In Matéria de amor - Por Lilian Farias




03 novembro 2017





Nosso amor é atemporal

isso vai dar no jornal.

(Lilian Farias)

13 comentários:

  1. Olá!
    Gostei bastante da maneira através da qual utilizou-se das palavras. Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Quantos amores são assim, não é mesmo?! Tenho pra mim que somos capazes de amar diversas vezes e todo amor é infinito mesmo depois que a relação acaba, porquê de uma forma ou outra algo dele fica em nós. Adorei as palavras.

    Beijos.
    https://cabinedeleitura0.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Em tempos de descartáveis. Algumas coisas não tem tempo. Sempre vão ficar e existir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exato, em tempos líquidos o amor ainda salva <3

      Excluir
  4. Em tempos de descartáveis. Algumas coisas não tem tempo. Sempre vão ficar e existir.

    ResponderExcluir
  5. Olá, gostei das suas palavras curtas, mais verdadeiras pois alguns amores são atemporais

    ResponderExcluir
  6. Oi Lilian.

    As palavras foram simples e direta. Hoje em dia amor está dificil para ser eterno. Parabéns pelas palavras.

    Bjos

    ResponderExcluir
  7. Seu blog é muito bonito, é bem limpo então da para prestar atenção ao post, gostei muito! eu post foi curto, mas passou a mensagem que queria perfeitamente ♥

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  8. O amor é suas mil formas de se manifestar. Tanto a imagem qnt as palavras fazem o leitor refletir. Parabéns.

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem?

    Belas palavras utilizadas. É sempre bom mostrar todas as formas de amor! Parabéns.

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Muito bom! E que o amor sobreviva ao tempo e a todas as atrocidades! <3

    ResponderExcluir
  11. Oie
    que bela frase haha breve mas bela, gostei muito, bem reflexiva, parabéns

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 

SKOOB

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma