Header Ads

per aage brandt / eu sou apenas uma sombra

Sydorécup et créations




eu sou apenas uma sombra de mim próprio,
ela atravessa sem resistência
a sala, cai sobre móveis
e papéis, instrumentos musicais,
restos de flores, um casaco vazio nu-
ma cadeira, dentro do qual uiva um telefone
como um lobo, seja para quem for
(homo homini lupus)

(per aage brandt, in livro da noite, trad. maria joão reynaud, 
poetas em mateus, quetzal, 2004) 

Nenhum comentário

O Poesia na Alma pertence ao universo da literatura livre, como um bicho solto, sem dono e nem freios. Escandalosamente poéticos, a literatura é o ar que enche nossos pulmões, cumprindo mais que uma função social e de empoderamento; fazendo rebuliço celular e sexo com a linguagem.

@Poesianaalma