FRIDA - de Eduardo Galeano




13 janeiro 2017



1929
Cidade do México
 Frida

Tina Modotti não está sozinha frente aos inquisidores. Está acompanhada, de cada braço, por seus camaradas Diego Rivera e Frida Kahlo: o imenso buda pintor e sua pequena Frida, pintora também, a melhor amiga de Tina, que parece uma misteriosa princesa do Oriente, mas diz palavrões e bebe mais tequila que mariachi de Jalisco.

Frida ri às gargalhadas e pinta esplêndida telas desde o dia em que foi condenada à dor incessante.

A primeira dor ocorreu lá longe, na infância, quando seus pais a disfarçaram de anjo e ela quis voar com asas de palha; mas a dor de nunca acabar chegou num acidente de rua, quando um ferro de bonde cravou-se de um lado a outro em seu corpo, como uma lança, e triturou seus ossos. Desde então ela é uma dor que sobrevive. Foi operada, em vão, muitas vezes; e na cama do hospital começou a pintar seus autorretratos, que são desesperadas homenagens à vida que lhe sobra.


(Galeano, Eduardo, 1940 – Memória do fogo 3: O século do vento / Eduardo Galeano; tradução Eric Nepomuceno. – Porto Alegre – L&PM, 1998. p.378. pág. 116 e 117)

27 comentários:

  1. Muito bacana! confesso que adoraria ler o livro da Frida! Quem sabe esse ano finalmente eu consiga kk <3

    ResponderExcluir
  2. Que trecho fascinante. Eu preciso conhecer melhor a Frida, lembro de ter visto um filme ou documentário na aula de artes no colégio, mas já faz tanto tempo. Gostaria de ver novamente, com outros olhos. E compreender melhor sua história. Gosto dessa descrição do último parágrafo, intenso e sofrido.

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Nossa que lindo e triste. Não sei como opinar, mas me senti tocada pela forma como é narrada.

    Beijos
    Bella
    The House of Stories

    ResponderExcluir
  4. Sempre ouço o nome de Frida quando o assunto é o feminismo, mas nunca senti interesse o bastante para ir a fundo em sua história. Para ser sincera, sequer sabia sobre seu dom para pinturas. Adorei a indicação, e tentarei inclui-lo em minha lista de leituras o quanto antes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei se esse livro te ajudará a saber sobre Frida para além do trecho descrito, mas que bom que gostou da dica rsrsrsrsrs

      Excluir
  5. Aí que delicinha de postagem, fiquei bastante animada para ler um dia o livro da Frida, mas todos que encontrei até hoje eram horrores de caro mesmo, parabéns pela postagem.
    Beijinhos da Morgs

    ResponderExcluir
  6. Oie, muito interessante, acho a Frida um ícone ♥ A história dela é cheia de alegria, mas cheia de muita dor também.
    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  7. Sempre que o assunto é feminismo a Frida é uma grande referência. Acho que vou assistir o filme sobre ela.

    ResponderExcluir
  8. Nunca li nenhum livro da Frida, tenho vontade de conhecer a história dela melhor!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também nunca li algum livro escrito pela Frida, este é o Eduardo Galeano conforme escrito na referência.

      Excluir
  9. Oie

    Fascinante e maravilhoso esse post!!
    Eu sou doida pra ler algo da Frida, espero esse ano conseguir.

    bjs
    Fernanda Y.

    ResponderExcluir
  10. adorável!! estou em busca de um livro sobre a Frida, mas um livro com, com abordagem diferente... se encontrar compartilho com você!!

    ResponderExcluir
  11. Que postagem linda!! Quero muito ler algo dela este ano!

    Bjs
    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Embora eu nunca tenha lido nenhum livro sobre a Frida e até mesmo sabendo pouco sobre ela, eu tenho curiosidade em conhecer um pouco mais. Achei uma história muito triste

    ResponderExcluir
  13. Olá,
    Desconhecia sobra a história de Frida e fiquei intrigada por saber um pouco mais de seus dias após passar por tanta dor e também sobre seus autorretratos.
    Adorei a postagem e a oportunidade de conhecer a obra.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Havia uma série muito interessante que falava um pouco sobre a história da Frida, mas lembro que era focado em duas meninas e que uma delas amava arte e que era grande fã dos quadros dela. Como seu poste trouxe um texto de um livro que fala dela com metáforas, lembrei que talvez você tenha curiosidade em relação ao assunto. O nome da série é switched at birth, mas lembrando que o assunto não é o centro da série e sim um assunto paralelo.

    ResponderExcluir
  15. Caraca!! Eu conheço a Frida bem vagamente... pelos retratos em telas que já são bem famosos... Fiquei super curiosa para conhecer mais sobre ela, não tinha a mínima ideia de como foi a sua vida. Obrigada por este texto. Quero já conhecer a biografia da Frida. <3

    ResponderExcluir
  16. Achei bem tocante, a forma como foi narrada, não conheço a história da Frida mesmo mas soube de algumas coisas porém não sabia profundamente da história. Adorei o texto

    ResponderExcluir
  17. Gostei bastante do trecho e parece ser um belo livro, além disso, cita um ícone da pintura. ♥

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem?
    Nunca li nada relacionado à Frida, mas cada vez mais tenho vontade, tenhu visto muitas referências nos últimos tempos.
    Bjs

    ResponderExcluir
  19. Olá, achei esse trecho que você escolheu do livro bem legal, deu para sentir um pouco da escrita do autor *--* Fiquei curiosa para ler o livro e conhecer um pouco mais da historia de Frida.

    http://meumundo-meuestilo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Eu nunca li o livro da Frida, mas achei bem interessante o trecho.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Olá
    eu sei pouco sobre a história da frida mas o que sei já é o bastante para admira-la e nunca li o livro dela mas tenho uma amiga que leu e vive me indicando, parece ser sensacional

    beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Olá! Que trecho emocionante...que expressão escrita que o autor tem, não? Eu ainda nao tive oportunidade de ler os livros do Eduardo, embora já tenha visto sobre ele várias vezes tanto na Letras quanto na História..
    bjss

    ResponderExcluir
  23. Que poema incrível. Já me imagino lendo essa obra. Pegar a história e contá-la dessa forma fica muito mais interessante. Adorei e vou pesquisar mais sobre o autor.

    ResponderExcluir
  24. Oi!
    Que lindo esse trecho *-* Confesso que não conheço quase nada sobre Frida, mas sou louca para aprender um pouco mais, por uma questão de cultura mesmo :) Vejo tantas pessoas comentando, da até aquela invejinha rsrs

    Bjs!

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 

SKOOB

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma