Resenha – A Ciranda das Mulheres Sábias




03 dezembro 2017



O que reprime nossa intuição? O que nos impede de transcender? O que é ser sábia em tempos de sociedade líquida? No livro A Ciranda das mulheres sábias, Editora Rocco, a autora, Clarissa Pinkola Estés, nos convida a um diálogo com a representação arquetípica da mulher sábia.

Preparei a lareira perfeita para nós. O fogo vai durar a noite inteira — suficiente para todas as nossas "histórias dentro de histórias".

Neste caso, sabedoria não está relacionada a quantos livros uma pessoa leu; quantas línguas, é capaz de dominar ou mesmo a um diploma universitário. A sabedoria vem de algo ancestral, tribal, de vivências coletivas e da memória coletiva. Não é um conceito concreto e fechado, mas uma descoberta em qualquer tempo da vida. E, às vezes, essa mulher é de carne e osso, outras, está adormecida em algum lugar das nossas lembranças.

“Portanto que bom para nós que a fonte de sabedoria surja de modo bastante confiável, e não somente nos mitos. Se você olhar em volta, na realidade, é provável que também perto de você haja uma idosa maravilhosamente excêntrica, ligeiramente irritadiça, arrumada com elegância e/ou desalinho, ousada, forte e bela. Pense bem... você não conhece algumas criaturas veneráveis que são semelhantes à mulher sábia que aparece nesses contos? Uma mulher que costuma ser perita em sagacidade, cálculos exatos, meios aparentemente mágicos e, sem dúvida, sábias estratégias? Conhece? E, se acha que não, pense de novo, porque pode ser que você seja ela em formação, você! Você mesma!”

Ao longo da vida, sentimos a necessidade de nos conectar com a sabedoria dessa mulher, restaurar nossa identidade, começar do zero, fortalecer o feminino das mutações sociais, apaziguar o ego, ‘descomercializar’ o espírito, reestabelecer a ciranda da vida, estabelecer a saúde integral.

A autora se utiliza de metáforas que vão da mitologia à relação com a natureza, a exemplo das árvores, fazendo um paralelo entre as raízes e a ‘mulher oculta’, essa mulher busca pela vida, nutre nossos sentidos. Nesse comparativo, ela questiona a relação humana com a natureza, a relação humana com a psique.  

A vida de uma árvore, a vida de uma mulher, não precisava e não precisa ser assim, tolhida e retalhada para abrir caminho para outra coisa de valor duvidoso. Há outros modos de viver sua vida e deixar outras vidas em paz; de se harmonizar, de chegar ao pleno florescimento por toda parte.”

Ora, em quantos momentos, somos bombardeadas com padrões de beleza que nos torna consumistas a pontos de sufocar a mulher oculta, de não nutrirmos nossas raízes e perdermos nossa capacidade de defesa. Quanto mais abafamos nossa natureza instintiva, mais necessitamos de remediações a curto prazo que matam o espírito selvagem e fortalece uma sociedade medíocre, doente, fragilizada, medicalizada, fútil, histérica, líquida.

by imagem Joseph Tomanek Nymphs, 1920



Clarissa divide a obra em três partes fundamentais, o convite a enxergar com o terceiro olho, o reconhecimento da mulher sábia e, por fim, a dança que cura. Essa dança acontece quando libertamos a mulher sábia e a deixamos conduzir as coisas para depois podermos reivindicar nosso lugar na sociedade. Lugar que deixa de ser imposto ou comprado e passa a ser nosso por natureza. 

27 comentários:

  1. Que livro interessante. Acredito que o conteúdo dele nos faça refletir por diversos ângulos.
    Procurar a sabedoria que existe dentro de nós também é algo que a gente precisa fazer mais, é um livro de leitura delicada.
    Gostei da abordagem sobre a sabedora , explorar isso é fundamental.

    ResponderExcluir
  2. Oiii Lilian tudo bem?
    Que livro maravilhoso menina, definitivamente eu adoraria dar uma oportunidade e uma lida nesse livro, aborda muitos assuntos importantes que eu fiquei fascinada e sei que seria uma ótima pedida, linda essa capa.
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem? Ainda não conhecia esta obra, mas me pareceu bastante interessante. Adorei tua resenha, ficou muito bem escrita.

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  4. Oláaaaa
    Menina se eu amei o livro e a sua resenha foi pouco, me conquistou. Vou procurar e quero dar inicio a leitura muito em breve.Bjus
    Jis Rocha
    Blog Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  5. Hey, Lilian!

    "Neste caso, sabedoria não está relacionada a quantos livros uma pessoa leu; quantas línguas, é capaz de dominar ou mesmo a um diploma universitário. A sabedoria vem de algo ancestral, tribal, de vivências coletivas e da memória coletiva. Não é um conceito concreto e fechado, mas uma descoberta em qualquer tempo da vida."

    É exatamente essa a ideia que eu tenho de sabedoria, para todas as pessoas.
    Não é um livro que eu tenha despertado o desejo de ler, mas gostei do que você apontou na resenha.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Oi tudo bem?
    Esse livro parece ser mesmo incrível, adoro livros que nos levam a refletir e esse parece ser um daqueles que todos deviam ler afinal pelo que parece fala muito da sociedade de hoje onde rotulam tudo! Vou anotar a dica.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. OIieee


    Não conhecia o livro mas me interessei, adoro livros que nos convidam a refletir em diversos temas, principalmente esse tema da pressão pela beleza perfeita ou o que se considera um padrão ideal é um tópico sempre util para discutir-se e refletir nessa busca por maior sabedoria

    Beijos

    aliceandthebooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Uma leitura muito interessante, apesar de bem longe da minha zona de conforto. Porém, às vezes é bom a gente se desafiar. Gostei muito da capa desse livro, acho que ela transmite um pouco da essência.
    Beijos
    Mari
    Pequenos Retalhos

    ResponderExcluir
  9. Que livro necessário! Eu não conhecia a obra e esta resenha me deixou com vontade de ler. Gostei muito de ver sobre o que a obra aborda e acredito que seja uma leitura rica em conhecimento e que nos proporcione muitas reflexões.

    ResponderExcluir
  10. Esse livro parece ser incrível, e um livro que toda mulher, aliás, todo mundo deveria ler!!!
    Já coloquei na wishlist
    Bjs!!

    http://blog-myselfhere.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oiie Lilian!

    O livro parece ser bem interessante, principalmente pelos temas que aborda. Além de ser importante, né? Vou dar uma chance a ele. Dica anotada!

    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Ainda não conhecia esse livro, mas tenho lembranças da Clarissa Pinkola Estés de longa data... A escrita dela é espetacular e cheia de simbolismos que dão gosto de ler e dão vontade de conhecer mais, de ir atrás pra se informar e estudar, fora tudo o que ela já consegue ensinar na própria literatura. Mais um livro dela que, sem dúvidas, é arrebatador e transformador :)

    ResponderExcluir
  13. Olá, tudo bem?
    Eu não conhecia esse livro mas caramba, eu adorei. Ele realmente é muito importante e a sua resenha só me fez ter mais interesse, rs.
    Vou ver as condições de compra mais para a frente e de repente leio também, beijos

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem?

    Que obra interessante! Não conhecia essa obra e me despertou a vontade de ler. É o tipo de livro que nos faz refletir. Dica anotada.

    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Ola,eu fiquei curiosa para ler esse livro nao tinha conhecimeto dele vou anotar a dica para um futuro proximo

    ResponderExcluir
  16. Olá Lilian!
    Esse livro é bem interessante por abordar sobre vários aspectos da vida e ainda trazer a tona uma gama de conhecimento e reflexão não só da mulher né, mas o ser humano. Achei interessante e gostaria de conferir mais sobre essa leitura, vi que tem boas referências até mitológica. Esse certamente vai pra minha lista de leituras.
    Beijos!

    Camila de Moraes

    ResponderExcluir
  17. Ola,
    Achei interessante esse livro pela reflexão que ele traz e por acreditar em algumas das questões que você citou. Se tiver oportunidade quero lê-lo.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Olá, estava bem curiosa para ler a resenha desse livro desde que o vi numa postagem no seu instagram. A capa chama bastante a atenção. E pelo seu post, parece ser uma leitura com uma temática importantíssima e muito pertinente para nós mulheres refletirmos mais sobre como estamos lidando com nossas vidas e nos desconectando do que é essencial.

    ResponderExcluir
  19. Não conhecia o livro e parece ser uma leitura realmente bem interessante. De imediato não me chamou atenção, principalmente por ser um livro que me tira totalmente da minha zona de conforto. Mas enquanto avançava na leitura da resenha ele acabou me deixando curiosa por conta dos assuntos abordados. Acho que seria uma leitura bem intensa e reflexiva.
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. olá!
    Adorei a premissa dessa obra. Fiquei encantada por ele retratar a sabedoria como algo ancestral e não conseguido do nada por estudo, pois é assim que vejo a sabedoria. Fiquei intrigada para fazer essa leitura, principalmente, por parecer ser um livro que traz ensinamentos.
    Vou anotar a dica.
    Beijos,
    http://www.umoceanodehistorias.com/

    ResponderExcluir
  21. Olá! A temática do livro é bem interessante. Eu não conhecia esta obra e nem a autora mas fiquei interessada, acho legal essa forma de exaltar a mulher de uma forma mais profunda, algo que só mulher mesmo ira entender plenamente.

    ResponderExcluir
  22. Olá, tudo bem Lilian?
    Eu não conhecia esse livro, como sempre você traz belas resenhas e também livros interessantes. O livro "Ciranda das Mulheres Sábias" me despertou atenção, parece ser bem reflexivo. Vou anotar essa sua dica!
    Bjs

    ResponderExcluir
  23. Quero esse livro pra minha vida. Eu não sou muito de procurar livros diferentes, confesso, mas eu gostei demais da ideia desse livro, do que ele fala.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Hey!

    Que livro interessante, não conhecia. Gosto e livros que falam de sabedora e mostram grandes diversidades que a palavra representa, vou pesquisar sobre para ler.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  25. Olá!
    Esse livro parece bastante interessante e deve nós fazer pensar sobre ser sábio e como devemos ser.Parece uma obra que nós faz pensar em nossas atitudes.
    E recuperar nosso lugar que é nosso por natureza.
    bjs

    ResponderExcluir
  26. Oie
    uau parece ser uma leitura inteligente ainda mais por conter tanta metáfora e mitologia mas já gostei por entender um pouco do que o livro passa, então vou anotar a dica e como sempre, a resenha esta impecável, parabéns

    beijos
    http://www.prismaliterario.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Que demais! Parece ser um livro com uma temática muito interessante e até mesmo reflexiva. Fiquei curiosa para conhecer a escrita da Clarissa. Sua resenha está ótima, obrigada pela dica. Bjss!

    ResponderExcluir

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma

 

SKOOB

Arquivo do Blog

Direitos autorais

Copyright © 2015 • Poesia na alma