliz apenas de fachada acontece e muito, mas pelo que vi e entendi na sua frase final, a leitura não foi boa né? Que pena, pois o assunto em si tinha pano para boas rendas.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  19. Olá! Tudo bem?
    Não conhecia o livro e fiquei interessada. A capa é interessante e a sinopse também. Sua resenha me deixou bem curiosa para saber o desfecho desse enredo. Dica anotada e parabéns pela resenha! Bj

    ResponderExcluir
  20. Oi, tudo bem? Sinceramente é um livro que eu passaria longe e que não despertou o mínimo da minha curiosidade. Acho que eu detestaria os personagens principalmente a Sykvia com sua preocupação superficial sobre ser virgem.
    Vou deixar a dica passar.
    Um abraço

    ResponderExcluir
  21. Eu não tinha me interessado pela obra quando vi, mas lendo sua resenha fiquei mais curiosa para conferir a leitura. Gostei de saber que a obra possui diversos conflitos familiares, pelo que percebi, e não fica apenas em uma coisa. Aprecio leituras do tipo e espero poder ler em breve.
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  22. Olá.
    Eu nunca tinha ouvido falar deste livro antes, mas tenho que admitir que a premissa me intrigou um pouco, mesmo ele não estando na prioridades das minhas leituras eu quero ler ele um dia.
    Gostei bastante da resenha, ela é bem informativa e direta. Eu gostei de saber que o livro vai retratar a realidade por trás desta família, pois eu amo uma boa treta rsrsrs.
    Bjsssss

    ResponderExcluir
  23. Oi
    Já vi esse livro por ai, mas nunca tive vontade de lê-lo. Pela sua resenha, tenho certeza de que não é um livro que me interessaria ler agora, ler correndo. Quem sabe se cair nas minhas mãos sem querer, mas por vontade própria, não leria!
    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Olá!
    Não conhecia ainda esse livro, e esse assunto de conflitos familiares nunca me chamou muito a atenção, mas achei que seria interessante por eles estarem todos juntos durante 14 dias. Não sei é uma leitura que faria no momento, mas vou deixar essa dica anotada.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  25. Olá !!! Gostei da sua resenha do livro, muito boa !!!
    parabéns pela parceria !!! E que venham mais livros assim
    bjoooooooo

    http://blogaventuraliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Olá.
    Boa resenha.
    Eu achei a história interessante, mas provavelmente não leria. Não é bem meu estilo de leitura favorito. Mas gostei da sua resenha.

    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Geeeente, primeira vez que vejo esse livro, acredita? e já gostei, sua resenha me fez ter vontade de ler <3 SUCESSOOOOO

    ResponderExcluir
  28. Olá, como vai?
    Confesso que realmente não conhecia esse livro e vi imaginando, como assim esse livro é da Rocco? Porque nunca vi nada assim da editora ou pelo menos não acompanhei nas divulgações, fiquei com vontade de ler e adoro o jeito em que escreve.
    Abraços

    ResponderExcluir
  29. Oi, tudo bem?

    Não conhecia esse livro e essa é a primeira resenha dele que leio. Não gostei da capa, achei as ilustrações bem estranhas! Rs
    O enredo, apesar de verosímil, não chamou tanto minha atenção. Apesar de gostar de livros que abordam conflitos familiares, acho que não o leria.

    Beijo

    ResponderExcluir
  30. Olá.
    Eu me interessei pelo enredo. Gosto de livros assim, que mostram a realidade das famílias.
    Uma personagem que me chamou bastante atenção foi a Sylvia. Fiquei curiosa para saber como vai se desenrolar com o professor dela de espanhol.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  31. não achei de todo ruim, mas não seria um livro que eu leria com urgência...
    agora concordo ctg que a capa é bonita...mas só... =T
    bjs...

    ResponderExcluir
  32. É um livro que trata da dos conflitos familiares de uma forma crua, segundo me parece. Embora eu goste do tema, o livro não me atraiu, não consegui me sentir motivada a realizar a leitura. Ótima resenha!

    Tatiana

    ResponderExcluir
  33. Haha, adorei saber que "é juntar pólvora com vontade de fazer fogo". Adoro livros assim, que as pessoas estão quase subindo pelas paredes e entram em conflito, porque aparenta ter muito a ser resolvido até o final da trama. A capa realmente é legal! Abraços

    ResponderExcluir
  34. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que não conheço muitos títulos dessa editora e que ainda não tinha lido nada sobre esse livro, mas fiquei animada. A premissa é curiosa e gostei dos pontos abordados pela história, pois são conflitos reais. Enfim, imagino que deve ser uma leitura agradável, por isso vou marcar a dica.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  35. Oie!
    Eu gosto de livros que trazem como tema algum problema familiar. É um tema que sempre me emociona, mas não sei de onde surgiu essa minha preferencia.
    Eu ainda não conhecia a obra, e achei bem interessante essa trama, que tenho certeza que voou gostar.
    Bjks
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  36. Olá!!
    Não conhecia esse livro e confesso que se eu o tivesse visto nem me interessaria em pegar pra saber como é a estória,sua resenha também é a primeira que eu vejo sobre esse livro e olha minha surpresa curti bastante a premissa dele e já anotei como diquinha de leitura ^^
    Super curiosa pra saber quais serão esses conflitos abordados no livro e como resolverão a questão.

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/2016/11/titulo-quando-o-amor-bater-sua-porta.html#comment-form

    ResponderExcluir
  37. Olá!
    Esse livro parece ser uma leitura ótima para quem gosta de obras que abordam conflitos familiares.
    Eu não leio muitos livros assim, talvez por isso ele não tenha chamado a minha atenção.
    Mas, precisamos sair da nossa zona de conforto de vez em quando e esse livro me faria sair muito da minha zona de conforto, por isso vou anotar a dica para uma futura leitura.
    Abs e parabéns pela resenha ^^

    ResponderExcluir
  38. Pela sua resenha eu não consegui entender se você gostou ou não do livro,ficou meio incerto para mim mas os componentes para mim parecem ser bem legais pois adoro leituras que retratam dramas familiares,coisas do dia a dia que se você for juntandl se transformam em problemas sérios, super leria e espero não ser só uma capa bonita

    ResponderExcluir
  39. Olá, adorei a resenha...acredito que se encontrasse essa obra por ai não daria muita bola, mesmo tendo curtido o estilo da capa, acho que o título não me chamaria a atenção, mas depois de conhecer sua perspectiva acho que mudei de ideia, fiquei curiosa.

    Abraços

    ResponderExcluir
  40. Olá!
    Não conhecia esse livro e amei a capa linda.. mas não é um livro que tenha me atraído, apesar dessa temática familia que eu gosto muito de ler, mas não seria uma leitura pra agora..

    Beijos!
    http://lovesbooksandcupcakes.blogspot.com.br//

    ResponderExcluir
  41. Olá tudo bem? Não conhecia o livro nema a autora mas sua resenha me chamou atenção. De fato existe muitas famílias comercial de margarina que ficam ruindo por dentro. Odeio porque aparência para os outros não leva a nada. E colocar essas situação em um livro leva a um drama altissímo que eu gosto de ler porque me impacta. Dica anotada!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  42. Olá!

    Vim conhecer este livro através de sua resenha, que por sinal ficou bem legal!

    Gostei bastante da premissa que "Os Veranistas" carrega, a capa é muito fofa (me remetendo à cordel *-*) mas não sei se leria por hora!

    Mas vou anotar sua dica para dar uma conferida depois (:

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 
Autora dos livros O Céu é Logo Ali, Mulheres Que Não Sabem Chorar e Desconectada. Em seus livros ela aborda temas como sexualidade, liberdade, amor, preconceito, gênero, violência sexual, alcoolismo, etc. A escritora mantém um blog literário e trabalha com educação.

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma