Bárbaros - de Jovan Hristic




15 novembro 2017

imagem by AlexProject


Finalmente os mensageiros chegaram e anunciaram:
Vêm aí os bárbaros.
Começaram logo os preparativos para os receberem na cidade.
Jovens exaltados aclamam já os seus nomes
E apressam-se a celebrar os novos deuses.
Não defenderam os poetas que eles eram uma espécie de solução?
Agora escrevem poemas que os glorificam
Esperando por esse dia em que os declamarão publicamente
Enquanto os bárbaros - fortemente armados - os admirarão
E aplaudirão e aprenderão de cor esses versos.
Os poetas: veem já os seus poemas em grandes caracteres
Colocados nos pórticos dos templos,
De onde as deidades impotentes foram expulsas,
E as livrarias cheias com os seus livros,
Substituindo as histórias que já não dizem nada a ninguém.
E, no entanto, os poetas sabem que serão os primeiros a ser enforcados em público,
Juntamente com os jovens que correram para abrir os portões
Da cidade à entrada desses que foram ansiosamente esperados,
Pois os bárbaros são bárbaros e não são solução para coisa nenhuma.


(Jovan Hristic)

15 comentários:

  1. Olá! Tudo bom?
    Versos maravilhoso, me arrepiei nesse trecho E, no entanto, os poetas sabem que serão os primeiros a ser enforcados em público, maravilhoso.
    Parabéns pela postagem.
    Beijos, Joyce de Freitas.

    ResponderExcluir
  2. Nossa que poema profundo, gosto de textos que falam sobre poetas de uma maneira geral. Acho importante que a poesia continue viva e que ainda existam pessoas que são amantes dessa forma de se expressar.

    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  3. Eita Lilian, que maravilha de poema, é realmente fascinante ver que Jovan está por aqui, os primeiros a falarem e se revelarem, até os poetas, são os que sofrem primeiro, ótimo post.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. Olá Lilan, tudo bem?
    Gostaria de saber interpretar e comentar um poema tão lindo e intenso quanto esse.
    Sim os poetas, aqueles que abrem seu coração e alma são os primeiros a serem atacados, pena que a vida hoje em dia é assim. Não há liberdade para se viver e ser quem quiser. A vida anda cheia de regras e se você não for parte da maioria talvez não tenha valor. Vamos deixar as pessoas, a alma e a vida falarem. Vamos viver e celebrar os momentos bons da vida. Vamos buscar a paz

    ResponderExcluir
  5. Amei o texto, quantas vezes não vimos coisas do tipo acontecendo em nossa História, não é mesmo?!

    ResponderExcluir
  6. Que poema lindo e intenso! Amei a escrita, você conseguiu colocar muito em poucas palavras! Parabéns pela escrita, pelo poema e pelo talento!
    by: atravesdaescrita.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. foi meu primeiro contato com a escrita de Jovan Histric e achei suas palavras profundas, fortes e verdadeiras. Em qualquer que seja a época ou o problema, os bárbaros não serão resposta para coisa nenhuma.
    Bjs, Rose

    ResponderExcluir
  8. Eu gosto de poesia pelo simples fato dela ser aberta a interpretações, de ser algo para se ler nas entrelinhas, mas que a escrita dessas linhas varia de acordo com quem a está lendo.
    Gostei muito do que li aqui e fico impressionada ao ver como se encaixa com o que temos vindo por aí no ano eleitoral que se iniciara.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Amei o poema, achei bem tocante e realista, demonstra o que aconteceu.
    Até!

    Lendo Ferozmente - Papo Inverso

    ResponderExcluir
  10. Oi, tudo bem?
    Versos muito fortes! Não conhecia o autor mas gostei bastante.
    Bjs!
    Quem Lê, Sabe Porquê

    ResponderExcluir
  11. Olá
    Adorei o texto, ele representa muito bom os dias de hoje, procuramos soluções em cada coisa, a gente nem para para pensar que podemos ser destruídos por essas coisas.

    ResponderExcluir
  12. Oii
    Achei esse poema bem diferente, mas gostei bastante!
    Bjus

    ResponderExcluir
  13. Que escrita maravilhosa, fiquei encantada com a profundidade das palavras.
    wwww.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  14. Oie
    uau que escrita mais linda e profunda, com certeza consegue tocar o leitor, muito lindo o poema, o tema e os pensamentos

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Eu gostei do poema apesar de achar que não interpretei da forma correta.

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 

SKOOB

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma