Resenha - A rainha dos condenados - de Anne Rice




23 outubro 2017



O terceiro volume d'As Crônicas Vampirescas, intitulado A rainha dos condenados é mais uma publicação da Editora Rocco. Nesse universo criado por Anne Rice nos deparamos com violência, sangue, erotismo e uma viagem na História do mito, onde conhecemos a origem dos Primeiros vampiros, indo do Egito à América do Sul, entre outras partes mundo, onde estes seres míticos deixaram rastros de sangue.

Lestat é um vampiro que se adequou aos hábitos modernos e dirige um Porsche, venerado por milhares de pessoas fãs da música que produz com sua banda e vive entre os mortais de maneira aparentemente tranquila. Através das letras de suas músicas, acaba por trazer de volta à Humanidade a presença de Akasha, sua mãe-amante, a rainha dos condenados, que despertou de seu sono numa cripta antiga e que pretende fazer um verdadeiro banho de sangue com os humanos.

Além da transformação de Akasha e a origem dos vampiros, A rainha dos condenados nos apresenta também a duas personagens importantes da trama, as gêmeas Maharet e Mekare. Ressurgem ainda outros personagens que apareceram anteriormente nos dois primeiros livros. Os atos rebeldes de Lestat sobre revelar a existência vampírica não passam de um arroubo do artista na visão dos fãs, mas os vampiros que até então permaneciam no anonimato das sombras, sobrevivendo de maneira sigilosa ao longo dos séculos começam a se incomodar com essas atitudes do roqueiro...

A escrita de Anne Rice é fluída ao ponto de você não sentir as quase 600 páginas que compõem a obra. Sua criatividade em nos apresentar os vampiros numa era moderna serviu de inspiração para diversas obras que surgiram posteriormente usando a temática sobrenatural. Percebe-se ainda uma evolução em sua narrativa desde Entrevista com o vampiro até esse volume. Existe uma adaptação cinematográfica de A rainha dos condenados, mesclando acontecimentos dele com O vampiro Lestat, segundo livro d'As crônicas. Odiada por muitos, essa adaptação traz um ou outro elemento que podem soar interessantes, incluindo sua trilha sonora. Entretanto, conhecer esse universo e seus personagens se dá de maneira mais prazerosa pela obra de Rice...


Recomendado aos fãs de vampiros, sobrenatural e leitores de uma fantasia com toques sombrios...


27 comentários:

  1. Olá
    Li esse livro no começo do ano, para o projeto de ler As Crônicas Vampirescas lá para o Blog, goste bastante do livro, em especial as histórias sobre a gênese dos Vampiros no cenário que Anne Rice criou.

    ResponderExcluir
  2. Eu amo esse livro!
    Li a tantos anos atrás mas pretendo reler para dar continuidade as cronicas vampirescas!
    Parabéns pela resenha!
    Me deixou com gostinho de saudades!! huahuauha


    Beijinhos!

    #Ana Souza
    Http://literakaos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  3. Olá, eu não conhecia esse livro, mas vou atrás, pois eu amo muito livros de vampiro. E amei a sua resenha.

    ResponderExcluir
  4. Oie!

    Nunca li nada dessa autora, preciso mudar isso urgentemente espero gostar das histórias criadas pela autora, sou fã de vampiros e de tudo relacionado a eles e com certeza todas as resenhas que li foram super positivas para essa série, espero gostar quando a ler!

    BJss

    ResponderExcluir
  5. Oiieee

    Eu amo fantasia, é meu gênero favorito desde sempre mas todos os livros que tentei ler de vampiros ou lobisomens a leitura não fluiu... Esse da Anne é um que quase não me chama muito a atenção e por isso dessa vez deixarei a dica passar. A resenha ficou ótima.

    Beijos

    aliceandthebooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi, Maria
    Mas com uma narrativa fluída, eu confesso que não me animo. Tenho algo com vampiros em livros haha não sei explicar. Todos que li até hoje nesse estilo, foram frustantes. Mas é uma ótima dica, pois tem uma enorme galera que curte.

    ResponderExcluir
  7. Olá! Ainda não li as crônicas vampirescas, só li A hora das bruxas. Assisti Entrevista com o vampiro, amo a escrita de Anne Rice, amo a ambientação que ela faz e as construções dos personagens. beijos

    ResponderExcluir
  8. Quer livro bom de temática vampiresca, é só se jogar nos livros da Anne Rice! Eu lembro de devorar esse livro em um final de semana... E é como você falou, a autora escreve de uma maneira tão boa que nem dá de se sentir a quantidade de páginas!

    ~ Blog Compulsivamente Literária

    ResponderExcluir
  9. Oie, tudo bem?! Eu infelizmente só li o entrevista com vampiro. E já gostei muito, mas as publicações ficaram naquele vai não vai, há anos e eu sinceramente desisti.
    Quem sabe agora que temos, todos praticamente publicados eu não pegue para ler.
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Maria parabéns pela resenha, ficou maravilhosa, bem escrita e objetiva.
    Conheço a obra da Anne Rice, ela é maravilhosa e seus vampiros são os 'tradicionais' e como vc mesma citou, serviram de inspiração para muitos outros autores e suas adaptações.
    Confesso que adoro vampiros e não tenho problema com as adaptações feitas ao longo dos tempos. Além disso vi os dois filmes baseados nos luvros da Rice e gostei deles. Penso que o importante foi que eles fizeram muito sucesso quando foram lançados e divulgaram mais esses seres da noite para o público em geral. Parabéns pela leitura, gostei de conferir suas impressões.

    ResponderExcluir
  11. Oie
    nunca li nada da autora pois vampiros e afins não são meu tipo de leitura então deixarei a dica passar mas parabéns pela resenha, parece valer a pena para os fãs

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Eu tenho um certo receio coma anne, é claro que amo os livros, mas as maluquices dela como pessoa me irritam demais. Especialmente quando ela desfez dos livros que eu tanto amava. Arf, fico com raiva só de lembrar. Enfim, sobre o livro eu adoro ele especialmente a lenda das gêmeas Maharet e Mekare. Li faz tempo, mas ainda me sinto bem quando me lembro da história e concordo com você sobre a evolução da escrita.
    Obrigada pela resenha

    ResponderExcluir
  13. Oi, Val. Tudo bem?
    Por mais que eu ame vampiros e suas histórias, nunca li nada da autora, infelizmente. Eu queria começar com algum livro mais curto dela, para então seguir pras séries maiores. Vou dar uma pesquisada. Adorei tua resenha, me deu uma saudade enorme de ler sobrenaturais. Beijos <3

    ResponderExcluir
  14. Oi Maria Valéria.

    Eu conheço as crônicas vampirescas,atraves dos dois filmes Entrevista com o vampiro e Rainha dos Condenados. Eu conheço a escrita da Anne Rice na história erótica da Bela Adormecida que ela escreveu. Das crônicas vampirescas eu tenho os 6 primeiros livros da série, mas ainda nnão li porque eu queria tê-la completa para ler. Mas lendo sua resenha me deu uma vontade enorme de começar que estou pensando ler pelo menos os três primeiros. Adorei sua resenha.

    Bjos

    ResponderExcluir
  15. Oieee, sou doida pra começar a ler essa série mas ainda não tive tempo, gostei bastnte da sua resenha e fiquei ainda mais curiosa para começar logo a leitura, obrigada pela dica!

    bjs

    ResponderExcluir
  16. Eu não sabia que a Roco tinha relançado as crônicas vampirescos!!!! A melhor história de vampiro ever!!!!

    ResponderExcluir
  17. Taí uma autora que preciso conhecer, apesar de sua fama com essa saga vampiresca ainda não me rendi. Mas o fato dela manter uma narrativa fluida por 600 páginas colaborou com minha decisão.

    ResponderExcluir
  18. Oi, Maria!
    Ainda não li o livro, mas conheço porque gosto bastante do gênero e essa autora é bastante elogiada. Pretendo ler o livro um dia para conhecer o trabalho da autora.

    Beijos,

    Rafa - blog Fascinada por Histórias

    ResponderExcluir
  19. Hey, tudo bem?
    Ainda não li nada da Anne Rice, mas tive muito vontade quando comecei a ler, pois amava ler sobre vampiro e ela é a rainha do gênero, né? Entretanto, apesar disso, a vontade começou a passar, não me via mais lendo nada dela. Sua resenha, infelizmente, não conseguiu mudar minha vontade e vou passar a dica.
    Beijos,
    http://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir
  20. Olá, tudo bem?
    Não conhecia a trilogia, não que seja lá muito fã de livros sobrenatural e vampiros mas é uma boa para sair um pouco da minha zona de conforto.
    Achei a premissa muito interessante do livro, irei pesquisar mais sobre a série.
    Gostei muito da sua resenha!
    Beijos, Lari (laoliphant.com.br)

    ResponderExcluir
  21. Apesar de não ser lá muito fã de vampiros, os livros da Anne Rice sempre me chamaram a atenção, principalmente quando fui descobrindo que vários amigos são loucos por ela... Mas eu até hoje não tomei coragem de iniciar a leitura! Adorei a tua resenha!

    ResponderExcluir
  22. Anne Rice é diva master de todos os vampiros sem a menor duvida!
    Adoro esse livro, ele junto com o entrevista com o vampiro são os unicos livros de terror que me permito ter na estante haha
    Mesmo tendo muito medo, a escrita da Anne é incrivel e algo que vale e muito a pena ser lido.

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  23. Ola Maria menina eu preciso ler algo da autora urgente, leio tantos elogios a sua escrita que preciso começar urgente. Gostei dos pontos destacados em sua resenha e já anotei a dica. beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  24. Há muito tempo que desejo conhecer as obras dessa autora, mas nunca acho jeito de encaixar na minha lista rsrs
    Não é nada fácil escrever uma história sobre vampiros e a mesma se torne um clichê estilo Crepúsculo nos dias atuais, mas pela premissa da série de Rice parece nos levar aos estilo clássico de Bram Stoker.
    Vou tentar ler um dia.

    ResponderExcluir
  25. Fiquei empolgada com a sua resenha! Fiquei bem curiosa para conhecer a história, a premissa me agradou demais e claro que já anotei o nome aqui.
    Obrigada pela dica.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  26. Uau! 600 páginas!
    Não sou fã de histórias vampirescas, mas pela sua resenha imagino que muitos fãs devam se interessar!
    Adorei a resenha!

    bjs

    ResponderExcluir
  27. Olá, tudo bem? Ah nossa querida Anne Rice, acredita que até hoje não li nenhum livro dela? Estou para começar a série, tem tempos, porém sempre acaba passando algum livro na frente. Como fã do gênero, sei que estou perdendo um ótimo exemplar, porém espero mais pra frente conseguir. Adorei a sua resenha!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 

SKOOB

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma